Magnetismo animal
-
Crianças e Adolescentes
DESAPARECIDOS
*

Magnetismo e Espiritismo
Allan Kardec - Revista Espírita, fevereiro de 1858

...o magnetismo preparou o caminho do Espiritismo, e os rápidos progressos desta última doutrina são incontestavelmente devidos à vulgarização das ideias sobre a primeira. Dos fenômenos magnéticos, do sonambulismo e do êxtase ás manifestações_espíritas há apenas um passo; sua conexão é tal que, por assim dizer, é impossível falar de um sem falar do outro ...
http://www.novavoz.org.br/kardec-18.htmhttp://www.ajornada.hpg.ig.com.br/kardec/kardec0008.htm

Mesmerismo: Expressão atribuída ao magnetismo animal, estudado por Antoine Mesmer (1734 – 1815), que pode ser definido como a ação recíproca de dois seres vivos por intermédio de um agente especial chamado fluido magnético. Ciência conhecida em toda a antiguidade, sobretudo no Egito, onde era prática nos mistérios, assim o provam os documentos autênticos.

Orson Peter Carrara

http://www.espirito.org.br/portal/artigos/orson/osfluidos.html
(*) Livro Definições Espíritas, página 61, 1ª edição Publicações Lachâtre, Niterói-RJ, 1996. - L. Palhano Jr1. Mesmer, fundador da doutrina a que deu o seu nome, apoiando-se nas idéias de Descartes e de Newton, admitia como princípio uma corrente universal que tudo penetra e abraça num movimento alternativo e perpétuo, assemelhando-se ao fluxo e refluxo do mar.

É a esse movimento alternativo universal que ele atribuía a formação dos corpos, as influências astrais, e a influência mútua que todos os corpos da natureza exercem uns
sobre os outros.

[131 - Capítulo I - Página 11]

(Ver: A Verdade da Existência)

____ Os atuais estudos de Biomagnetismo – o verdadeiro Magnetismo Animal – consideram que, embora os campos magnéticos produzidos pelo corpo humano sejam da ordem de nanoteslas (109 T), justificam as pesquisas em desenvolvimento por mais de 50 grupos no mundo, os quais vêm obtendo relativo sucesso na magnetobiologia e no biomagnetismo, buscando analisar os campos gerados pelo cérebro, coração, pulmões, fígados e outros órgãos, visando diagnósticos não invasivos de doenças e auxilio às cirurgias e tratamentos. (ARAÚJO et al, 1999).

____O físico Carlos_Imbassahy (1997) chama-o de Campo Biofísico, enquanto o geofísico e cientista francês Yves Rocard (1989) denomina-o Ferromagnetismo Orgânico.

(Ver: Ferromagnetismo e Mediunidade)

____Formas de Bioenergia: Segundo o médico Dr. Richard Gerber, pode-se estudar as diversas emissões bioenergéticas considerando-se não só aquelas catalogadas e previstas pelas ciências biomédicas tradicionais...

  • metabólicas (açúcares, etc),
  • bioelétrica (fluxo de íons pelas membranas, etc),
  • biofotônica (biofótons UV pelo DNA),
  • mas também aquelas já identificadas em várias pesquisas como coexistentes nos organismos, e por ele denominadas de Bioenergias Sutis. Inclui-se aí a variedade de energias vitais:

    • Ch’i (chineses adotam 4 subdivisões) e Prana dos Hindus,
    • as energias etéricas,
    • astrais,
    • mentais e espirituais,
    • bem como as magnéticas_sutis_emitidas_pelas_mãos e largamente praticadas por Mesmer, Hell, Du Potet, Lancelin, Reichenbach, Reich, etc., tendo sido os seus efeitos recentemente observados sob controle laboratorial por Zimmerman (campos magnéticos fracos), Justa Smith (atividade de enzimas), Dolores Krieger (aumento de hemoglobina), doadores de Johrei (temperatura, circulação sanguínea), Korotkov (alterações no sangue água, bile, etc., pela técnica GDV – Visualização por Descarga de Gás), Grad (Tensão Superficial da água) e outros (GERBER, 2000).

