página acima: Células
A Verdade da Existência
Crianças e Adolescentes
DESAPARECIDOS
*

Para compreender a Verdade da Existência e as origens do seu ser físico, você deve se esforçar diariamente para desfazer-se das percepções terrenas limitadas, segundo as quais o corpo recebe sua “existência” e é concebido e desenvolvido inteira - e unicamente - segundo as inalteráveis leis físico/científicas.

Em lugar de suas velhas crenças humanas limitadas, você deve esforçar-se diariamente para desenvolver uma compreensão clara e intensa de que a sua “realidade pessoal” - sua alma - procede diretamente da Realidade Total - a FONTE do SER.

Seu corpo_físico extrai Vida da Realidade Total no momento_da_concepção, porém também é influenciado pelo conjunto inicial de "frequências vibratórias de consciência" nas quais seu corpo foi concebido. Com o passar dos anos, ele é mais e mais restrito e encapsulado devido aos impulsos magnéticos emocionais de "ligação - rejeição" que controlam a consciência humana.

O que eu quero dizer com isso?

O que vou dizer tem enormes implicações para o futuro da humanidade, - isto é - se aqueles de vocês que são capazes disso - fizerem todos os esforços para compreender. De fato, a maneira como olham estas_Cartas determinará o curso de suas vidas futuras. Isso significará a diferença entre ficarem bloqueados em seus parâmetros atuais de frequências vibratórias de consciência, ou gradativamente avançarem para níveis superiores de consciência e produzirem filhos que se beneficiarão do exercício do conhecimento que vou proporcionar.

Quando estava na Terra fiz repetidamente essa declaração - porém ela nunca foi compreendida - :

  • "O que nasce da carne é carne - e o que nasce do espírito é espírito".

Quis dizer com isso que algumas pessoas têm uma capacidade espiritual natural para voltar a frequência original de consciência espiritual-emocional na qual foram concebidos, - e anos mais tarde podem renascer - e tomar uma nova consciência espiritual mental na mesma frequência vibratória espiritual da concepção, e depois viver e evoluir e trabalhar a partir dela. A frequência original da concepção se converterá na base do caminho espiritual da criança.

Aqueles concebidos somente dos "desejos sensuais da carne" encontram dificuldade em perceber qualquer "verdade" além da evidência de seus ouvidos, olhos, tato e olfato.

Se você duvida disso, pare e reflita sobre o princípio inalterável da existência:

  • TODA CRIAÇÃO é CONSCIÊNCIA tornada visível.

Cada coisa viva pensa e age exclusivamente segundo o nível de consciência - egocêntrica ou espiritual - na qual reside.

Antes de a concepção acontecer, o espermatozoide é impregnado com a consciência total do macho, o futuro pai, e o óvulo é impregnado com a consciência total da fêmea, a futura mãe. Durante o ato sexual ocorrem mudanças na consciência mental/emocional do homem e da mulher. Pode ser que sintam um amor mais profundo, carinho e o impulso para expressar o seu anseio de maior proximidade e harmonia de espírito. Essa é uma verdadeira união física/espiritual. De outro modo, quando seu desejo de união se transforma em um desejo cada vez mais forte de autossatisfação, - isso se torna uma atividade egocêntrica, - colhendo apenas reações egocêntricas. Entretanto, seja qual for a condição da consciência dos participantes no ato de união, a consciência do desejo de conseguir o orgasmo máximo pressiona e conduz os órgãos físicos a moverem-se em um ritmo que produz energia psíquico/física que sobe gradativamente até o cérebro, criando um impulso cada vez mais alto de energia vibratória até alcançar um pico de quase delírio e prazer, desencadeando uma explosão de êxtase momentâneo e de gloriosa satisfação, - e então segue-se uma liberação e uma gradual descida até a consciência humana de novo.

No momento do delírio/prazer, a consciência humana eleva-se para tocar a Força Vital Divina, que desperta o espermatozoide no homem e o óvulo na mulher. Pode ser que não ocorra a concepção e o espermatozoide e o óvulo voltem à consciência física normal.

