"Quinto elemento" - Quintessênia do universo - Segunda parte
página acima

-
Crianças e Adolescentes
DESAPARECIDOS
*

QUINTESSÊNCIA DO UNIVERSO

(2ª parte) SÉRGIO THIESEN- Revista REFORMADOR Agosto de 2002

____Depois de um século de vigorosos debates os cientistas alcançaram um largo conselho em torno da história básica do Universo. Tudo começou com gás e radiação a temperaturas extremamente elevadas e com densidade inimaginavelmente alta. Durante 15 bilhões de anos, desde então, ele se tem expandido e se esfriado. Galáxias e outras complexas estruturas cresceram desde sementes microscópicas, chamadas flutuações quânticas, que se expandiram para as dimensões cósmicas, através de um breve per de inflação.

____Nós também aprendemos que somente uma pequena fração de matéria do Universo é composta dos elementos químicos normais da nossa experiência do dia os da chamada tabela_periódica. A maioria consiste da chamada matéria_escura, principalmente partículas elementares exóticas que não interagem com a luz. Há evidências crescentes de que uma grande parte da matéria que compõe o Universo não é aquela que as estrelas e as galáxias conhecidas poderiam justificar, somando-se todo o Universo detectável por todos os instrumentos conhecidos, incluindo os mais modernos telescópios e as sondas mais sofisticadas, que viajaram a incomensuráveis distâncias. A partir de 50 anos de observações dos movimentos de galáxias e da expansão do Universo, a maioria dos astrônomos acredita que 90% da matéria que constitui o Universo são de objetos ou partículas que não podem ser detectadas pelos inúmeros instrumentos que vêm observando, a partir da Terra e do espaço, o Cosmo. Matéria escura é, pois, matéria. Esta matéria é chamada escura porque não irradia, não oferece nada que seja detectado no espectro eletromagnético, como tudo o mais que já é conhecido. Ou pelo menos, não irradia na dimensão que habitamos quando encarnados, acrescentaríamos. Físicos e astrônomos tentam explicar esta matéria escura. Poderia tratar material comum como estrelas ultrafracas, grandes ou pequenos buracos_negros, gás frio ou poeira cósmica espalhada pelo Universo. Mas podem ser partículas "exóticas" que não sabemos como observar ou mundos e estruturas materiais tão sutis e de composição não definida.

____Muitos mistérios ainda permanecem, mas, pelo menos, já temos uma ideia do panorama geral.

____No entanto, nos últimos cinco anos, observações têm convencido os cosmologistas os estudiosos, em geral físicos, que se dedicam ao estudo da evolução e das propriedade físicas do Universo – que os elementos químicos conhecidos e a matéria escura combinados são responsáveis por muito menos do que a metade do conteúdo geral do Universo.

____A maior parte é composta da "energia_escura", que é onipresente e possui estranha e curiosa característica: sua gravidade não atrai, repele. Enquanto a gravidade atrai os elementos químicos e a matéria escura para as estrelas e galáxias, a gravidade empurra a energia escura, mantendo-a como uma névoa fina uniforme, que permeia todo o espaço. O Universo é como um campo de batalha entre as duas tendências e a de gravidade repulsiva está ganhando.

____Ela está gradualmente sobrepujando a força atrativa da matéria ordinária, cada a aceleração do Universo em índices cada vez maiores de expansão e talvez levando a uma nova fase inflacionária e um futuro totalmente diferente para ele do que a maioria dos cosmologistas divisava uma década atrás.

____Até recentemente os cosmologistas se concentraram em provar a existência da energia escura. Convencidos de sua existência, estão agora voltando sua atenção para um problema mais profundo: de_onde_vem_esta_energia? E a melhor possibilidade conhecida é que ela seja inerente à fábrica do espaço. Mesmo se um volume de espaço fosse literalmente vazio, sem nada de matéria ou radiação, ele ainda conteria essa energia. Tal energia é uma noção venerável que remonta a Albert Einstein e sua tentativa, em 1917, de construir um modelo estático do Universo. Como muitos outros importantes cientistas ao longo dos últimos séculos, incluindo Isaac Newton, Einstein acreditava que o Universo era imutável, não se contraindo ou se expandindo.

____Para a teoria geral da relatividade ele teve que introduzir a energia do vácuo ou, na sua terminologia, uma constante cosmológica. Ele ajustou o valor da constante de tal maneira que a repulsão gravitacional iria exatamente contrabalançar a atração gravitacional da matéria.

____Mais tarde, quando os astrônomos estabeleceram que o Universo está em expansão, Albert Einstein desculpou-se pelo seu delicado artifício, tido por ele como seu erro mais tolo. Mas ele foi apressado na sua auto-avaliação, pois, se a constante cosmológica tivesse um valor levemente superior do que Einstein propôs, aquela repulsão iria exceder a atração da matéria, e a expansão cósmica seria acelerada, como, de fato, é.

____Muitos cosmologistas, no entanto, estão agora lidando com uma nova ideia, conhecida como quintessência. O significado da palavra é o "quinto elemento", uma alusão à filosofia da Grécia antiga, que sugeria que o Universo é composto de terra, ar, fogo, água e mais uma substância efêmera que evitaria que a lua e os planetas caíssempara o centro da esfera celeste. Há quatro anos, Robert R. Caldwell e seus colegas da Universidade da Pensilvânia, nos EUA, reintroduziram o termo para se referirem a um campo quântico dinâmico semelhante a um campo elétrico ou magnético, mas um campo que a gravidade repele.

