página acima: Materialização
Ectoplasma
-
Crianças e Adolescentes
DESAPARECIDOS
*


____A ciência humana, porém, caminha na direção do porvir. (Ver: Ciência do porvir)

  • A nós, os Espíritos desencarnados, interessa, no plano_extrafísico, mais ampla sublimação, para que façamos ajustamento de determinados princípios mentais, com respeito à execução de tarefas específicas.

  • E aos encarnados interessa a existência em plano moral mais alto para que definam, com exatidão e propriedade, a substância ectoplasmática, analisando-lhe os componentes e protegendo-lhe as manifestações, de modo a oferecerem às Inteligências Superiores mais seguros cabedais de trabalho, equacionando-se, com os homens e para os homens, a provainconteste da imortalidade.

[29 - página 126] - André Luiz - 1959

____Vídeos em que Matthieu Tubino - Químico da Unicamp - trata do assunto de materialização de espíritos:

____O link a seguir mostra Matthieu ganhando um prêmio não relacionado ao tema, mas mostra que pesquisadores sérios estudam assuntos ligados a espiritualidade:

http://www.unicamp.br/unicamp/noticias/matthieu-tubino-do-instituto-de-química-ganha-prêmio-fritz-feigl

____O ectoplasma - esta força_nervosa - não é apenas propriedade de alguns privilegiados na Terra.

____Todos os homens a possuem com maior ou menor intensidade; entretanto, é preciso compreender que não nos encontramos, ainda, no tempo de generalizar as realizações. Este domínio exige santificação. (Ver: Psicoscopia )

____Neste campo de realizações sublimes, a que nos sentimos ligados, a ignorância, a vaidade e a má-fé permanecem incapacitadas por si próprias, traçando fronteiras de limitação para si mesmas.

[16a - página 112] - André Luiz - 1943

(Ver: Ciência e Espírito)

____ esclarecidas entidades espirituais, que preparam o ambiente, levando a efeito a ionização da atmosfera, combinando recursos para efeitos elétricos e magnéticos. Nos trabalhos deste teor reclamam-se processos acelerados de materialização e desmaterialização da energia. (Ver: Matéria)

____Estes amigos estão encarregados de operar a condensação_do_oxigênio. O ambiente para a materialização_de_entidade_do_plano_invisível_aos_olhos_dos_homens requer elevado teor de ozônio e, além disso, é indispensável semelhante operação, a fim de que todas as larvas e expressões microscópicas de atividade inferior sejam exterminadas. A relativa ozonização da paisagem interior é necessária como trabalho bactericida.

____O ectoplasma, ou força_nervosa, que será abundantemente extraído do médium, não pode sofrer, sem prejuízos fatais, a intromissão de certos elementos microbianos.

[16a - página 102] - André Luiz- 1943

(Ver em: Preparativos para a seção de Materialização )

____ Encarnados, de almas regularmente evoluídas, em apreciáveis condições_vibratórias pela sincera devoção ao bem, com esquecimento dos seus próprios desejos, podem projetar raios_mentais, em vias de sublimação, assimilando correntes superiores e enriquecendo os raios vitais de que são dínamos comuns.

____Chamemos-lhes raios ectoplásmicos, unindo apontamentos à nomenclatura dos espiritistas modernos. Esses raios são peculiares a todos os seres vivos. É com eles que a lagarta realiza suas complicadas demonstrações de metamorfose e é ainda na base deles que se efetuam todos os processos de materialização mediúnica, porquanto os sensitivos encarnados que os favorecem libertam essas energias com mais facilidade. Todas as criaturas, porém, guardam-nas consigo, emitindo-as em freqüência que varia em cada uma, de conformidade com as tarefas que o Plano da Vida lhes assinala.

____O estudo da mediunidade repousa nos alicerces da mente com o seu prodigioso campo de radiações. A ciência dos raios imprimirá, em breve, grande renovação aos setores culturais do mundo.

____Aguardemos o porvir.

[28a - página 21] - André Luiz - 1954

(Ver em: Psicoscopia )

[5]

O que é Ectoplasma? - Frederico Ganem (Conscienciologia)

http://www.youtube.com/watch?v=etxw7Qs1S80

____O professor Tinôco informa na página 62 de seu livro:

____"... Há outro fenômeno paranormal conhecido pôr Materialização. Neste caso, os chamados médiuns_de_efeitos_físicos liberam uma substância chamada pôr Charles_Richet de ectoplasma. Em meio a essa substância, que é uma massa de cor clara retirada do corpo do médium,...

  • surgem partes de corpos humanos como, pôr exemplo:
    • mãos,
    • rostos,
    • cabelos
  • e até mesmo corpos humanos parcialmente completos.

____Essas formas têm vida autônoma, funções vitais próprias e independência em relação ao médium e aos circunstantes. Algumas vezes, essas formas humanas, surgidas em meio à massa de ectoplasma liberado pelo médium, conversam, dizendo-se espíritos de pessoas mortas, transmitem informações, sentem emoções, etc. É o que se deduz das experiências de:

  • William Crookes,
  • Albert Von Scherenk Notzing
  • e muitos outros pesquisadores.

____Nestes fenômenos não ocorre propriamente uma materialização na acepção pura do termo. O que ocorre, de fato, é uma moldagem do ectoplasma. E tanto é assim que o peso da forma ectoplasmada, somado ao peso do médium doador do ectoplasma, é aproximadamente igual ao peso do médium fora do transe. Portanto, achamos conveniente o uso de ectoplasmia, em substituição ao termo materialização."