Mas quando ocorre a concepção, o espermatozoide penetra o óvulo e eles se unem nas supremas vibrações da Vida Divina, em uma fusão física e espiritual. Em unidade de consciência eles também se elevam em seu próprio momento de equilíbrio e alegria para tornarem-se um na Vida Divina em Si e na consciência humana pai/mãe.

Esse momento de "união de consciência" tem lugar na mais alta dimensão da Consciência de Vida Divina e é um momento de júbilo e alegria inimagináveis, pois os dois elementos, masculino e feminino, estão de novo unidos, juntos e fusionados em equilíbrio, fazendo-se um para gerar uma criança. Esse momento de união é uma reconstituição do regresso de uma pessoa ao êxtase glorioso e inefável da Consciência Divina do Equilíbrio Universal.

Quando o ato sexual é motivado pelo amor puro e sincero entre homem e mulher, a consciência humana unida eleva-se durante a relação sexual a níveis cada vez mais altos de "frequências vibratórias de consciência", até eles serem apanhados nas frequências vibratórias da Inteligência Divina / Consciência Amorosa. A criança concebida nessas circunstâncias é nascida do espírito.

Os amantes sabem quando eles verdadeiramente amam e se aproximam um do outro com ternura e amor puro, pois essa relação sexual é um momento de união de mente, emoções e corpo, que persiste em sua consciência depois, tornando difícil a separação um do outro. Eles estão conscientes de uma beleza transcendente, da renovação do amor emocional em vez de saciedade e de uma harmonia completa e envolvente. Esses homens e mulheres estão unidos pela Consciência_Divina... (Ver: União de Qualidades)

 

...Para que você entenda plenamente aquilo que estou dizendo, quero que você se esforce para VISUALIZAR E COMPREENDER que a Natureza da Divina Consciência do Equilíbrio Universal é um Poder sem limites, pois o equilíbrio-harmonia surge do controle mútuo entre os impulsos universais de:

  • masculino e feminino,
  • inteligência e amor,
  • a vontade de experimentar e a vontade de permanecer em aceitação,
  • o anseio de estar ativo e o de refrear-se e manter o status-quo, com a finalidade de formar vínculos e estabilidade.

Esses primitivos IMPULSOS do Ser, como expliquei na Carta_5, são a "Realidade" que dá vida, forma, estrutura e existência a todas as coisas visíveis. Essa dimensão é um estado de beleza, alegria, harmonia, êxtase sublime, reverência, inteligência e amor. Isso é tudo o que a Terra pode demonstrar - mas em uma escala muito além de sua mais distante concepção.

Tente abrir sua consciência para o significado dos parágrafos anteriores. O fato de compreender e internalizar o significado mudará toda a perspectiva de suas origens Divinas e da existência em si mesma. Nos parágrafos acima descrevi para você - a natureza e a essência da VIDA - que entra em ação no espermatozoide e no óvulo quando eles se unem para dar forma a uma criança.

Essa é a sua verdade, sua realidade, sua_alma,_psique, o estado mais profundo de seu ser. Instintivamente você é consciente disso. O bebê é a encarnação da alegria. A alegria que ele expressa enquanto desenvolve a consciência de suas relações e seu ambiente surge do profundo manancial da VIDA Divina Que o formou célula por célula, segundo as instruções genéticas, até a sua forma atual.

[ CARTAS DE CRISTO > Carta 7 ]

Vim novamente a você para falar sobre:

  • A VERDADEIRA NATUREZA DA EXISTÊNCIA. A VERDADE do SER é esta:

    • você, que acredita somente no mundo material, está vivendo inteiramente no mundo finito, terreno. Está vivendo na dimensão da manifestação de suas crenças.

Aqueles cujas percepções espirituais e vidas foram elevadas em suas frequências vibratórias para fundir-se com as frequências espirituais de vi-bração da dimensão espiritual, podem perceber que vivem em duas di-mensões. Eles estão plenamente conscientes dessa verdade, vivem segun-do essa verdade e evoluem em frequências do ser cada vez mais elevadas. Eles já não estão presos pelas crenças humanas e vivem no entendimento de que estão no infinito no qual não há limitações. Quanto mais elevadas são suas frequências vibratórias de consciência, mais conscientes estão de que vivem no infinito e de que só eles mesmos põem limites ao que podem aspirar.