Manoel Messias Canuto Oliveira - (GFLM/GEPEB-Engenheiro Civil)
mecanuto@terra.com.br

GEOMAT - DCTM - Escola Politécnica - UFBA - Prof. J. Barbosa

jbarb2005@gmail.com, jbarbosa@ufba.br
http://www.porthal.org/pesqcientif.html

____ Rivail (Allan_Kardec) ao contatar os fenômenos das mesas_girantes e criar a ciência_espírita, tinha já 49 a 51 anos (1804 a 1855 /1857) e havia uns trinta e cinco anos, já que ele era estudioso do magnetismo, uma área de estudos, uma área de saber que datava do século dezoito e deitava raízes em séculos até bem anteriores, quiçá milênios.
____Quem fala de magnetismo aí, não está falando propriamente do fenômeno conexo com a eletricidade, que Maxwell unificou na teoria do eletromagnetismo, não. É outra coisa: os estudiosos e partidários do magnetismo estudado por Rivail dividiam-se entre magnetizadores e magnetistas, organizavam-se em duas áreas e duas corporações diferentes, conflitantes entre si.
____O magnetismo nasceu da crença muito antiga da influência dos minerais e metais sobre a saúde humana, primeiro teve a ver com a magia, a alquimia e a astrologia também, como a própria medicina, física, química e a astronomia, um dia também tiveram. Mas foi com Mesmer (Francisco Antônio Mesmer), um físico vienense (que é um nome de médico de antigamente, dizia-se antigamente que era "físico" o doutor de medicina, sem que fosse de fato um físico, já no entendimento comum atual) que se consolidou a ideia de existir um fluído magnético humano, um fluído_vital que podia ser cedido, doado, passado por um ser humano a outro, numa operação chamada de ... "passe".
____Mesmer chegou a construir uma máquina, por ele chamada de "Celha" uma cuba, como uma espécie de acumulador, imitando os estudos de Volta e Galvani com as pilhas elétricas, em que ele pensava se acumulasse o fluído_magnético ou fluído_mesmérico tal qual hoje lidamos com as baterias de autos. o magnetismo tornou-se um território de crença e opinião místicas, muito mais do que propriamente um saber científico, mas na época de Rivail ainda era um espaço de estudos e metodologias acreditado, respeitável, com muitos sábios que se dedicavam a ele, fossem como magnetizadores ou magnetistas.

Krishnamurti de Carvalho Dias
http://www.panoramaespirita.com.br/liga_histo_pesq_esp/artigos/magnetismo.html

____"No século XVIII, Mesmer, após estudar a cura mineral magnética do astrônomo jesuíta Maximiliano Hell, professor da Universidade de Viena, bem como os trabalhos de cura magnética de J.J. Gassner, divulgou uma série de técnicas relativas à utilização do magnetismo_humano, instrumentalizado pela imposição das mãos. Tais estudos levaram-no a elaborar a sua tese de doutorado - De Planetarium Inflexu, em 1766 - de cujos princípios jamais se afastou. Mais tarde, assumiram destaque as experiências do Barão_de_Reichenbach e do Coronel Alberto de Rochas".

BREVE HISTÓRICO SOBRE MAGNETISMO
Adilton Pugliese

www.autoresespiritasclassicos.com

____O magnetismo é um fenômeno da vida, por constituir manifestação natural em todos os seres.

____Se a ciência do mundo já atingiu o campo de equações notáveis nas experiências relativas ao assunto, provando a generalidade e a delicadeza dos fenômenos magnéticos, deveis compreender que as exteriorizações dessa natureza, nas relações entre os dois mundos, são sempre mais elevadas e sutis, em virtude de serem, ai, uma expressão de vida superior.

[41a - página 34] - EMMANUEL - 1940

____ este termo surge associado à palavra magneto, outro nome dado ao ímã. O comportamento de atração e repulsão dos corpo imantados, como a bússola, parece ter inspirado muitos pesquisadores, principalmente o famoso médico e químico suíço Paracelsus (1493 - 1541), a utilizarem a analogia destes com os fenômenos_humanos que eles pesquisavam (simpatias_e_antipatias, indução psíquica, cura_pela_imposição_das_mãos etc.), dando o nome " magnetismo animal". Este nome ganhou grande notoriedade com o famoso médico austríaco Franz Anton Mesmer (1775 - 1815). Posteriormente, em 1841, o tema foi rebatizado por hipnotismo, pelo médico escocês James Braid (1795 - 1860).