____Ao contrário da energia do vácuo, que é completamente inerte e que mantém a mesma densidade por todo o tempo da evolução do Universo, a quintessência interage com a matéria e evolui com o tempo de tal maneira que poderia ajustar-se para alcançar um valor que se coadune com a situação observada atualmente. Isto porque a realidade no início, quando da formação das estrelas e galáxias, é muito diferente da de agora. E uma teoria deve ser capaz de explicar tanto os fatos e circunstâncias do início como as atuais e as do futuro do Universo.

____Distinguir entre essas duas opções é criticamente importante para a Física. Físicos de partículas (estudiosos das partículas elementares que constituem a Natureza) dependem dos aceleradores de altas energias para descobrirem novas formas de energia e matéria. Agora o Cosmo revelou um tipo imprevisto de energia, a energia escura, tão finamente espalhada e tão fracamente capaz de interagir, que os aceleradores não poderiam verificá-la. Se ela é inerte ou dinâmica pode ser crucial para se desenvolver uma teoria fundamental da Natureza. A questão da energia escura tem sido elaborada passo a passo por aproximadamente uma década.

____Uma conclusão inequívoca foi que a massa total dos elementos químicos e da matéria escura seria responsável por somente um terço da quantidade que a maio físicos teóricos esperavam – a chamada densidade crítica.

____Na teoria quântica, processos físicos podem ser descritos ou em termos de campos ou de partículas. Mas a quintessência possui uma densidade de energia muito baixa e varia tão gradualmente, que uma partícula de quintessência seria muito leve e ao mesmo tempo muito grande, do tamanho de um conglomerado de galáxias. De modo que a

descrição de campo é mais útil. Conceitualmente, um campo é uma distribuição contínua de energia e que determina que, a cada ponto do espaço, há um valor conhecido de intensidade deste campo. A energia referente ao campo tem um componente cinético (de movimento) que depende da variação temporal da intensidade do campo, e um componente potencial que depende somente do valor da intensidade do campo. À medida que o campo muda, o equilíbrio entre a energia potencial e a cinética modifica-se.

____ Dizer que a quintessência é um campo é justamente o primeiro passo para explicá-la. De onde vem este estranho campo? Os físicos de partículas têm explicações para fenômenos desde a estrutura do átomo à origem da massa, mas quintessência é alguma coisa de que não se sabe a origem. Uma possibilidade exótica é que a quintessência tem a ver com a Física de dimensões extras. Nas últimas décadas, físicos teóricos têm explorado a teoria_das_cordas, que pode combinar a teoria geral da relatividade e a mecânica quântica numa unificação ou teoria unificada das forças fundamentais da Natureza. Um aspecto importante dos modelos de cordas é que ele prevê 10 dimensões. Quatro deles já nos são familiares: três são as espaciais, mais o tempo. As restantes seis dimensões estão como que ocultas. Numa extensão da teoria das cordas, conhecida como teoria M, teríamos uma 11ª dimensão. Somos incapazes de ver as dimensões extras, mas, se elas existem, nós devemos ser capazes de percebê-las indiretamente.

____Nesta década, a primeira do novo milênio, o interesse da cosmologia será pela verificação de provas da existência da quintessência, o que poderá esclarecer a chamada energia_escura, o maior componente da energia do Universo. Ela possui conseqüências observáveis. Medidas mais precisas da aceleração de estrelas supernovas poderão separar entre a energia do vácuo e a quintessência. Astrônomos estão propondo novos observatórios, um orbital e outro em Terra, para tentar resolver a questão.

____Vale lembrar que, se a aceleração do Universo é causada pela energia do vácuo, então a história cósmica está completa: os planetas, as estrelas e galáxias que nós vemos hoje são como o auge da evolução cósmica. Mas, se a aceleração é causada pela quintessência, a evolução cósmica e o "zênite" ainda estão para ser descritos.

____ Em artigo publicado em Reformador de agosto de 1999, fazíamos uma analogia entre as revelações dos Espíritos a Kardec e à Humanidade em O Livro dos Espíritos e a Física moderna, quanto à constituição do Universo. Considerávamos a relação entre fluido e campo, este último descrevendo um dos principais constitutivos do Universo. O campo quintessencial, ora considerado pela Ciência, guarda, a nosso ver, uma memorável identidade ou, ao menos, proximidade com o fluido_cósmico_universal, ou o campo primordial.

____A ciência humana foi, é e será sempre necessária e valiosa ferramenta do progresso, tarefeira divina a serviço da evolução dos Espíritos, vanguardeira valorosa no combate às trevas da ignorância, para nelas acender as luzes cada vez mais brilhantes do conhecimento, a caminho da verdade.

____Admirável e digna de apreço é toda essa aplicação da quintessência, também dessas mentes extraordinárias que trabalham em favor de toda a Humanidade, ao preço de grandes cansaços e renúncias desconhecidas, sobrepondo o primado da inteligência realizadora e do maravilhoso poder da intuição que nasce da fé aos dos seus próprios interesses pessoais e alçando a alma aos cimos sublimes das esferas resplendentes em sua marcha para Deus.

____Roguemos ao Eterno Pai nos possibilite o descortinar mais amplo das realidades da Criação, na medida em que nos habilitamos, através do amor e da simplicidade, do trabalho e da perseverança no bem, ao acesso às regiões definitivas e ainda insondáveis do multiverso físico e moral que nos aguarda para além da maioridade espiritual.

Revista REFORMADOR Setembro de 2002

Ver também:
*