página acima: Homem e Espírito
Sofrimento

A dor é uma benção que Deus envia a seus eleitos, portanto, não vos aflijais quando sofrerdes, ao contrário, bendizei a Deus Todo-Poderoso que vos marcou pela dor aqui neste mundo, para a glória no céu.

[24 - Capítulo IX, item 7]

____Há mil processos de reajuste, no Universo_Infinito em que se cumprem os Desígnios do Senhor, chamem-se eles:

  • aflição,
  • desencanto,
  • cansaço,
  • tédio,
  • sofrimento,
  • cárcere.

[28a - página 139] - André Luiz - 1954

"Uma ostra que não foi ferida não produz pérola"

As pérolas são feridas curadas

____Pérolas são produto da dor, resultado da entrada de uma substância estranha ou indesejável no interior da ostra, como um parasita ou um grão de areia. A parte interna da concha de uma ostra é uma substância lustrosa chamada nácar. Quando um grão de areia penetra, as células do nácar começam a trabalhar e cobrem o grão de areia com camadas e mais camadas para proteger o corpo indefeso da ostra. Como resultado, uma linda pérola é formada.
____Uma ostra que não foi ferida, de modo algum, (não) produz pérolas, pois a pérola é uma ferida cicatrizada:

  • Você já se sentiu ferido pelas palavras rudes de um amigo?
  • Já foi acusado de ter dito coisas que não disse?
  • Suas ideias já foram rejeitadas?

____Então produza uma pérola ... cubra suas mágoas e as rejeições sofridas com camadas e camadas de amor.

Mensagem anônimo

____ Nenhuma falta há, qualquer que ela seja, que não acarrete forçosa e inevitavelmente uma punição. Se não for hoje, será amanhã se não for na vida atual, será noutra.

____Entre essas faltas, cumpre se coloque na primeira fiada a carência de submissão à vontade de Deus.

____Logo, se murmurarmos nas aflições, se não aceitarmos com resignação e como algo que devemos ter merecido, se acusarmos a Deus de ser injusto, nova dívida contraímos que nos faz perder o fruto que devíamos colher do sofrimento.

____É por isso que teremos de recomeçar, absolutamente como se, a um credor que nos atormente, pagássemos uma cota e a tomássemos de novo por empréstimo.

("Evangelho Segundo o Espiritismo", Cap. 5/12)Indicação de João Gonçalves Filho

____O sofrimento dos vencidos no combate humano é celeiro de luz da experiência. A Bondade Divina converte as nossas chagas em lâmpadas acesas para a alma. Bem-aventurados os que chegam à morte crivados de cicatrizes que denunciam a dura batalha. Para esses, uma perene era de paz fulgurará no horizonte, porquanto a realidade não os surpreende quando o frio do túmulo lhes assopra o coração. A verdade se lhes faz amiga generosa; a esperança e a compreensão lhes serão companheiras fiéis!

[25 - página 149] - André Luiz

Muitos te Esperam

____Sofres e Choras?

____Não desanimes e segue adiante.

____Encontrarás à frente aqueles que atravessam dificuldades maiores.

  • A tua dor será talvez a luz de experiência para clarear as veredas dos que jazem nas trevas
  • e o teu sorriso será uma benção de esperança para aqueles outros que até hoje ainda não tiveram qualquer migalha de alegria para viver.

EMMANUELwww.idefran.com.br

todos os sofrimentos: misérias, decepções, dores físicas, perda_de_entes_queridos, encontram sua consolação na fé_no_futuro, na confiança na justiça de Deus, que o Cristo veio ensinar aos homens. Entretanto, sobre aquele que nada espera após_esta_vida, ou simplesmente duvida, as aflições tornam-se muito mais penosas e nenhuma esperança vem diminuir o seu amargor. Eis o que levou Jesus a dizer: “Vinde a mim, todos vós que estais fatigados, e eu vos aliviarei.[24 - Capítulo VI]

“Vinde a mim, todos vós que estais aflitos, e eu vos aliviarei. Tomai sobre vós o meu jugo e aprendei de mim que sou manso e humilde de coração, e achareis repouso para vossas almas. Porque o meu jugo é suave, e o meu fardo é leve.”
(Mateus, XI: 28 a 30. )

Receberemos a dor de acordo com as necessidades próprias, com vistas ao resgate do passado e à situação espiritual do futuro.

[41a - página 149] - EMMANUEL - 1940

Ergue a Fronte

Quando a dor te apareça,
Não te ausentes da prova.

Aquilo que se apura
Nasce do sacrifício.

O buril fere a pedra,
Faz-se a pedra obra-prima.

No trabalho que faças,
O Céu trabalha em ti.

Ergue a fronte, coragem!...
A vida te pertence.

Ninguém pode afastar-te
Do programa de Deus.