Aqueles cujas percepções foram elevadas desse modo enquanto ainda estão em seus corpos percebem que há somente uma dimensão do ver-dadeiro "ser individual", e essa dimensão é a "Atividade da Consciência Divina".

Eles também podem chegar a compreender plenamente que há uma dimensão além, a da Consciência_Universal, na qual o Universal reside em perfeito equilíbrio e que não pode ser invadida por ninguem, pois nessa dimensão qualquer individualidade seria imediatamente absorvida pela Unidade do Ser.

Quando uma alma atinge, em compreensão e realização, o nível mais elevado das frequências vibratórias da consciência - a Consciência_Crística, - pode olhar para baixo e contemplar os níveis de vibração que se elevam ou descem até a humanidade na Terra. Ela sabe, com amor e compaixão, que a humanidade está aprisionada nas vibrações inferiores da Consciência_Divina que estão ocultas no impulso Egocêntrico. Este impulso é totalmente inconsciente da Verdade do Ser, que é a verdadeira identidade da alma e a verdade terrena do ego. Ele não tem a menor consciência do imenso propósito por trás de sua existência e da missão final que deve empreender.

A tarefa da alma recém-nascida é a de experimentar, por meio de seu_corpo, a Psique e tudo o que essas frequências inferiores têm a oferecer, e de crescer em consequência dos acontecimentos e experiências mentais/emocionais que surgem de seus pensamentos e sentimentos. A alma deve aprender, por meio de experiências e erros, o estado de consciência que a torna enormemente feliz ou carregada de dor e tristeza, o que dá início a diversas limitações fícas.

O proposito da vida_na_terra não é o de descobrir um meio de experimentar alegria e felicidade inalteráveis, ainda que isso seja o desejo de cada alma. Felicidade e alegria sublime dificultariam o progresso da alma em direção às vibrações espirituais superiores da consciência.

Finalmente, depois de muitas_vidas de "altos e baixos", de confortos e infortúnios, a psique despertará para a verdade de seu ser e compreenderá que tem dentro de si mesma o potencial para recorrer à Consciência_Divina a fim de obter discernimento, entendimento e conhecimento, bem corno para elevar as vibrações de sua consciência espiritual às de saúde, bem-estar, proteção, crescimento_interior, alimento espiritual e irradiar para os outros a própria natureza da Consciência Divina.

Como disse antes, a CONSCIÊNCIA é VIDA e a VIDA é CONSCIÊNCIA. Onde há VIDA - há CONSCIÊNCIA. Onde há CONSCIÊNCIA há VIDA.

TUDO na existência é definido pelas frequências vibratórias da consciência: a Luz, o Som, a Cor, todos os fenômenos físicos, vivos ou inanimados. Se você pode mudar as frequências vibratórias de alguma coisa. você pode mudar a aparência dela - seja som, cor, gás, líquido ou órgãos físicos. (Ver: Teoria das cordas)

Quando os órgãos físicos apresentam um aspecto de má saúde, é porque as frequências vibratórias normais desse órgão foram reduzidas e a VIDA dentro dele foi diminuída. A ciência apresenta o universo como "matéria" que possui consciência, mas a verdade é que:

O universo é CONSCIÊNCIA que adquiriu a aparência de "matéria" como consequência de um declínio para as frequências vibratórias inferiores de consciência. Essa é a verdadeira realidade da existência, nada mais. Toda a sua existência é uma questão de frequências vibratórias. Quanto mais elevadas são as percepções espirituais e a aderência ao pensamento espiritual, mais velozes são as frequências vibratórias pessoais no corpo; a vitalidade eleva-se e a doença, por fim, desaparece.

Essa é a verdadeira realidade da existência, nada mais.