____O termo magnetismo seguiu sendo utilizado até hoje, conforme pode-se constatar inclusive na literatura espírita. Magnetismo tem então dois significados:

  • O primeiro (mais antigo) corresponde ao utilizado em Física: estudo dos ímãs, efeitos das correntes elétricas, eletroímãs etc.
  • O segundo corresponde ao conjunto de fenômenos humanos caracterizados por uma influência_de_um_indivíduo_sobre_outro(s), que transcende à ação e percepção puramente sensorial (não sei se esta é um boa definição, porém creio ser suficiente para os propósitos deste artigo).

____Apesar da polissemia humano e/ou animal está ou não relacionado com o magnetismo_dos_imãs_e_correntes_elétricas (é até possível que esteja) não importa, o ponto principal, atualmente, é que ambos são conceitos diferentes e em âmbitos diferentes.

http://www.geocities.com/Athens/Academy/8482/poliss.html
POLISSEMIAS NO ESPIRITISMO - Aécio Pereira Chagas

____Os encontros, que costumam dar-se, de algumas pessoas, comumente se atribuem ao acaso "Entre os seres pensantes há ligação que ainda não conheceis. O magnetismo é o piloto desta ciência, que mais tarde compreendereis melhor."

[9a - página 213 questão 388]

(Ver: Telepatia)

A força magnética reside no homem, mas é aumentada pela ação dos Espíritos que ele chama em seu auxílio. Mesmo não crendo nos Espíritos, todo aquele que nutre o desejo do bem os chama, sem dar por isso, do mesmo modo que, pelo desejo do mal e pelas más intenções, chama os maus.

Trabalho de João Gonçalves Filho - (MAGNETISMO - 1806)

____O Espiritismo e o magnetismo nos dão a chave de uma imensidade de fenômenos sobre os quais a ignorância teceu um sem-número de fábulas, em que os fatos se apresentam exagerados pela imaginação. O conhecimento lúcido dessas duas ciências que, a bem dizer, formam uma única, mostrando a realidade das coisas e suas verdadeiras causas, constitui o melhor preservativo contra as ideias supersticiosas, porque revela o que é possível e o que é impossível, o que está nas leis da Natureza e o que não passa de ridícula crendice.

[9a - página 280 questão 555]

____Os papiros nos falam das avançadas ciências das civilizações_egípcia, e, através deles, podem os egiptólogos modernos reconhecer que os iniciados sabiam da existência do corpo_espiritual_preexistente, que organiza o mundo das coisas e das formas. Seus conhecimentos, a respeito das energias solares com relação ao magnetismo_humano, eram muito superiores aos da atualidade. Desses conhecimentos nasceram os processos de mumificação dos corpos, cujas fórmulas se perderam na indiferença e na inquietação dos outros povos.

[52 - página 41]

Medicina espiritual:
http://medicina.espiritual.nom.br/

Poder curativo do magnetismo espiritual
Revista Espírita, abril de 1865
http://www.novavoz.org.br/kardec-19.htm

____Pesquisadores da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) e da Universidade da República (Udelar), de Montevidéu, no Uruguai, conseguiram transformar um composto puramente orgânico e não-metálico - o carbono grafite - em um ímã por meio de um tratamento químico barato. O novo material abre caminhos para a fabricação de dispositivos magnéticos como sensores e detectores usados em áreas que abrangem da engenharia espacial até a medicina. Até agora pesquisadores europeus haviam conseguido tal feito, mas empregando técnicas bem mais caras e complexas, como é o caso do método desenvolvido por uma equipe de pesquisadores da Alemanha que recorreu ao bombardeio de um feixe de prótons, gerado por um reator nuclear, para produzir o magnetismo na grafite.

http://tc.ciadocha.com/noticia_detalhe.asp?cod=99

____O estudo das relações entre o campo magnético e os seres vivos é dividido, metodologicamente, em duas áreas:

  • a magnetobiologia - Trata dos possíveis efeitos produzidos por esse campo sobre os seres vivos.
  • e o biomagnetismo -Ocupa-se das medidas diretas de campos magnéticos gerados pelos próprios seres vivos para, então, encontrar novas informações que possam ser úteis ao entendimento de sistemas biofísicos, desde diagnósticos clínicos até a terapia. Por necessitar de instrumental altamente sensível, desenvolvido somente na década de 1970, o biomagnetismo é relativamente novo quando comparado a outras áreas interdisciplinares que envolvem a física.