____Quanto menos densos os elos de ligação entre os implementos_físicos e espirituais, nos órgãos da visão, ...

[56 - página 130] - Uberaba-MG - 26/3/1958

(Ver em: Mediunidade espontânea )

O citoplasma, que é, no fundo, o elemento intersticial de vinculação das forças fisiopsicossomáticas, obriga as células ao trabalho de que necessita para expressar-se, trabalho este que, à custa de repetições quase infinitas, se torna perfeitamente automático para as unidades celulares que se renovam, de maneira incessante, na execução das tarefas que a vida lhes assinala.

André Luiz(Uberaba, 29 de Janeiro de 1958) [56 - página 45]

(Ver em: Células e Perispírito ; Epigenética )

____Num processo de desdobramento, com o auxílio do supervisor espiritual, o médium foi convenientemente exteriorizado. A princípio, seu perispírito ou «corpo astral» estava revestido com os eflúvios vitais que asseguram o equilíbrio entre a alma e o corpo de carne, conhecidos aqueles, em seu conjunto, como sendo o « duplo_etérico», formado por emanações neuropsíquicas que pertencem ao campo_fisiológico e que, por isso mesmo, não conseguem maior afastamento da organização terrestre, destinando-se à desintegração, tanto quanto ocorre ao instrumento carnal, por ocasião da morte renovadora.

[28a - página 97] - André Luiz

(Ver em: Desdobramento em serviço )

____No processo de materialização, o veículo_físico, prostrado, sob o domínio dos técnicos do plano espiritual, expelia o ectoplasma, qual pasta flexível, à maneira de uma geléia viscosa e semiliquida, através de todos os poros e, com mais abundância, pelos orifícios naturais, particularmente da boca, das narinas e dos ouvidos, com elevada percentagem a exteriorizar-se igualmente do tórax e das extremidades dos dedos.

____Substância, caracterizada por um cheiro especialíssimo, que não conseguimos descrever, escorrendo em movimentos reptilianos, acumulando-se na parte inferior do organismo medianímico, apresentando o aspecto de grande massa protoplásmica, viva e tremulante.

____O ectoplasma está em si tão associado ao pensamento do médium, quanto as forças do filho em formação se encontram ligadas à mente maternal. Em razão disso, toda a cautela é indispensável na assistência ao medianeiro.

____Essa força materializante é como as outras manipuladas nas tarefas de intercâmbio dos espíritos. Independe do caráter e das qualidades morais daqueles que a possuem, constituindo emanações do mundo psicofísico, das quais o citoplasma é uma das fontes de origem.

____À simples aproximação dos pensamentos inadequados que lhe senhoreavam as vibrações, toda a matéria ectoplásmica se ressentia, obscurecendo-se ao bombardeio das formações_mentais nascidas da assistência.

[28a - página 261 ] - André Luiz

(Ver em: Processo de Materialização )

____Substância leitosa-prateada, da qual se destacam alguns fios escuros e cinzentos, provenientes da baixa vibração mental de alguna participantes da reunião mediúnica.

____Material leve e plástico de que as entidades espirituais necessitam para a materialização. Podemos dividi-lo em três elementos essenciais, em nossas rápidas noções de serviço, a saber:

  • fluidos A, representando as forças superiores e sutis da esfera espiritual,

  • fluidos B, definindo os recursos do médium e dos companheiros que o assistem,

  • e fluidos C, constituindo energias tomadas à Natureza terrestre.

[28a - página 265 ] - André Luiz

(Ver em: Fluidos utilizados no processo de materialização )

____Na materialização mediúnica, sob condições excepcionais e com o auxílio de Inteligências desencarnadas, o organismo do médium deixa escapar o ectoplasma ou o plasma exteriorizado, no qual as células, em tonalidade vibratória diferente, elastecem-se e se renovam, de conformidade com os moldes_mentais que lhes são apresentados, produzindo os mais significativos fenômenos em obediência ao comando da Inteligência, por intermédio dos quais a Esfera Espiritual sugere ao Plano Físico a imortalidade da alma, a caminho da Vida Superior.

André Luiz (Uberaba, 29 de Janeiro de 1958) [56 - página 46]

(Ver em: Células e Perispírito )

____Esse material, representa vigorosos recursos plásticos para que os benfeitores de nossa esfera se façam visíveis aos irmãos perturbados e aflitos ou para que materializem provisoriamente certas imagens ou quadros, indispensáveis ao reavivamento da emotividade e da confiança nas almas infelizes. Com os raios e energias, de variada expressão, emitidos pelo homem encarnado, podemos formar certos serviços de importância para todos aqueles que se encontrem presos ao padrão vibratório do homem comum, não obstante permanecerem distantes do corpo físico .

[16a - página 269] - André Luiz

(Ver em: Materialização no plano espiritual )

____O condensador ectoplásmico, utilizado pelas entidades espirituais, tem a propriedade de concentrar em si os raios de força projetados pelos componentes da reunião, reproduzindo as imagens que fluem do pensamento da entidade comunicante (espírito), não só para a observação das entidades do plano espiritual, mas também para a análise do doutrinador encarnado, que as recebe em seu campo intuitivo, auxiliado pelas energias magnéticas do plano espiritual.

[28a - página 65] - André Luiz

(Ver em: Condensador ectoplásmico )

O fluido_vital, indispensável à produção de todos os fenômenos mediúnicos, é apanágio exclusivo do encarnado e que, por conseguinte, o Espírito operador fica obrigado a se impregnar dele. Só então pode, mediante certas propriedades, que desconheceis, do vosso meio ambiente, isolar, tornar invisíveis e fazer que se movam alguns objetos materiais e mesmo os encarnados.