Toda a sua existência é uma questão de frequências_vibratórias. Quanto mais elevadas são as percepções espirituais e a aderência ao pensamento espiritual, mais velozes são as frequências vibratórias pessoais no corpo; a vitalidade eleva-se e a doença, por fim, desaparece.

A comunidade científica acredita que você vive inteiramente na dimensão humana, que compreende o sistema_solar e as galáxias de estrelas. A ciência acredita que o raciocínio humano é o ponto mais alto de referência inteligente em qualquer momento, tendo evoluído como resposta às mudanças ambientais e às condições climáticas, e que é puramente o produto da atividade cerebral. Segundo a ciência, suas emoções são totalmente reais e válidas, o que se pensa e se sente é indiscutível e isso constitui a única "realidade" da existência. A normalidade é avaliada segundo a média dos pensamentos, ações e respostas ao meio. Isso é percebido como a "realidade" humana.

Qualquer talento que transcende o rendimento "médio" da mente "média" é considerado como sendo "genial" e originário de poderes mentais pouco usuais. Considera-se que o rendimento "abaixo da média" deve-se a atraso mental resultante de alguma causa física — genética, trauma de nascimento, etc. A ciência acredita que a dimensão física é o começo e o final da existência. A ciência é tão contrária a qualquer possibilidade de crenças que possam iludi-la que aceitará corno "real" qualquer fenômeno, com a condição de que possa ser calculado, estimado e provado por instrumentos.

Se você pensar a respeito disso cuidadosamente, compreendera que o que a ciência sustenta como um fato é, na realidade, somente uma crença originada de conclusões tiradas pelo uso de seus cinco sentidos. (Ver: Ciência do porvir)

[ CARTAS DE CRISTO > Carta 8 ]

  • Não seria possível descrever o universo como o consistente e constante IMPULSO do PROPÓSITO tornado visível no reino da “matéria” visível?
  • O espírito do PROPÓSITO é um elemento físico, - ou um elemento da “consciência”?
  • E se você pode aceitar que o PROPÓSITO é um impulso inegável de criatividade por trás da EXISTÊNCIA, então pode passar para a próxima percepção: seu universo é a manifestação visível de “uma EVOLUÇÃO INTELIGENTE de causa e efeito” evidente na “matéria” viva. Pois se a célula viva pode selecionar o alimento correto e também eliminar o resíduo tóxico - esta simples atividade demonstra um conhecimento da necessidade de digestão e de eliminação de tal resíduo para assegurar a contínua saúde da célula. Isso não é uma clara indicação de uma EVOLUÇÃO INTELIGENTE de “Causa e Efeito”?

E mais - a Ciência diz que a célula contém um “núcleo” que podería comparar-se ao cérebro humano, uma vez que transmite mensagens, e sua mais importante função é a de armazenamento de informação - a “livraria” que contém não somente os detalhes que se relacionam com uma célula, mas também os do corpo inteiro no qual ela reside!

O fato é que ao investigar a célula a ciência descobriu que esta, em si mesma, parece ser um sistema de “mensagens” químicas, transmitidas de um modo proposital, inteligente e inteligível...

  • Como poderia acontecer isso se as origens das moléculas da célula fossem apenas elementos químicos inanimados?
  • Você poderia duvidar de que por trás de cada “mensageiro com uma mensagem a transmitir”, há um pensamento inteligente ou consciência?
  • E o que pensar da precisão das mensagens transferidas de célula para célula para assegurar a precisão da duplicação exata de certas espécies durante milhões de anos?

    • Em que momento da criação a “consciência” entrou nos organismos vivos?
    • E como foi que o pensamento inteligente, que considera e decide, chegou ao campo da matéria inanimada inconsciente?

      • Sem a consciência inerente, como pode ocorrer tanta atividade informada e informante em uma célula que é invisível a olho nu?
      • Tal atividade não é o produto da consciência/conhecimento, demonstrando a presença de vida “inteligente” em seu aspecto mais básico?