____Dentre os principais campos de pesquisa, podemos destacar:

  • O neuromagnetismo,
  • O cardiomagnetismo,
  • O gastromagnetismo,
  • a biosusceptibilidade magnética
  • e o pneumomagnetismo.

____Magnetoencefalografia (MEG) que, conforme o próprio nome indica, refere-se ao estudo dos campos magnéticos produzidos pelo cérebro.


Dráulio Barros de Araújo é físico, professor-doutor do Departamento de Física e Matemática da FFCLRP – USP – campus de Ribeirão Preto.
Antônio Adilton O. Carneiro é físico, pesquisador, pós-doutorando no Departamento de Física e Matemática da FFCLRP – USP – campus de Ribeirão Preto.
Oswaldo Baffa é físico, professor-titular do Departamento de Física e Matemática da FFCLRP – USP – campus de Ribeirão Preto.

http://cienciaecultura.bvs.br/scielo.php?pid=S0009-67252004000100026&script=sci_arttext

____ Pesquisa do GEPEB - Grupo de Estudos e Pesquisas Espíritas Ernesto_Bozzano - A pesquisa foi restrita à forma do Magnetismo Humano, tomando como referência os bons resultados obtidos pelo Dr. Robert N. Miller (MILLER, 1977), e RINDGE, (1983?), o qual se utilizou das faculdades_da_curadora Olga Worrall visando descobrir um processo para medir a energia curativa no que obteve sucesso, através de experiências controladas de medição da sua capacidade de "reduzir a Tensão Superficial da água".

____Escolheu-se a água como substância de observação, levando-se em conta a tradicional afirmação nas grandes escolas espiritualistas, do seu papel de absorvedora de fluidos curativos, sua fundamental participação nos processos da natureza, principalmente nos ecossistemas orgânicos (NOGUEIRA, 1995), e finalmente pelo fato de podermos extrapolar os resultados das investigações para o sangue, a linfa e outros líquidos biológicos.

____Experiências com Bioenergia:

  • Bernard Grad (RINDGE, 1983) mediu a cicatrização de ferimentos provocados na pele de 48 ratos divididos em 3 grupos de 16 unidades e tratados durante 40 dias. O grupo controle não foi tratado pelo "curador" voluntário Cel. Estebany. O segundo grupo foi submetido a calor na mesma temperatura das mãos de Estebany. O grupo por ele tratado apresentou velocidade de cicatrização estatisticamente significativa. Deduz-se que a bioenergia sutil emitida não é energia calorífica. Noutra experiência (GERBER, 1993), observou a influência da bioenergia sutil no crescimento de sementes de cevada quando irrigadas com água_tratada durante 15 min. em garrafas seguras nas mãos por Estebany. Notou que o sucesso da transmissão bioenergética dependia fortemente do estado emocional do emissor (vontade, aceitação, concentração), não apenas do seu estado vital (saúde física).
  • A enzimologista Dra. Justa Smith (RINDGE, 1983) comparou soluções da enzima tripsina num substrato cromogênico (BAPA). A bioenergia emitida pelas mãos do bioemissor, o Cel. Estebany ativou enzimas quantitativa e qualitativamente. Enzimas estruturalmente danificadas após exposição à luz ultravioleta, entravam num processo espontâneo de reconstrução e retomavam sua configuração ativa normal depois de submetidas à imposição de mãos do mesmo bioemissor. Notou ainda que os efeitos da imposição das mãos eram equivalentes àqueles produzidos por campos magnéticos de 13.000 Gauss. Porém não obteve sucesso na medição de qualquer atividade magnética em torno das mãos. Já John Zimmerman (GERBER, 2000) registrou aquela atividade usando ultra-sensíveis magnetômetros SQUID. Entretanto, os valores medidos foram muito baixos e insuficientes para explicar os efeitos curativos observados, o que nos leva a concluir que a natureza da bioenergia sutil por nós emitida é diferente dos campos magnéticos de imãs minerais.
  • DAVIS & RAWLS (1983) observaram renovação vital em pessoas com declínio de energia, bem como incentivo ao crescimento de plantas, cicatrização de escaras, redução de cáries, etc. com o uso da água 5/18 magnetizada com imãs minerais. Observaram que o pólo Sul equivale à polaridade elétrica positiva no corpo humano – lado direito do corpo olhado de frente, enquanto o pólo Norte corresponde à polaridade negativa – lado esquerdo do corpo. A frente do corpo é positiva em relação às costas.