____"Não me é permitido, por enquanto, desvendar-vos as leis particulares que governam os gases e os fluidos que vos cercam; mas, antes que alguns anos tenham decorrido, antes que uma existência de homem se tenha esgotado, a explicação destas leis e destes fenômenos vos será revelada e vereis surgir e produzir-se uma variedade_nova_de_médiuns, que agirão num estado cataléptico especial, desde que sejam mediunizados."

ERASTO

[17b - página 120 item 98] (Paris - 1861)

(Ver em: Fenômeno de transporte segundo Erasto )

Fluido ódico” de Reichembach, fluido vitalizador do sistema nervoso e a que a vidente de Prevorst chamava, com efeito, “ espírito dos nervos”.

[105 - páginas 129] - Ernesto Bozzano

____As_experiências parecem indicar que as propriedades dessa “ substância” são as seguintes:

  • 1º é tênue e invisível
  • 2º tem particular relação com o médium, visto que outras pessoas que não se acham em contacto com ele não podem provocar a queda da mesa
  • essa substância penetra no médium mais facilmente através sua mão nua
  • 4º existem corpos que a conduzem mais lentamente que outros e até mesmo que não a conduzem de todo
  • 5º o ar não é bom condutor
  • 6º das pessoas que fizeram a experiência, parece que somente eu a conduzi, assim mesmo muito lentamente
  • 7º ela é essencial aos fenômenos de levitação.

____As seguintes observações são unicamente indicativas e podem ser úteis a outros pesquisadores.
____Essa coisa misteriosa
que parece estar sobre ou dentro da mesa, certamente não é eletricidade. Em primeiro lugar porque sua velocidade de descarga é muito pequena, e depois porque nunca se produziu coisa alguma durante as sessões que lembrasse os efeitos da eletricidade. Deve ser uma forma de energia ligada a pequenas partículas de matéria. Provavelmente, essas partículas acham-se acumuladas no interior e na superfície da mesa e sua energia é utilizada pelos operadores. Devem ter também alguma relação com o sistema nervoso do médium.
____As estruturas psíquicas em geral parecem sair da parte inferior das pernas do médium e as partículas de energia voltam a ele por suas próprias mãos. Talvez exista uma espécie de pressão psíquica positiva em suas pernas e pés e uma espécie de pressão psíquica negativa em seus braços e mãos, de maneira que as partículas tendam a voltar para o seu corpo. Para me servir de uma analogia com a eletricidade, o potencial psíquico é mais elevado nas proximidades de seus tornozelos que de suas mãos.

[113 - página 156]

____Todos os povos primitivos de grande espiritualidade e superstição possuíam a noção de uma força fluída invisível que preenche a natureza e anima os seres vivos, estando ligada diretamente à qualidade da saúde e entrando no corpo pela respiração. Em resumo, atribuíam ao ar a fonte da vida e da saúde. Cada cultura deu-lhe um nome:

  • Qi na China,
  • Ki no Japão,
  • Prana/ Shakti/ Kundalini na Índia,
  • Ti no Havaí,
  • Mana na Oceania,
  • Aither (éter) e Pneuma na Grécia, Aether (éter),
  • Aura e Spiritus (espírito) em Roma.

____Com o passar do tempo foram criados mais nomes:

  • Quintessência,
  • Vril,
  • Força Ódica,
  • Orgone,
  • Bioplasma,
  • Telesma,
  • Baraka,
  • Magnetismo Animal,
  • Força Vital,
  • Fogo Cósmico,
  • Fogo da Serpente,
  • O Dragão da Terra,
  • a Força.

____Praticamente todas as doutrinas de artes marciais, de esoterismo e de filosofia e metafísica baseadas no Taoismo apresentam esse conceito de energia espiritual, ou Ki.

http://www.kamisama.com.br/kiinfo.htm

Importante!

(Ver: Futuro dos fenômenos físicos)

Em pesquisas da constituição do ectoplasma, por meio de análises químicas e histológicas, foi detectado: cloreto de sódio, fosfato de cálcio, células epiteliais e leucócitos, além de matéria gordurosa.

[1 - página 94]

Outros pesquisadores dizem que o ectoplasma seria substância originária do protoplasma, das usinas celulares, onde o ATP (trifosfato de adenosina) teria expressiva participação, ao lado de outros elementos, não podendo deixar de considerar a importância do fósforo nas atividades bioquímicas orgânicas.

[1 - página 96]

____(do gr. ektós, fora, exterior, + Plasma ), termo divulgado por Charles Richet (1850-1935).

  • Substância de natureza filamentosa ou fibrosa, que, quando visível, pode aparecer esbranquiçada (a mais freqüente), preta ou cinzenta, por vezes, aparecem as três cores simultaneamente, emana através de todos os poros do médium, especialmente da boca, das narinas, dos ouvidos, do tórax, e das extremidades (alto da cabeça, seios, pontas dos dedos), sendo reabsorvido ou dispersado ao final do processo.
  • Substância viva manipulada pelos espíritos.
  • Geralmente é inodora, embora, às vezes, possa desprender um odor particular difícil de ser descrito.
  • Por vezes, é frio e úmido; em outros, viscoso e semilíquido, mas raramente seco e duro (quando forma cordas é duro, fibroso, nodoso).
  • Dilata-se ou expande-se fácil e suavemente.
  • Ao tato pode-se senti-lo como uma teia de aranha.
  • Pode aparecer ou desaparecer rapidamente.
  • Uma corrente de ar pode agita-lo ou remove-lo.
  • Obediente à ação mental.
  • Por ser extremamente fotossensível, imprescinde da obscuridade.
  • A luz exerce grande poder de desagregação (efeito fotoelétrico).
  • Quando se toca o ectoplasma de uma pessoa, a uma distância do corpo ela sente o toque, com sensações diversas. Este toque pode causar ânsia de vômito, tosse e até sensações mais desagradáveis.
  • Penetra ou atravessa qualquer tipo de matéria.
  • Interage física ou quimicamente (nível atômico) com a matéria. Daí o seu emprego na produção de efeitos_físicos ou a sua aplicação em trabalhos de cura. E essa ação pode ocorrer a distância.