Uma simples célula viva em forma de bactéria pode mover-se sozinha e viver sua própria vida especializada e excitante no ambiente - ou - como um vírus, realizar seu trabalho especializado e mortal de atacar alvos específicos nos organismos vivos. Por outro lado, a célula pode estar fixa em um organismo, realizando seu trabalho altamente importante de construção e de manutenção de alguma parte do organismo. Tal trabalho produz “matéria viva” precisamente adequada - e necessária - ao órgão vivo sobre o qual trabalha, sejam partes do corpo humano ou de vida animal, ou vegetal, tais como os dedos dos pés do ser humano e o baço, ou a pele do animal e as presas, ou as escamas do peixe e a plumagem das aves, ou a copa das árvores e as folhas nos ramos, ou as pétalas das flores, ou as antenas das mariposas e suas asas diáfanas, a pele do réptil, dos crocodilos e seus dentes e os olhos da lula que mudam de cor segundo a sua necessidade de camuflagem. Cada um destes fenômenos físicos completamente diferentes, e aparentemente não relacionados, foi criado pelo trabalho especializado e individualizado de bilhões e bilhões de células vivas idênticas.

  • Ao contemplar a grandeza e a diversidade do trabalho realizado por uma simples célula viva e invisível a olho nu, - você pode acreditar em um universo mecanicista?
  • Seria possível fazer tudo isso se a “matéria” produzida por tais células fosse ilógica, sem nenhum objetivo razoável e sem nenhuma razão para a sua existência - desprovida de consciência pessoal?

Este não é o caso. Estas células vivas idênticas trabalham juntas em harmonia dentro do homem ou do animal, ...

  • para fazer um fígado com suas múltiplas funções no corpo;
  • para criar um olho complexo que temseu propósito específico de pôr o organismo em contato direto e inteligente com seu ambiente, incorporando a ajuda do cérebro;
  • para fazer ossos fortes, expressamente desenhados em conjunto com tendões e músculos, para unir-se a outros de maneira tão conveniente que permitem o pleno e ágil movimento do organismo.

Além disso, células nunca interferem no trabalho de outras células.

Ao criarem um rim, não fazem de repente uma orelha.

Ao criarem cabelo, não se lançam subitamente a fazer pele. Não, as células criam o couro cabeludo e as mesmíssimas células criam o cabelo. A única diferença entre as células da pele e as do cabelo é o trabalho que realizam, segundo após segundo, durante toda uma vida. Por quê?

Qual é o “Fator Motivador e Inspirador”? Acidente?

Que inteligência organizadora pôs em movimento todo o processo de criação, desde o nível mais fundamental de formação de simples elementos a partir de partículas elétricas livres no “espaço”, até:

  • a combinação de elementos para formar substâncias químicas,
  • a combinação correta de substâncias específicas para formar uma molécula viva,
  • a combinação correta de moléculas vivas para fazer uma célula viva, que pode receber alimentos, eliminar resíduos, construir segundo especificações claras, deslocar-se e sustentar conscientemente esse enorme edifício da criação através de bilhões de anos?

Qual é a “Força Motivadora” que concebeu e fez evoluir com sucesso nos sistemas vivos as entidades vivas, bilhões e bilhões de maneiras diferentes de fertilizar as sementes de todo tipo - sejam as das plantas, dos insetos, dos répteis, das aves, dos animais ou dos seres humanos, desenvolvendo para cada um deles um sistema inteligente de procriação, adequado às condições climáticas e à produção de vegetação no ambiente, a fim de assegurar a sobrevivência? (Ver: Evolucionsmo)

A SOBREVIVÊNCIA não é também uma evidência de atividade com propósito inteligente?

Ao cumprir-se esta grande façanha de criatividade, você não deveria se perguntar como é que cada espécie viva tem sua própria maneira individual de criar sua prole e de protegê-la de todo possível perigo, até que seja capaz de SOBREVIVER sozinha? Isso não é um ativo AMOR PELA CRIAÇÃO em sua forma mais elevada?

