página acima: Após a morte
Trabalho após a morte
-
Crianças e Adolescentes
DESAPARECIDOS
*

____Além da morte, a alma continua naquilo que começou a fazer na existência física.
____E em razão de cada criatura transportar consigo a experiência a que se afeiçoa, a Sabedoria Divina concede a cada espírito encarnado determinada tarefa, que, na essência, vale por ensaio precioso, à frente do serviço que lhe competirá no amanhã eterno.
____Vemos, na Terra, diversificar-se o trabalho ao .......

  • Esse ensina.
  • Aquele dirige.
  • Aquele outro obedece.
  • Aqui, possuímos quem edifique.
  • Além, há quem cure.
  • Adiante, há quem esclareça.

____Entretanto, ...

  • se o professor apenas faz jus à remuneração financeira, não terá conquistado o santuário da educação.
  • Se o dirigente foge à exemplificação e à nobreza íntima, não terá conhecido a verdadeira autoridade.
  • Se o cooperador subalterno menoscaba a atenção para com o bem comum, viverá muito longe do prazer de servir.
  • Se quem levanta paredes e monumentos cinge-se apenas ao interesse particular, não terá percebido a beleza da construção.
  • Se quem alivia as dores humanas procura simplesmente o lucro fácil, decerto desconhecerá o divino templo da cura.
  • E se quem esclarece foge ao devotamento e à serenidade, preferindo localizar-se entre a exigência e a aspereza, não acenderá no caminho a luz do amor.

____Não olvides que as tuas atividades, fora do corpo denso serão sempre a continuação daquilo que fazes por dentro de ti, obedecendo ao próprio coração.
____Não basta erguer braços ágeis, deitar fraseologia preciosa ou provocar excessivo movimento em torno de teus dias, porque há muitas mãos operosas na extensão da sombra, muito verbo faustoso na exploração menos digna e muito ruído vão, provocando, onde existe, tão-somente amargura e cansaço.
____Ama o serviço que o Senhor te confiou, por mais humilde que seja, e oferece-lhe as tuas melhores forças, porquê do que hoje fazes bem, no proveito de todos, retirarás amanhã o justo alimento, para a obra que te erguerá do insignificante esforço terrestre para o trabalho espiritual.

[120 - página 65] - EMMANUEL Quem passa pela sepulturaprossegue trabalhando e, aqui quanto aí, só existe desordem para o desordeiro.

Na crosta da terra ou além de seus círculos, permanecemos vivos invariavelmente.

EMMANUEL - (Pão Nosso) [55 - página 164]

Na Terra, não formulamos ideia do volume de obrigações que nos espera depois da morte...

[73 - página 231] - André Luiz

____A vida no Além é também atividade, trabalho , luta, movimento. Se as almas estão menos submetidas ao cansaço, não combatem menos pelo seu aperfeiçoamento.

____A lei_das_afinidades a tudo preside, entre os seres despidos dos indumentos_carnais, e, liberto o Espírito dos laços que o agrilhoavam à matéria, recebe o apelo de quantos se afinam pelas suas preferências e inclinações.

[71 - página 73] - EMMANUEL - 1938

Não te esqueças de que os desencarnados não são magos, nem adivinhos. São irmãos que continuam na luta de aprimoramento.

EMMANUEL - (Pão Nosso) [55 - página 166]

____Metamorfoseada, pois, não obstante o fenômeno da desencarnação, a personalidade humana continua, além-túmulo, o estágio educativo que iniciou no berço, sem perder a própria identidade, somando consigo as experiências da vida carnal, da desencarnação e da metamorfose no plano extrafísico. Perceberemos, desse modo, que a existência da criatura, na reencarnação, substancializa-se não apenas na Terra, onde atende à plantação dos sentimentos, palavras, atitudes e ações com que se caracteriza, mas também no Mundo_Espiritual, onde incorpora a si mesma a colheita da sementeira praticada no campo físico, pelo desdobramento do aprendizado com que entesoura as experiências necessárias à sublime ascensão a que se destina.


André Luiz(Uberaba-MG, 5 de Março de 1958) [56 - página 84]

(Ver: Intermissão (Erraticidade))

____Depois da morte do corpo, ...

  • as criaturas efetivamente santificadas encontram as mais altas quotas de serviço, na expansão da luz ou da caridade, do conhecimento ou da virtude, de que se fizeram a fonte viva de inspiração, quando no aprendizado humano.
  • O céu beatífico e estanque existe apenas na mente ociosa daqueles que pretendem progresso sem trabalho e paz sem esforço.

____Tudo é criação, beleza, aprimoramento, alegria e luz incessantes na obra de Deus, a expressar-se, divina e infinita, através daqueles que se elevam para o Infinito Amor. Assim pois, o coração que deixe na Terra uma sementeira de e abnegação passa a nutrir, do plano_espiritual, a lavoura das ideias e dos exemplos que legou aos irmãos de luta evolutiva, lavoura essa que se expande naqueles que lhe continuam o ministério sagrado, crescendo, assim, em trabalho e influência para o bem, no setor de ação_iluminativa_e_santificante que o Senhor lhe confia.

[83 - página 159] - André Luiz

*