____Biólogos ao descobrirem na célula viva, uma formação em torno do protoplasma, que denominaram ectoplasma, verificaram “que não tinha a consistência material”, nele encontraram oxigênio, nitrogênio, carbono, potássio, além de vestígio de cloro e sódio, mostrava “característica estranha e desconhecida”.

[1 - página 88 / 98]

(Ver: Células e Perispírito )

Dr. Ricardo Di Bernardi

http://www.espirito.org.br/portal/artigos/bernardi/ectoplasma.html

Ectoplasma produzido por algum paranormal de efeitos físicos ou ectoplasta

A substância foi chamada, também, ideoplasma, porque instantâneamente toma a forma que lhe dá o Espírito.

[95 - Capítulo: A História de Swedenborg]

Bioenergias, ectoplasma e fenômenos parapsíquicos (parte II)

____Energia. A energia da consciência, quando condensada, manifesta-se na condição de ectoplasma, parecendo agregar componentes orgânicos do corpo_biológico do sensitivo ectoplasta. o ectoplasma citado aqui é diferente do ectoplasma estudado na biologia convencional (parte periférica do citoplasma - conteúdo da célula, excluído o núcleo).

____Composição. Apesar disso, o ectoplasma parece ser composto:

  • tanto pela bioenergia, própria do corpo energético do sensitivo,
  • como por algumas características de componentes que são encontrados nas células humanas,
  • além de incluir até a presença de tecido das roupas do sensitivo ou médium.

____Características. o ectoplasma apresenta formas instáveis, ora como tênues vapores, bastões, espirais, fios, cordas, teias, raios rígidos ou semi-rígidos, movendo-se sinuosamente como répteis, ora como se fosse um ser vivo, inteligente, vibrando, espichando ou encolhendo. Demonstra ainda tendência a ser absorvido abruptamente pelo corpo do médium.

Daniel Muniz

____O ectoplasma é a mais protéica das substâncias e pode manifestar-se de muitas maneiras e com propriedades variadas. Isso foi demonstrado pelo Doutor_W._J._Crawford, Professor de Engenharia Mecânica na Queen’s University, de Belfast. Dirigiu uma importante série de experiências de 1914 a 1920, com a médium Kathleen Goligher. Fêz o seu relato em três livros, que são:

  • “lhe Reality of Psychic Phenomena” (1917),
  • “Experiments in Psychical Science”, em 1910
  • e “lhe Psychic Structures at Lhe Goligher Circle” em 1921. (15)

Do livro "HISTóRIA DO ESPIRITISMO" de ARTHUR CONAN DOYLE - Capítulo 18

BIOLOGIA

  • Ectoplasma : é a porção mais externa do hialoplasma apresenta-se mais consistente. Também conhecido comoPlasmagel . A sustentação docitoplasma deve-se ao funcionamento do ectoplasma como verdadeiro suporte celular, mantendo mais ou menos constante a sua forma.
  • Endoplasma : é a porção mais fluida e mais interna dohialoplasma . Também conhecido comoPlasmassol .
http://www.coladaweb.com/biologia/celula2.htm

____O ectoplasma está situado entre a matéria_densa e a matéria_perispirítica, assim como um produto de emanações da alma pelo filtro do corpo, e é recurso peculiar não somente ao homem, mas a todas as formas da Natureza. Em certas organizações fisiológicas especiais da raça humana, comparece em maiores proporções e em relativa madureza para a manifestação necessária aos efeitos_físicos que analisamos.

  • É um elemento amorfo, mas de grande potência e vitalidade.
  • Pode ser comparado a genuína massa_protoplásmica, sendo extremamente sensível, animado de princípios criativos que funcionam como condutores de eletricidade e magnetismo, mas que se subordinam, invariavelmente, ao pensamento e à vontade do médium que os exterioriza ou dos Espíritos desencarnados ou não que sintonizam com a mente mediúnica, senhoreando-lhe o modo de ser.
  • Infinitamente plástico, dá forma parcial ou total às entidades_que_se_fazem_visíveis aos olhos dos companheiros terrestres ou diante da objetiva fotográfica, dá consistência aos fios, bastonetes e outros tipos de formações, visíveis ou invisíveis nos fenômenos de levitação, e substancializa as imagens criadas pela imaginação do médium ou dos companheiros que o assistem mentalmente afinados com ele (Teleplastia - Ideoplastia).

____Exigenos, pois, muito cuidado para não sofrer o domínio de inteligências sombrias, de vez que ma nejado por entidades ainda cativas de paixões deprimentes poderia gerar clamorosas perturbações.

[28a - página 271 ] - André Luiz - 1954

____O ectoplasma é substância amorfa, vaporosa, com tendência a solidificação pela evolução do fenômeno, tomando forma por influencia de um campo-organizador especifico. Facilmente fotografado; de cor branco acinzentado; vai desde a névoa transparente à forma tangível; de aspecto semelhante aos tecidos vivos oferecendo sensação de viscosidade e frieza.
____O ectoplasma foi analisado por vários pesquisadores dos quais destacamos as seguintes conclusões:

  • Dr.V.Dombrowsky (Varsóvia) - " o ectoplasma está constituído de matéria albuminóide, acompanhado de gordura e de células tipicamente orgânicas. Não foram encontrados amiláceos e açúcares".
  • Dr. Francês (Munich) - " Substância constituída de inúmeras células epiteliais, leucócitos e glóbulos de gordura".
  • Dr. Albert Scherenk-Notzing citado por Charles Richet - "o ectoplasma está constituído por restos de tecido epitelial e gorduras".
  • Dr. Hernani G. Andrade - " o ectoplasma é Substância formada com recursos da natureza originando-se ...

