Mediunidade - Sensações estranhas
página acima

-
Crianças e Adolescentes
DESAPARECIDOS
*

____É comum ouvir pessoas dizerem que sentem calafrios, um mal estar generalizado, vontade de chorar sem motivo, perturbações inexplicáveis e mesmo que ouvem vozes, tem visões que não compreendem. Procuram médicos e não encontram explicações, fazem exames que nada indicam e vivem em buscam de orientações com pessoas e lugares que mais confundem que esclarecem.
Aí surge a clássica pergunta: isso é mediunidade? Ou também aparece a afirmativa, trazida por informação precipitada, que a pessoa precisa desenvolver a mediunidade.
____Ora, vamos por partes. Mediunidade é uma disposição orgânica, sem exclusividade para religião, idade, sexo e mesmo postura moral ou intelectual. Ela é uma faculdade neutra e permite o intercâmbio ou sintonia com os espíritos, ou seja, pessoas que já deixaram o planeta pelo fenômeno biológico da morte.
Tais sintomas podem sim significar o desabrochar da faculdade mediúnica. Porém, não se pode nem se deve generalizar. Muitas daquelas sensações podem ser provenientes do estado emocional da pessoa, de conflitos familiares, de distúrbios psicológicos e até mesmo, é claro, podem provir de enfermidades físicas mesmo não detectadas pelo profissional ou tratamento utilizado. Como também pode ser uma sensação absolutamente transitória de diversas origens e que o tempo resolve.
____Esgotadas as possibilidades e permanecendo os sintomas, aí sim é viável estudar a questão e verificar a hipótese de sensibilidade mediúnica. Isto se faz pela observação, pelo estudo, pelo conhecimento da questão. E desenvolver a mediunidade nada mais é que educar o seu uso para que seja utilizada com equilíbrio e retidão moral.
Para esclarecer-se sobre o assunto busque pessoas de reconhecida idoneidade, grupos sérios e confiáveis. E não tema. Não há nada de errado. Um estudo atento dos sintomas e sua freqüência, o exercício acompanhado por pessoas sérias e particularmente a perseverança, confiança em Deus e seriedade da pessoa envolvida levarão a determinar o que realmente ocorre.
Diante, porém, de enfermidades diagnosticadas, nunca dispense o tratamento médico. Cada coisa em seu lugar. Mediunidade não é enfermidade, é oportunidade de auxílio ao próximo. Havendo enfermidade, porém, procure o médico.

Orson Peter Carrara

http://www.panoramaespirita.com.br/colunas/orson_peter/sensacoes_estranhos.html

*