    • A aplicação isolada do pólo Sul em experiências com plantas e ratos, resultou em incentivo ao crescimento e ao vigor dos organismos, facilitando a longevidade.
    • Já as aplicações isoladas do pólo Norte implicaram retardo e relaxamento dos processos vitais facilitando, entretanto o controle da dor, redução da pressão sanguínea.
  • Robert Miller (MILLER, 1977) realizou experimentos com água destilada. A emissão bioenergética foi induzida com uso acessório de haste inox. Obteve alterações significativas na TS-Tensão Superficial da água, e na absorção infravermelha, nas pontes de hidrogênio e nos padrões de cristalização do sulfato de cobre. Encontrou extraordinária semelhança entre a água tratada pelas mãos e pelos imãs, reforçando a tese de que as bioenergias sutis têm natureza magnética, porém devem depender de outros fatores que a modulem egarantam o sucesso da sua eficácia.
  • Henrique Rodrigues (RODRIGUES, 1985), relata inúmeras experiências sobre magnetização de águas levadas a efeito na Rússia, destacando-se a constatação de que a água é a substância responsável pelas alterações produzidas pelos campos magnéticos nas células_vivas e no meio em que atuam, agindo inclusive na dissolução de cálculos nos rins. Há também utilizações industriais na remoção de incrustações de tubulações em caldeiras, etc., e ainda produção de concretos para construções de melhor resistência a compressão desde que confeccionados com o uso de águas magnetizadas.
  • Os Messiânicos aplicam o Johrei (emissão de bioenergia sutil). Experiências controladas demonstraram resultados significativos na alteração do eletroencefalográfico registrando reduções do ritmo beta ao teta no receptor e ressonância entre doador e receptor ao nível das ondas alfa o que implica produção de betaendorfina – neurotransmissor liberado pelo cérebro para acalmar a dor e o estresse. A Betaendorfina revitaliza as células NK (near killer – quase assassinas) as quais agem destruindo vírus e bactérias que invadem o corpo humano. O Dr. Mandooh Ghoneum estima a eficiência destas células em 2 a 3 vezes nas pessoas que praticam o Johrei há mais de 5 anos, em relação aos que não o praticam. Notou também aumento da circulação, da temperatura corporal, etc (JOHREI, 2000)
  • Daniel J. Benor, M.D. publicou o resultado de um levantamento de 131 estudos controlados, os quais foram por ele denominados de " influencia intencional de uma ou mais pessoas sobre um outro sistema vivo,sem uso de meios físicos conhecidos de intervenção". Destes, 56 obtiveram resultados estatisticamente significativos ao nível de significância á<0,01, ou seja: a probabilidade de que os resultados fossem devidos ao acaso foi menor que 1 em 100. Havia 21 estudos com resultados significativos ao nível de significância entre 0,02<á<0,05. Os estudos envolveram efeitos de curas em enzimas, células, levedo, bactérias, animais, plantas e seres humanos. Dez deles foram dissertações de doutorado e dois foram teses de mestrado. (DOSSEY, 1996).
  • Konstantin Korotkov (KOROTKOV, 1998), utilizando-se da moderna técnica GDV – Visualização da Descarga de Gás (ionizado) em torno de estruturas orgânicas e inorgânicas, identificou alterações significativas nas imagens da água tratada bioenergéticamente por Allan Chumak.

Imagens da água visualizada por GDV.

GDV-Visualização por Descarga de Gás

Antes e Após

Manoel Messias Canuto Oliveira - (GFLM/GEPEB-Engenheiro Civil)
mecanuto@terra.com.br

GEOMAT - DCTM - Escola Politécnica - UFBA - Prof. J. Barbosa

jbarb2005@gmail.com, jbarbosa@ufba.br
http://www.porthal.org/pesqcientif.htmlhttp://gepeb.sites.uol.com.br/temas.htm
Ver também:
*