(EMMANUEL)

VANTAGENS OCULTAS

  • Todos precisamos de reconforto nos dias de aflição.
    Isso é justo.
    Importa, entretanto, observar que a Divina Providência não nos envia dificuldades sem motivo.
    Entendendo-se que o Senhor não nos relega às próprias fraquezas e nem permite venhamos a carregar cruzes incompatíveis com as forças que nos caracterizam, fujamos de buscar a consolação por flor estéril.
  • Aproveitemos a bonança que surge em nós habitualmente após a tormenta íntima para fixarmos o valor que a experiência nos oferece.
    Não nos propomos a louvar situações embaraçosas e nem a elogiar os fabricantes de problemas, mas é preciso reconhecer as vantagens ocultas decorrentes das provações que nos visitam.
    • Quem conseguiria configurar o abismo a que seríamos arrastados pelos caprichos, aos quais muitas vezes nos entregamos, confiantemente, se a desilusão não viesse despertar-nos?
    • Quem poderia medir os espinheirais de discórdia em que chafurdaríamos o espírito, na equipe de trabalho a que pertencemos, se lutas e lágrimas sofridas em comum não nos ensinassem o benefício do entendimento e da união?
  • Ingratidão, em muitas circunstâncias, é o nome da bênção com que a Infinita Bondade de Deus nos afasta de ambientes determinados, a fim de que a cegueira não nos induza ao desequilíbrio.
    Obstáculo, no dicionário da realidade, em muitas ocasiões expressa apoio invisível para que não descambemos na direção das trevas.
  • Nossas provas - nossas bênçãos.
  • Reflete nos males maiores que nos alcançariam fatalmente amanhã, se não fosse o socorro providencial dos males menores de hoje, e reconhecerás que todo contratempo aceito com paciência e serenidade é sempre toque do amor de Deu s, alertando-nos o coração e guiando-nos o caminho.

[117 - página 89] - EMMANUEL

O homem terrestre crescerá para o grande entendimento e louvará, feliz, o concurso da dor.

[4 - página 271] - André Luiz

Ninguém sofre sem necessidade à frente da Justiça Celeste e tão grande harmonia rege o Universo que os nossos próprios males se transubstanciam em bênçãos.

[96 - págna 172] - André Luiz

____Preparai-vos para a dor, que virá certamente; as aflições são indispensáveis. Jesus o sabia e o ensinava, como necessária à educação da alma, do mesmo modo que a disciplina fisiológica o é à conservação da robustez corpórea. Sem a prova, não haverá profundo conhecimento algum, sem ela ninguém poderá escalar os gloriosos cumes. A chave da ciência pertence ao espírito e ninguém pode arrancá-la se a alma não se tornar ardente, disciplinada pela dor. Não o esqueçais.

[108 - páginas 264] - Médium: William Stainton Moses - (1839 - 1892)

Não permitas, Anjo Divino, que venhamos a sonhar com o Céu, antes de resgatar nossas contas na Terra, e ajuda-nos a aceitar, dignamente, a dor que reedifica e salva!...
Mãe, atende-nos!

[83 - página 103]

Assim como o prazer pode prejudicar grandes criaturas, o sofrimento pode despertar o sentimento adormecido nas mentes inferiores.

[0]
  • Chora, meu amigo! Chora, que as lágrimas purificam o coração!...
  • Ainda assim, não permitas que o pranto te esmague a lavoura de esperança...
  • Quem de nós, aqui, jaz sem culpa? Todos temos compromissos a resgatar e o Tesouro do Senhor jamais se empobrece de compaixão. O tempo é a nossa bênção...
  • Com os dias coagulamos a treva ao redor de nós e, com os dias, convertê-la-emos em sublimada luz...

____Entretanto, para isso, é indispensável perseveremos na coragem e na humildade, no amor e no sacrifício. Levantemo-nos na direção do futuro, dispostos à reconstrução dos nossos destinos.

[83 - página 142] - André Luiz

Como acontece à mão que, a pouco e pouco, se caleja no trabalho do campo, a sensibilidade também se enrijece com o sofrimento na vida.

[73 - página 26] - André Luiz

Uma dor maior sempre consola uma dor menor.

[96 - página 218] - André Luiz

Ah! é preciso haver sofrido muito, para entender todas as misteriosas belezas da oração; é necessário haver conhecido o remorso, a humilhação, a extrema desventura, para tomar com eficácia o sublime elixir de esperança.

[32 - página 24] - André Luiz

____Aprenda, então, a não falar excessivamente de si mesmo, nem comente a própria dor. Lamentação denota enfermidade mental e enfermidade de curso laborioso e tratamento difícil. É indispensável criar pensamentos novos e disciplinar os lábios. Somente conseguiremos equilíbrio, abrindo o coração ao Sol da Divindade. Classificar o esforço necessário de imposição esmagadora, enxergar padecimentos onde há luta edificante, dói identificar indesejável cegueira dalma. Quanto mais utilize o verbo por dilatar considerações dolorosas, no círculo da personalidade, mais duros se tornarão os laços que o prendem a lembranças mesquinhas.

[32 - página 43] - André Luiz

  • O pensamento de gratidão a Deus, dentro das sombras do sofrimento, é como raio brilhante de aurora, preludiando a vitória plena do Sol sobre as trevas densas da noite.
  • Qual de nós não terá sido defrontado pela tormenta da ignorância?
    • Todos tivemos pedras e espinhos na longa estrada da redenção.
    • Muitas vezes caímos; entretanto, a mão invisível do Senhor arrebatou-nos, misericordiosa, do mergulho na lama ou das furnas do abismo!
    • Tem coragem e levanta-te intimamente para o novo dia.

[40 - página 107] - André Luiz

Segundo concluímos, se há alegria para todos os gostos, há também sofrimento para todas as necessidades.

[40 - página 238] - André Luiz

Palestra Padre Fábio de Melo - Temas:

O Sofrimento é Porta:

Transformando sofrimentos em pontes:

Como ter fé no sofrimento:

A tristeza é oportunidade de crescimento:


Ver também:



*