Mundos transitórios
página acima

-
Crianças e Adolescentes
DESAPARECIDOS
*

____Há mundos particularmente destinados aos seres_errantes, mundos que lhes podem servir de habitação temporária, espécies de bivaques, de campos onde descansem de uma demasiado longa erraticidade, estado este sempre um tanto penoso. São, entre os outros mundos, posições intermédias, graduadas de acordo com a natureza dos Espíritos que a elas podem ter acesso e onde eles gozam de maior ou menor bem-estar. Estes Espíritos podem deixá-los livremente, a fim de irem para onde devam ir. Figurai-os como bandos de aves que pousam numa ilha, para aí aguardarem que se lhes refaçam as forças, a fim de seguirem seu destino.

[9a - página 157 questão 234]

Enquanto permanecem nos mundos transitórios, os Espíritos progridem. Os que vão a tais mundos levam o objetivo de se instruírem e de poderem mais facilmente obter permissão para passar a outros lugares melhores e chegar à perfeição que os eleitos atingem.

[9a - página 158 questão 235]

____
____Pela sua natureza especial, os mundos transitórios não se conservam perpetuamente destinados aos Espíritos_errantes, a condição deles é meramente temporária. A superfície neles é transitoriamente estéril. Os que os habitam de nada precisam. Portanto, esses mundos não são, ao mesmo tempo, habitados por seres corpóreos. Nesses mundos a Natureza reflete as belezas da imensidade, que não são menos admiráveis do que aquilo a que damos o nome de belezas naturais.

[9a - página 158 questão 236]

Ver também:
*