Espiritismo e Sofrimento
página acima

-
Crianças e Adolescentes
DESAPARECIDOS
*

ÀS ALMAS ENFRAQUECIDAS

____Minhas palavras de hoje são dirigidas aos que ingressam nos estudos_espiritistas, tangidos pelos azorragues impiedosos do sofrimento; no auge das suas dores, recorreram ao amparo moral que lhes oferecia a doutrina e sentiram que as tempestades amainavam ... Seus corações reconhecidos voltaram-se então para as coisas espirituais; todavia, os tormentos não desapareceram. Passada uma trégua ligeira, houve recrudescência de prantos amargos.

____Experimentando as mesmas torturas, sentem-se vacilantes na e baldos do entusiasmo das primeiras horas e é comum ouvirem-se as suas exclamações: — “Já não tenho mais fé, já não tenho mais esperanças..." Invencível abatimento invade-lhes os corações tíbios e enfraquecidos na luta, desamparados na sua vontade titubeante e na sua inércia espiritual.

____Essas almas não puderam penetrar o espírito da doutrina, vogando apenas entre as águas das superficialidades.

[71 - página 21] - EMMANUEL

Ver também:
*