Você não pode sair desta análise sobre o que tem a inteligência humana a dizer a respeito das origens_da_vida e da criatividade, sem que se mencionem “as importantíssimas moléculas de DNA[5]" - sobre as quaisse diz que levam o “projeto” de todo o organismo - planta ou bebê. Estas moléculas de DNA dão as instruções às células, informando o que elas devem construir de acordo com os cromossomos depositados pela semente.

Em lugar da inteligência - a ciência ofereceu as moléculas de DNA e as células frágeis da matéria como a fonte de existência, seu líder supremo, seu diretor de criação, das quais toda a criação deve depender para sobreviver. Contemple o glorioso DNA - Senhor de sua criação!

  • De onde tiraram as células de DNA seus inteligentes poderes direcionais?

A ciência já está satisfeita, agora que é capaz de explicar de maneira razoável por que as diversas espécies de todo tipo se reproduzem com tanta precisão e consistência. A ciência quer que você acredite que vive em um universo puramente mecanicista, que o fenômeno da evolução surge puramente de mutações casuais e da “sobrevivência_do_mais_apto”.

Se você estudar os diversos organismos da criação, as múltiplas e diferentes atividades de espécies relacionadas, poderá verdadeiramente acreditar em um conceito materialista tão pouco provável?

Não é uma mera coincidência que hoje várias pessoas criativas empreendem viagens difíceis para explorar, determinar e fotografar os lugares em que vivem as criaturas selvagens e as plantas silvestres, a fim de permitir descobrir a imensa inteligência por trás da criação. Você é entretido e instruído, por um banquete de fatos e fotografias, sobre as maravilhas de seu universo.

Durante meu tempo na Terra não tive tais maravilhas as quais referir-me para ensinar aos Judeus a universal Verdade da Existência. Eu tinha somente os animais domésticos e as aves para usar como exemplos da maravilhosa inventividade, inteligência e consciência, aparentes em todo ser vivo. Em nenhuma parte do evangelho foi escrito que eu me referia ao Alto e Poderoso Jeová como Criador, como era o costume dos líderes Judeus. Não. Eu recorri ao campo, às flores e às aves e procurei ensinar aos meus compatriotas que eles estavam rodeados por uma criação milagrosa e maravilhosa. Há dois mil anos, em sua dimensão, nos faltava seu atual conhecimento científico para observar e explicar de maneira inteligente a atividade que eu chamava o “Pai”, em tudo o que se encontra ao seu redor.

Para descobrir a sua verdadeira FONTE do SER, peço a você que avalie a inimaginável e indescritível complexidade e diversidade de trabalho intencional, claramente evidente nos pinguins e nos porcos. A mente_humana pode reproduzir qualquer das atividades mais básicas no sistema digestivo, por exemplo, que rapidamente reúne as enzimas requeridas e os hormônios necessários para a digestão?

Como a mente finita, que é incapaz de perceber claramente o verdadeiro processo criativo governado pelo conhecimento instintivo, ousa declarar explicitamente,- desafiando a contradição - que compreende as verdadeiras origens da criação e as forças que deram forma à criação? Que arrogância! Esses homens somente podem pensar segundo o que dizem os seus olhos.

Vejo a ignorância científica atual com compaixão amorosa, com certo grau de divertimento e um grande desejo de alfinetar seu orgulho, pois, enquanto alguém não questionar sua autossatisfação e posição de infalibilidade, o verdadeiro casamento entre as Eternas Verdades e o conhecimento científico humano não poderá acontecer. Porém terão que fazê-lo, ou a evolução espiritual humana ficará paralisada.

