Evolução Animal-Hominal
página acima: Evolução humana
-
Crianças e Adolescentes
DESAPARECIDOS
*

____Com efeito, quando o homem desce ao plano da matéria para nova experiência reencarnatória, sua ligação primeira se faz no óvulo, ainda na trompa ou Canal de Falópio. Note-se, porém, que o espírito NÃO ENTRA no óvulo: apenas SE LIGA, permanecendo de fora, a ele preso apenas pelo " cordão de prata".

____Do óvulo, ele irradia suas vibrações que vão atrair o espermatozóide: e exatamente AQUELE espermatozóide que é portador dos genes que sintonizam vibratoriamente com o espírito, e que portanto lhe poderá fornecer um corpo especificamente apropriado a essa etapa evolutiva desse espírito: com as qualidades e deficiências requeridas pelo estado evolutivo do espírito. Dizemos ATRAI, no mesmo sentido em que poderíamos afirmar que um aparelho de rádio, sintonizado nos 800 kilociclos, atrai as ondas hertzianas da Rádio Ministério da Educação e Cultura. "Atrai", pois, tem o sentido preciso de "sintonizar e receber".

____Mas o espermatozóide, "alimentado" por essas vibrações sintônicas, recebe as energias indispensáveis para progredir em sua viagem, até o óvulo, passando à frente de seus concorrentes.

____Dizíamos que o espírito "se liga" ao óvulo e, desde esse momento, passa a relembrar, ou melhor, a "refazer" todas as fases evolutivas por que haja passado desde seu ingresso na fase animal.

____Começa como célula simples (protozoário unicelular = óvulo) e se vai desenvolvendo na mesma ordem sucessiva que há seguido durante milhões e milhões de anos. Logicamente sua evolução foi aquática, e por isso ele a revive mergulhado no líquido amniótico.

____Mas essa revivescência, embora nos pareça lenta, é relativamente relampejante: o espírito revive em cada segundo de vida intra-uterina, milênios de vidas remotas, enquanto atravessava as fases animais, sem fixar, no entanto, exatamente as diversas formas da espécie. (Ver: Evolucionismo)

____Na fase correspondente à sua entrada na família dos sáurios, surge no feto o "olho pineal", como fase inicial da futura glândula_do_mesmo_nome, e que lhe assinala a caracterização como individualidade personificada.

____Terminada a "revisão" de toda a sua evolução animal, a criança rompe as barreiras da animalidade pura e passa ao estado hominal: nesse ponto preciso ocorre o nascimento.

____Surge o novo Adão (ADAM = homem) que é "expulso do paraíso" da irresponsabilidade animal e começa a ter que "comer o pão com o suor de seu rosto": respiração e alimentação não são mais "aproveitadas" da mãe. A criança é que tem que "esforçar-se" por si mesma. Vimos que, quando no estágio animal, o espírito era ainda irresponsável, agindo em perfeita harmonia com a Mente Cósmica Universal, porque o intelecto não intervinha para atrapalhar. Na "revisão" dessa fase, o feto vive em perfeita simbiose com a mãe, da qual tira tudo.

____"Expulso desse paraíso" animal, o recém-nascido chega ao reino hominal. Mas ainda não ao estado atual de "homo sapiens": vai antes reviver todo o desenvolvimento, desde o plano de homóide, ao homúnculo, ao "pithecânthropus erectus" (quando passa do engatinhar ao caminhar erecto), até chegar ao "homo sapiens" e às últimas vivências na Terra.

____Quando atinge os sete anos, mais ou menos - a idade da razão - é que, então, recordada toda a escala evolutiva, o espírito penetra integralmente o novo corpo e inicia a nova jornada que se lhe abre ante o horizonte. Até então, o espírito permanece fora do corpo, comandando através do "cordão de prata" todo o desenvolvimento de seu veículo físico. Por esse motivo é que a criança manifesta as características de primitivismo:

____Uma comprovação de tudo isso é o que se passa com espíritos mais evoluídos.

____Realmente, quanto mais adiantado o espírito na escala, mais rapidamente percorre as etapas anteriores. E se, em suas recentes vivências na Terra esses espíritos revelaram desenvolvimento de genialidade em qualquer ramo, aparecem as "crianças-prodígio", revivescência clara da última ou das últimas encarnações. Daí verificarmos que esses "prodígios" se revelam sempre antes do uso da razão.

____Ao atingirem essa idade, em que se inicia a fase "atual", pode o espírito fazer florescer e progredir suas qualidades, e até desenvolvê-las mais ainda. No entanto, pode dar-se que a atual existência não apresente possibilidades de evolução maior. E vemos que, com frequência, a criança prodígio não atinge, em sua vida posterior, o que dela se esperava: não conseguiu adiantar-se com o mesmo ritmo.

____E na idade madura é pessoa "comum". Quebrou o ritmo ascensional, quer por cansaço, quer por falta de ambiente propício, quer por motivos cármicos. Não houve, porém, regresso, mas diminuição ou afrouxamento ("rallentissement") na caminhada.

____Compreendendo assim as coisas, descobrimos que a vida de Jesus em Sua última romagem terrena, foi o modelo que teremos que seguir, no estado posterior de "Filhos do Homem", verdade que já foi revelada por Paulo ao Efésios (4:13) "até que TODOS CHEGUEMOS à plenitude da estatura de Cristo".

[67 - Volume 1 página 86 ]

Ver também:
*