    • dos tecidos vegetais (ectofiloplasma)
    • e de origem animal (ectozooplasma)
    • e de origem mineral (ectomineroplasma)".

____Muitos autores que analisaram a substância encontram células anucleadas em sua constituição. o ectoplasma seria substância originária no protoplasma das usinas celulares, onde o ATP (trifosfato de adenosina) teria expressiva participação, ao lado de outros elementos. Dessa forma, não podemos deixar de considerar a importância do fósforo nas atividades bioquímicas orgânicas e, consequentemente, no desenvolvimento do processo ectoplásmico em suas especificas dosagens.
____No dizer do professor Aldemar Brasil:

____"Em síntese, o ATP, que equivale por cada ligação piro-fosfática desgarrada de sua molécula, a mais ou menos 7.500 kcal, é a unidade usada em biologia para expressar a transferência de energia oriunda do ciclo de Krebs, e de outras fontes. No ciclo de Krebs, também denominado de ciclo dos ácidos tri-carboxílicos, a energia é libertada pela transferência de elétrons para a cadeia respiratória, provindos de substratos em que o hidrogênio é ativado, desgarrado e transportado com seu elétron até o oxigênio, também ativado ao receber esses elétrons, formando-se, então, a água. Para tanto, no ciclo de Krebs há processos de descarbolização, desidrogenação, etc., operados por enzimas especificas ativadas por coenzimas determinadas".

O Ectoplasma

____Ectoplasma (do grego ektos, exterior, e plasma, molde; isto é, "modelado fora do corpo") é o nome dado à matéria quase toda etérica, senão inteiramente, que se desprende ou exsuda do médium e se emprega na manifestação de fenômenos espiritistas.
____O falecido doutor em Ciências naturais, W._J._Crawford, descreve em seus livros — The Reality of Psychic Prenomena (1916), Experiments in Psychical Science (1918), e Psychic Structures (1921) — as minuciosas e magistrais pesquisas por ele empreendidas sobre fenômenos_de_levitação e pancadas_de_mesa. Os desejosos de maiores detalhes poderão encontrá-los nesses livros; aqui podemos dar apenas um breve resumo de tais estudos, no que se relacionam com o nosso tema.
____Durante todas as experiências, a médium esteve plenamente consciente.
____O Dr. Crawford encarou os problemas de levitação de mesa, etc., como_simples_problemas_de_mecânica, e valendo-se de dispositivos registradores de energia, tanto mecânicos como elétricos, conseguiu descobrir, por dedução de suas observações, o modus operandi das "estruturas psíquicas" empregadas. Numa etapa bem posterior, ele pôde comprovar suas deduções por visão direta e fotografias, como se exporá a seu devido tempo.
____Em suma, verificou-se que o ectoplasma exsudado da médium era preparado e modelado em "hastes" (como ele as denomina) pelos "operadores" que controlam a produção dos fenômenos. Estas hastes ou barras ficam ligadas numa extremidade à médium, e na outra, por sucção, às pernas da mesa ou a outros objetos. Ao aplicar-se a energia psíquica através das hastes, as mesas ou outros objetos se moviam em vários sentidos, sem que tivessem nenhum contato puramente físico com qualquer das pessoas presentes. Se as hastes batiam no soalho, mesa, campainhas, etc., produziam pancadas ou muitos outros ruídos.
____A maior parte do ectoplasma se obtém comumente da médium, embora seja suplementado por uma pequena porção extraída de todos ou da maioria dos presentes à sessão.
____Conquanto completamente invisível à vista comum, o ectoplasma pode, às vezes, ser perceptível ao tato. É descrito como viscoso, reptílico, frio, quase oleoso, como se a atmosfera estivesse impregnada de partículas de matéria morta e desagradável.
____O diâmetro das extremidades das hastes psíquicas projetadas da médium pode variar entre 12 milímetros e 22 centímetros. A sua extremidade livre parece capaz de assumir várias formas e graus de rijeza: planas ou convexas, circulares ou convexas; e macias como carne tenra ou rijas como ferro. O tronco da haste é tangível à beira de algumas polegadas da extremidade livre, mas daí para a outra extremidade se torna intangível, embora resista, puxe, empurre, tosquie e vergue.
____No entanto, na parte intangível se sente um fluxo de partículas frias, semelhantes a esporões, emanadas da médium. Parece haver razão para crer que, em alguns casos, embora não em levitações, há uma completa circulação de matéria etérica saindo da médium e retornando a ela por outra parte do seu corpo. A pedido, pode-se variar a condição da extremidade da haste quanto ao seu tamanho e rijeza. As hastes compridas são geralmente macias na extremidade, e as curtas, mais densas e duras.
____Crawford acha provável que as hastes consistam de feixes de fios delicados, intimamente unidos e aderidos entre si. A energia psíquica segue os fios e dá ao conjunto a rigidez de uma viga, que pode então ser deslocada à vontade pelas energias postas em ação no corpo da médium.
____Certas experiências fazem pensar que a extremidade de uma haste consiste numa película espessa, ou mais ou menos elástica, esticada sobre uma armação delgada, um pouco denteada e elástica. A elasticidade desta película é limitada; submetida a um esforço excessivo, ela pode romper-se; a moldura denteada fica então exposta.
____O fato de um electroscópio poder ser descarregado se for tocado por uma haste, prova que esta desempenha o papel de condutor de corrente elétrica de alta tensão, que se descarrega no solo pelo corpo do médium ao qual se encontre ligada.
____Por outro lado, uma haste colocada através das terminais de um circuito de campainhas, não as faz soar, mostrando assim que ela opõe grande resistência a uma corrente de baixa tensão.
____A luz branca destrói comumente as formações de hastes: mesmo os raios luminosos refletidos de uma superfície onde se aplique força_psíquica, interferem nos fenômenos. A luz vermelha, no entanto, se não for demasiado forte, parece não prejudicar a estrutura psíquica; nem tampouco a danifica a luz emanada de pintura luminosa que se haja exposto ao sol durante algumas horas.
____As estruturas são, em geral, inteiramente invisíveis, embora às vezes seja possível entrevê-las. Já se tem conseguido fotografá-las à luz de magnésio, mas é preciso tomar precauções com a médium, a fim de poupá-la. A luz de magnésio, ao atingir o ectoplasma, provoca na médium um choque muito mais violento quando a estrutura está em ação, do que no caso oposto.
____As numerosas fotografias obtidas confirmam, em todos os detalhes, as conclusões tiradas dos próprios fenômenos.
____A rigidez de uma haste varia conforme a iluminação. A extremidade dura funde-se parcialmente, por assim dizer, quando a haste é exposta à luz.
____O deslocamento_de_objetos pela força psíquica, obtém-se de duas maneiras principais:

