Regressão espírita
página acima

-
Crianças e Adolescentes
DESAPARECIDOS
*

____Enquanto a regressão de memória em sessões espíritas está apenas na esfera do animismo, o problema não é tão grave.

____Os riscos tornam-se mais evidentes, geralmente com agravamento de sintomas e desencadeamento de outros processos psicopatológicos até então reprimidos, quando no centro espírita surgem situações como regressões de memória aplicadas por pessoas despreparadas, fazendo uso indevido desta técnica, cometendo abusos absurdos que vão desde a exploração da credulidade, através de sensacionalismo e práticas enganosas, até a ativação de núcleos neuróticos, provocando inclusive agravamento de sintomas; regressões aplicadas por pessoas desinformadas do embasamento, indicações e contra-indicações desta terapia, que, como tal, deve ser aplicada somente em consultórios de psicólogos e médicos muito bem treinados nesta abordagem; " regressões" aplicadas por médiuns ou frequentadores de algumas casas espíritas, comunicando informações "captadas dos espíritos sob supostas vidas passadas", alimentando curiosidades fantasiosas de seus frequentadores, ou levando-os a desequilíbrios de natureza diversa.

____A TRVP é vivencial e não informativa nem interpretativa; " regressões" praticadas para satisfazer curiosidades fúteis e proposta como "fórmula mágica" para solução geral de problemas; regressões aplicadas coletivamente, nas quais algumas pessoas deixam emergir uma experiência traumática, que sem o auxílio e a orientação de um terapeuta experiente pode ser prejudicial ao cliente.

Maria Júlia Prieto Peres

Revista de Espiritismo nr. 31 - Abril/JunhoOutubro 1996http://www.espirito.org.br/portal/artigos/fep/intercorrencias-mediunicas.html

Ver também:

*