Os cientistas têm a mente excessivamente cheia de conhecimento livresco “especializado”, de fórmulas e equações aceitas, e tem também uma grande necessidade de aprovação e reconhecimento dentro da comunidade científica, o que impede a penetração mística de Inteligências Mais Elevadas. (Ver: Ciência do porvir)

Peço aos leitores destas_Cartas que formem uma associação para em meu nome desafiar a Ciência e perguntar:

  • Em que momento da evolução do “mundo material” a CONSCIÊNCIA foi percebida pela primeira vez?
  • Repito, e digo isso seriamente: pergunte ao cientista em que momento da evolução do mundo percebe-se pela primeira vez a “consciência”? Na célula viva? Se a resposta for a célula viva, pergunte se a consciência já era perceptível nas moléculas vivas, que se combinaram para formar a célula, e se envolverem em uma membrana tão inteligentemente desenhada que permitia o consumo de alimento selecionado e o descarte de resíduo tóxico. Como ela reconhecia o resíduo tóxico? E se se aceitar que a consciência poderia estar presente nas moléculas vivas, não seria necessário perguntar se as propriedades químicas que formaram uma molécula viva não teriam possuído elas mesmas a “consciência” que finalmente as impulsionou e projetou em uma combinação viva para formar uma molécula? E tendo retrocedido até este ponto nas origens da existência - as propriedades químicas - ainda seria necessário perguntar por que a consciência deveria se tornar uma presença viável somente dentro das substâncias químicas - por que não nos elementos nos quais a individualidade tomou forma pela primeira vez? E se se aceitar que ela estaria nos elementos, por que se deverianegar que a “consciência” impulsione as partículas elétricas para formar os elementos? É racional negar tal possibilidade?
  • E tendo chegado a tal possibilidade, não se deveria ir mais longe e perguntar de onde vem o eletromagnetismo?
    • Qual é a “realidade” da eletricidade, para além dos raios de luz intensos agora descritos pela ciência como fótons e elétrons?
    • E qual é a “realidade” do magnetismo para além das energias gêmeas de “ligação e rejeição” - estes impulsos de energia que trouxeram a estabilidade e ordem ao caos?

    Pergunte à Ciência:

    “De onde vem o eletromagnetismo, que é responsável pelos passos mais básicos na criação de um universo organizado e disciplinado, de uma complexidade e diversidade impossível de imaginar?” Tentarei agora explicar, com suas palavras, AQUILO que está além das palavras e, neste momento, além de toda a “compreensão terrena individualizada”. Por isso, ainda que o intelecto ajude o cérebro a compreender as realidades espirituais que estou expondo para você, também cria uma barreira à verdadeira percepção e experiência espiritual.

Por esta razão, considere as referências a DIMENSÃO UNIVERSAL FINAL[6] como simples proposições - ideias, vislumbres de “formas resumidas de consciência” da REALIDADE por trás e dentro de seu universo. (Leve cada uma destas idéias - uma a uma - à meditação).

O que estou querendo explicar está inteiramente na CONSCIÊNCIA e é da CONSCIÊNCIA, sem parâmetros, nem fronteiras. Se você está suficientemente evoluído espiritualmente para seguir-me até aqui, para além das palavras, você começará a compreender “espiritualmente” tudo o que tenho tentado dizer. As palavras guiarão você para novas “visões do ser” que serão abertas em seguida.

____________________

N.T.:

[5] DNA- é um composto orgânico cujas moléculas contêm as instruções genéticas que coordenam o desenvolvimento e funcionamento de todos os seres vivos e alguns vírus. (Fonte: Wikipédia).
[6] Utimate Universal Dimension

[ CARTAS DE CRISTO > Carta 5 ]

Tudo é espírito, manifestação divina e energia eterna.

[16a - página 27 ] - André Luiz

____Na própria ciência humana de hoje o átomo não é mais o tijolo indivisível da matéria ... que, antes dele, encontram-se as linhas de força, aglutinando os princípios subatômicos, e que, antes desses princípios, surge a vida_mental_determinante ... Tudo é espírito no santuário da Natureza.

____Renovemos o pensamento e tudo se modificará conosco. Na assistência magnética, os recursos espirituais se entrosam entre a emissão e a recepção, ajudando a criatura necessitada para que ela ajude a si mesma. A mente reanimada reergue as vidas microscópicas que a servem, no templo do corpo, edificando valiosas reconstruções. o passe, como reconhecemos, é importante contribuição para quem saiba recebê-lo, com o respeito e a confiança que o valorizam.

[28a - página 168 ] - André Luiz - 1954


Ver também:
*