  • Na primeira, uma ou diversas hastes saem do médium, o mais das vezes pelos pés ou pelos tornozelos, e outras, pela região inferior do tronco, e são aplicadas diretamente ao objeto que deve ser deslocado, formando modilhão. Se as mesas se deslocam horizontalmente, as hastes em geral se fixam aos seus pés; se são levantadas, a haste ou hastes se alargam em suas extremidades, como cogumelos, e fixam-se à superfície inferior da mesa.
  • No segundo método, a haste ou hastes projetadas do médium aderem ao solo, e do ponto da aderência continuam até o objeto a ser movido. Não formavam mais um modilhão, mas algo semelhante a uma alavanca de primeira categoria", cujo Fulcro está entre a Resistência e a Potência.

____As hastes podem ser retas ou curvas; podem ainda ficar suspensas no ar, rígidas, mostrando assim que para conservar a rigidez elas não têm necessidade de se apoiar sobre corpos materiais.
____No caso em que é posto em ação o método do modilhão (1.° método), todo esforço mecânico é transferido ao médium, ou mais exatamente, a maior parte deste esforço; parte bem menor cabe aos assistentes.
____É possível verificar-se isto por aparelhos mecânicos ordinários, tais como as balanças de molas e outras. Se u'a mesa, por exemplo, for levantada inteiramente por meio do modilhão, produzirá aumento do peso do médium de cerca de 95 por cento do peso da mesma e o dos assistentes aumentará proporcionalmente.
____Se, por outro lado, as hastes são aderidas ao solo, o peso da mesa levantada se transmite diretamente ao solo, e o peso do médium, em lugar de aumentar, diminui. Esta diminuição é devida ao peso do ectoplasma formador da haste, uma de cujas extremidades se apóia no solo.
____Quando a força transmitida por uma haste é para manter um objeto, como u'a mesa, solidamente fixo ao solo, a diminuição do peso do médium, após as observações, tem atingido até 18 quilos.
____Noutra ocasião, em que a estrutura ectoplasma não foi utilizada, o peso do médium diminui de 27 quilos, ou seja, quase a metade de seu peso normal.
____Os modilhões são geralmente empregados para mover ou levantar objetos leves, porém, quando estes são pesados, ou quando se trata de transmitir uma força considerável, as hastes são fixadas ao solo, produzindo o dispositivo em alavanca. A força empregada atinge muitas vezes a 50 quilos.
____Durante a levitação_de_objetos, a tensão suportada pelo médium manifesta-se freqüentemente pela rigidez, até à rigidez férrea, dos músculos, principalmente dos braços ou mesmo de todo o sistema muscular. Estudos ulteriores revelaram a Crawford que a rigidez muscular havia desaparecido inteiramente.
____A produção desses fenômenos parece dar como conseqüência perda permanente de peso, tanto do médium como dos espectadores, porém que não ultrapassa algumas onças (onça = 28, 35 grs. ) Os assistentes podem perder mais peso do que o médium.
____Em geral, quando se coloca um objeto material qualquer dentro do espaço ocupado pela haste, a comunicação entre esta e o médium é imediatamente interrompida e a haste se desintegra. Entretanto, um objeto delgado como um lápis pode passar impunemente através da parte vertical da haste, porém não através da parte que se encontra entre o médium e a mesa. A interferência nesta última parte pode lesar fisicamente o médium.
____Para que uma haste possa tocar ou aderir ao solo ou a uma mesa, sua extremidade deve ser preparada de modo particular para que fique mais densa do que o resto da haste. Isto parece difícil, ou pelo menos exige tempo e força; por conseguinte, os pontos a agarrar devem ser sempre reduzidos ao mínimo.
____O sistema de agarrar é por sucção, como se pode facilmente demonstrar pela argila mole, de que falaremos adiante. As vezes, escutam-se "aspiradores" escorregando pela superfície da madeira ou agarrando novos pontos.
____Crawford apresenta numerosos exemplos (e também fotografias) de impressões produzidas pelo contato das hastes sobre massa e argila mole. Estas impressões, muitas vezes, assinalam marcas parecidas com o tecido das meias do médium. No entanto, a semelhança é superficial, pois não se pode produzir tais impressões apoiando sobre a argila um pé revestido de meia. A impressão feita pela haste é muito mais nítida do que a que se poderia conseguir pelos meios ordinários; parece-se com a que se obteria, se uma matéria fina e viscosa, estendida sobre o tecido da meia e depois de seca, tivesse sido em seguida comprimida contra a argila. Ademais, pode-se modificar muito a marca de fabricação da meia, e o delicado modelo e o traçado dos fios podem ser deformados, engrossados, parcialmente recobertos ou rompidos, conquanto permaneçam ainda reconhecíveis como os mesmos da marca do tecido. Pode-se deduzir que o ectoplasma primeiramente apresenta-se em estado semilíquido, que passa através e ao redor dos intervalos do tecido e coagula-se na parte externa da meia. É de natureza glutinosa e fibrosa, e a forma que toma é quase exatamente a do tecido. Depois se estira da meia e se envolve na extremidade da haste. Para produzir uma impressão extensa, a película é engrossada e reforçada por nova adição de substância materializante. Assim a impressão original pode ser torcida, deformada ou apagada parcialmente.
____A haste pode também reproduzir a impressão dos dedos, embora seu tamanho possa não corresponder à dos dedos normais, e seus contornos podem ser muito mais nítidos ou mais regulares do que os obtidos pelas impressões digitais ordinárias.
____Golpes, indo dos mais leves até os executados com a força de um martelo, outros ruídos ainda, podem ser produzidos por hastes semi-flexíveis, com extremidades adequadamente preparadas, com as quais se batem nos objetos materiais.
____A produção dos golpes é acompanhada de diminuição de peso do médium; esta diminuição, que pode ser de dez ou mais quilos, parece ser diretamente proporcional à intensidade do golpe. A razão é evidente; as hastes são formadas da matéria tirada do corpo do médium, o choque desta matéria contra o solo, etc., transfere necessariamente a este, através da haste, uma parte do peso total do médium. A perda de peso é temporária, mas restabelece-se quando a matéria das hastes volta ao médium.
____A produção de golpes determina no médium uma reação mecânica, como se ele fosse empurrado para trás ou golpeado. A reação pode-se traduzir por movimentos involuntários dos pés. Entretanto, o efeito sentido pelo médium não se parece em nada com o que lhe é causado pela levitação de objetos.
____Os golpes violentos produzidos por uma haste de grande tamanho não são, em geral, dados rapidamente. Ao contrário, os golpes leves, produzidos em geral por uma ou várias hastes finas, podem ser produzidos com incrível rapidez; os " operadores" parecem perfeitamente senhores das hastes.
____Em geral a produção destes fenômenos impõe certa tensão a todos os assistentes, como o demonstram as sacudidas espasmódicas, algumas vezes muito fortes, que todas as pessoas do círculo fazem sucessivamente, antes da levitação.
____A separação e a retirada de matéria etérica dos corpos dos assistentes parecem operar-se por sacudidas, e até certo ponto todos são afetados.
____Segundo W._J._Crawford, uma entidade que disse ter sido médico quando em vida, falando pelo médium (em estado de transe para este efeito), declarou que na produção dos fenômenos, eram empregadas duas espécies de substâncias:

  • uma era tirada em quantidade bastante grande, do médium e dos assistentes, e era-lhes restituída, quase integralmente, no fim da sessão.
  • A outra só podia ser tirada do médium e, como se compõe da substância mais vital das células nervosas, não podia ser extraída senão em quantidade mínima, sem o que o médium teria que sofrer más conseqüências; sua estrutura é destruída no fenômeno; ela não pode, pois, ser restituída ao médium. Esta afirmação não foi nem verificada nem confirmada, de maneira alguma; damo-la pelo que vale.

____W. J. Crawford imaginou e empregou com grande sucesso o "método dos corantes" para traçar os movimentos do ectoplasma. Possuindo este a faculdade de aderir fortemente à uma substância como o carmim pulverizado, põe-se este corante em seu caminho, o que dá em resultado uma pista corada.
____Descobriu-se, assim, que o ectoplasma saía da parte inferior do tronco do médium e tornava a entrar pela mesma região. Sua consistência era bastante grande, pois tem força para rasgar meias e outras roupas; algumas vezes, ele arranca fios inteiros da meia, de várias polegadas de comprimento (polegada = 25, 30 mm), leva-os e deposita-os num recipiente de argila colocado a certa distância dos pés do médium.
____O ectoplasma desce ao longo das pernas e penetra nos sapatos; passa entre a meia e a sola, onde houver espaço suficiente. Se, pelo caminho, apoderou-se do pó corado, ele o deposita em todos os pontos em que o pé, a meia e o calçado estão em estreito contato, isto é, onde não encontra lugar para passar.
____A solidificação e a desmaterialização da extremidade resistente de uma haste efetuam-se logo que a haste sai do corpo do médium. É este o motivo por que a extremidade livre da haste, a não ser que seja muito fina, não pode atravessar um tecido serrado e até uma grade metálica de malha de uma polegada, se esta está colocada a mais de uma ou duas polegadas adiante do médium. Entretanto, se esses anteparos se encontrarem muito perto do corpo, pode-se dar uma materialização imperfeita da extremidade da haste, e produzir fenômenos psíquicos limitados.
____A saída do ectoplasma é acompanhada de fortes movimentos musculares em todo o corpo. As partes carnudas do corpo, sobretudo as que estão situadas abaixo da cintura, diminuem de volume, como se a carne se encolhesse.
____W. J. Crawford está convencido de que na produção dos fenômenos espíritas, duas substâncias, pelo menos, são empregadas:

  • 1. ° — um elemento que forma a base da estrutura psíquica; é invisível, impalpável, e, falando de modo geral, ultrapassa a ordem física
  • 2. ° — uma substância brancacenta, translúcida e nebulosa, misturada à primeira, a fim de que esta possa agir sobre a matéria física.

____A segunda, pensa Crawford, é muito provavelmente idêntica à substância empregada nos fenômenos de materialização.
____Numerosos fenômenos de materialização encontram-se descritos com extrema e escrupulosa minúcia, característica das pesquisas germânicas, na importante obra intitulada: fenômenos de Materialização do barão von Schrenck Notzing (1913), e traduzida para o inglês por E. E. Fournier d'Albe D. Sc. (1920).
____Além das descrições detalhadas de sessões e de numerosos fenômenos, encontram-se aqui cerca de duzentas fotografias de formas materializadas ou de aparições as mais diversas, desde fios ou massas de ectoplasma, até rostos inteiramente formados. Vamos resumir as principais conclusões. Para facilitar nossa tarefa, tomamos longos trechos de uma conferência sobre a fisiologia supranormal e os fenômenos_ideoplásticos, pelo Dr. Gustavo Geley, psicólogo e médico francês, reproduzida no fim da obra do barão Notzing.
____Do corpo do médium emana uma substância, a princípio amorfa ou polimorfa. Ela pode apresentar o aspecto de uma pasta dúctil, de verdadeira massa protoplásmica, espécie de geléia tremulante, de simples blocos, de fios delgados, de cordas, de raios estreitos e rígidos, de faixa larga, de membrana, de tecido, de rede dobrada e franjada.
____A natureza filamentosa ou fibrosa dessa substância foi muitas vezes observada. Apresenta-se branca, negra, ou cinzenta; às vezes aparecem as três cores juntas: a branca é a talvez mais freqüente. Parece luminosa. Em geral parece ser inodora; no entanto desprende, às vezes, odor particular e impossível de ser descrito.
____Parece não haver dúvida de que ela está sujeita à gravidade.
____Ao tacto, ela pode mostrar-se úmida ou fria, viscosa ou glutinosa, mais raramente seca e dura.
____Quando se dilata, é suave e um pouco elástica; quando forma cordas, é dura, nodosa e fibrosa. Pode-se senti-la passar sobre a mão corno uma teia de aranha; os fios são ao mesmo tempo rígidos e elásticos. É móvel, com um movimento rastejante como o de réptil, embora se mova às vezes brusca e rapidamente. Uma corrente de ar pode pô-la em movimento. Se for tocada, produz reação dolorosa no médium. É de sensibilidade extrema; aparece e desaparece com a rapidez do relâmpago. É particularmente sensível à luz, embora, no entanto, às vezes os fenômenos resistam à luz do dia. Pode-se fotografá-la à luz do magnésio, embora o súbito clarão produza um choque repentino no médium.
____Durante a produção do fenômeno, a cabina em que se encontra o médium fica geralmente na obscuridade, porém as cortinas são muitas vezes abertas.
____Fora da cabina, emprega-se a luz vermelha, e algumas vezes mesmo a luz branca, até a intensidade de cem velas.
____A substância tem irresistível tendência à reorganização. Assume numerosas formas, às vezes mal definidas e não organizadas, porém o mais das vezes organizadas, formando dedos, inclusive as unhas, perfeitamente modelados; mãos, rostos e outras formas, todas completas. A substância emana de todo o corpo do médium, mas especialmente dos orifícios naturais e das extremidades, do alto da cabeça, dos seios, da ponta dos dedos. O ponto de partida mais habitual e mais fácil de se verificar é a boca, a superfície interna das bochechas, as gengivas e o céu da boca.
____As formas materializadas têm certa independência; a mão, por exemplo, é capaz de mover os dedos e de segurar a mão do observador, embora a pele humana pareça às vezes repelir os fantasmas. Às estruturas são, às vezes, menores do que as naturais, isto é, verdadeiras miniaturas. Observou-se que a traseira das materializações carecia de forma orgânica, não passando de uma massa de substância amorfa. As formas não contêm mais que o mínimo de substância suficiente para fazê-las aparecer como reais, e podem desaparecer tanto instantaneamente como aos poucos, por um desvanecimento gradativo. Vê-se claramente que durante todo o tempo as formas estão fisiológica e psiquicamente ligadas ao médium; a sensação 'reflexa das estruturas se confunde com a do médium. Assim, um alfinete cravado na substância causaria dor no médium.
____A substância parece influenciável tanto pela direção geral da sessão como pelo tema dominante nos pensamentos dos assistentes. Além disso, o médium, geralmente em estado hipnótico, é extraordinariamente sensível à influência da sugestão.
____Fragmentos de formas materializadas foram recolhidos num prato de porcelana, e guardados. Em certos casos descobriram-se fragmentos de pele, cuja origem humana foi reconhecida ao exame microscópico.
____Noutra ocasião, encontraram-se três ou quatro centímetros cúbicos de um líquido transparente, que não continha bolha alguma. A análise revelou um líquido incolor, ligeiramente turvo, não viscoso, inodoro, levemente alcalino, deixando um precipitado brancacento. O microscópio demonstrou a existência de detritos celulares e saliva; a substância provinha evidentemente da boca.
____Em outra ocasião, encontrou-se uma madeixa de cabelos louros, não se parecendo em nada com os cabelos negros do médium; a mão do observador estava coberta de muco e de umidade. Além disto, encontram-se, algumas vezes, outras substâncias, tais como pós cosméticos, ou fragmentos provenientes das roupas do médium.

Do livro "O Duplo_Etérico ", do Major Arthur E. Powell

LINKs:

Ver também: