página acima: Relativo às religiões

____Ver: Conteúdo do site

Ressurreição dos mortos
-
Crianças e Adolescentes
DESAPARECIDOS
*

Mateus 22:23-33

23. Naquele dia chegaram a ele uns saduceus, dizendo não haver ressurreição, e perguntaram-lhe,

24. dizendo: Mestre, Moisés disse: Se alguém morrer, não tendo filhos, o irmão dele casará com a mulher dele e ressuscitará a semente de seu irmão.

25. Ora, havia sete irmãos, entre nós, e o primeiro, casado, morreu, não tendo semente, e deixou a mulher dele a seu irmão.

26. Igualmente o segundo e o terceiro, até o sétimo.

27. Depois de todos, morreu a mulher.

28. Na ressurreição, pois, de qual dos sete será a mulher? Pois todos a tiveram.

29. Respondendo, porém, Jesus disse-lhes: "Enganai-vos, não sabendo as Escrituras nem a força de Deus,

30. pois na ressurreição nem se casam nem se dão em casamento, mas são como os anjos no céu.

31. Quanto, porém, à ressurreição dos mortos, não lestes o dito pelo Deus a vós, dizendo:

32. Eu sou o Deus de Abraão, e o Deus de Isaac, e o Deus de Jacó? Não é o Deus de mortos, mas de vivos".

33. E ouvindo, as multidões maravilhavam-se acerca do ensino dele.

Marcos 12:18-27

18. E chegaram uns saduceus a ele, os quais dizem não haver ressurreição, e perguntaram-lhe, dizendo:

19. Mestre, Moisés escreveu-nos que se algum irmão morrer e deixar mulher e não deixar filho, que o irmão dele tome a mulher e suscite uma semente para seu irmão

20. Havia sete irmãos; e o primeiro tomou mulher e, morrendo, não deixou semente.

21. E o segundo tomou-a e morreu e não deixou semente; e o terceiro igualmente.

22. E os sete não deixaram semente. Por último de todos também a mulher morreu.

23. Na ressurreição, de qual deles será a mulher? Pois os sete a tiveram como mulher.

24. Disse-lhes Jesus: "Não é por isso que vos enganais, não sabendo as Escrituras nem a força de Deus?

25. Pois quando ressuscitarem dos mortos, nem se casarão nem se darão em casamento, mas são como anjos nos céus.

26. Mas quanto aos mortos que se reerguem, não lestes no livro de Moisés, na sarça, como lhe disse Deus: Eu sou o Deus de Abraão, o Deus de Isaac, o Deus de Jacó?

27. Não é um Deus de mortos, mas de vivos: muito vos enganais". Deus de Abraão, e Deus de Isaac, e Deus de Jacó.

Lucas 20:27-39

27. Chegando, porém, alguns dos saduceus, que negavam haver ressurreição, perguntaram-lhe,

28. dizendo: Mestre, Moisés nos escreveu: se algum irmão morrer tendo mulher e esse seja sem filho, que o irmão dele tome a mulher e suscite a semente a seu irmão.

29. Havia, pois, sete irmãos, e o primeiro tomou mulher e morreu sem filho,

30. e o segundo

31. e o terceiro tomaram-na, e igualmente os sete não deixaram filhos e morreram.

32. Por último também a mulher morreu.

33. Na ressurreição, pois, a mulher de qual deles se tornará esposa? Pois os sete a tiveram como mulher.

34. E disse-lhe Jesus: "Os filhos deste eon casam-se e dão-se em casamento,

35. mas os dignos de participar daquele eon e da ressurreição dos mortos, nem se casam nem se dão em casamento,

36. pois já nem podem morrer, pois são quais anjos e são filhos de Deus, sendo filhos da ressurreição.

37. Que os mortos se reerguem, também Moisés revelou na sarça, como disse: O senhor

38. Deus, contudo, não é de mortos, mas de vivos, pois, para ele, todos vivem".

39. Respondendo, porém, alguns dos escribas disseram: Mestre, falaste bem!

[67 Volume 7 página 39 ]

____A questão proposta ao Rabi_Nazareno era, provavelmente, velha objeção jamais solucionada, e argumento irrespondível, quando apresentado aos fariseus e doutores para combater a " ressurreição".

____Strack e Billerbeck (o.c. t.3, página 650) cita o Tratado Jebannoth (4, 6b, 35) que traz um desses "casos": eram treze irmãos, sendo doze casados, mas todos estes morrem sem filhos; o décimo terceiro recebe as doze viúvas e fica, com cada uma, um mês do ano; após três anos, está com trinta e seis filhos. Eram "casos" que visavam a demonstrar o "absurdo" da ressurreição.

____Os casos citados prendem-se à chamada "Lei do Levirato" (Núm.25:1-10): "Se irmãos moram juntos e um deles morrer e não tiver filhos, a mulher do defunto não se casará com gente estranha, de fora; mas o irmão de seu marido estará com ela, recebê-la-á como mulher fará a obrigação de um cunhado, com ela". O adultério só existia para as mulheres.

____A questão foi proposta, e a resposta aguardada ansiosamente.

____Sem alterar-se, diz-lhes Jesus que "não conhecem as Escrituras, pois quando os espíritos se erguem (ressurgem) abandonando os corpos cadaverizados, são COMO os anjos do céu: nem (os homens) se casam, nem (as mulheres) se dão em casamento". Essa resposta, porém, constituía uma afirmativa teórica, que podia ser aceita ou recusada de plano.

____Sabendo disso, Jesus traz um argumento irrespondível, citando exatamente uma frase do Êxodo (3:6), pois os saduceus só aceitavam o Pentateuco como divinamente inspirado. Aí se encontra a palavra de YHWH: "Eu sou o deus de Abraão, o deus de Isaac, o deus de Jacob". Ora, os três já haviam morrido, para a Terra. No entanto, YHWH - afirma Jesus de acordo com a crença dos fariseus - não é um deus de mortos, mas de vivos.

____A resposta foi tão inesperada e tão fantasticamente irretrucável, que os próprios escribas não puderam conter-se e elogiaram de público o adversário: "Mestre, falaste bem"! Em Lucas há dois pormenores que chamam a atenção: "os filhos deste eon casam-se ... mas os dignos de participar daquele eon e da ressurreição dos mortos, não; pois nem mais podem morrer, sendo QUAIS anjos, filhos de Deus, já que são filhos da ressurreição".

____O outro: "Não é Deus de mortos, mas de vivos, pois para ele, todos vivem".

____Aprendamos, primeiramente, a lição que nos é dada a respeito do reerguimento do espírito, após abandonar à terra seu corpo imprestável, na chamada " ressurreição dos mortos" (anástasis ek tõn nekrõn). Note-se, de passagem, que jamais fala o Novo_Testamento em ressurreição_DA_CARNE invenção muito posterior; só fala em ressurreição "dos mortos", valendo esse DOS como ponto de partida, ablativo (em inglês from).

____A distinção é feita com a palavra eon (aiôn), opondo-se este eon, ao que vem após, aquele eon: dois estágios da mesma vida contínua, eterna, indestrutível. Neste eon, mergulhados na matéria, há necessidade do uso de uniões sexuais para que se propague a humanidade, evitando o desaparecimento da espécie humana. Imperativo biológico, imposto pela natureza a todos os seres.

____No entanto, alguns são dignos de participar daquele eon e da ressurreição dos mortos. Se só alguns são dignos, isto quer dizer quem nem todos o são, e por isso, nem todos ressurgem. Como seria isso? Sabemos que a grande massa de catalogados como pertencentes à espécie hominal, na realidade ainda não atingiu plenamente esse estágio, pois se acha pouco acima da escala animal não racionalizada.

____São seres recém-saídos do reino animal, que "ainda não têm espírito" (Jud. 19), isto é, que ainda não tomaram consciência de serem espíritos, mas se julgam somente "o corpo".

____ estes, quando perdem esse corpo e o largam no chão da terra, permanecem adormecidos, (como os bichos), com vaga percepção de que existem, mas incapazes de pensar. Apenas "sentem" sensações (etérico) e emoções (astral).

____O intelecto não está ainda firmado independentemente. Por isso, vão e voltam de seguida, automaticamente, para reaver outro corpo, para o qual se sentem irresistivelmente atraídos. Isso ocorre com os animais já individualizados e com os seres humanos ainda animalizados, que constituem a imensa maioria da massa terrestre. Ainda "não são dignos", por incapacidade intelectiva à evolutiva de verdadeiramente ressurgir, ou seja, de fora da matéria poderem levar vida independente, livre e consciente.

____Não se trata, pois somente de dignidade_moral, mas de capacidade_evolutiva (kataxiôthéntes, de ka-tarióô, "julgo alguém digno de algo"). Ninguém pode ser digno de receber alguma coisa que não entenda.

____Dessa forma não chegam a viver no plano astral: apenas vegetam, aguardando o novo e inevitável mergulho na matéria densa. E não "vivem" mas continuam "mortos": então, não ressurgiram dos mortos! Incapacidade por atraso, por involução. Não são dignos por não terem aquele mínimo grau de evolução necessária.

____Aqueles, todavia, que já alcançaram um grau evolutivo que os faça perceber seu novo estado no mundo astral; aqueles que despertam fora do corpo, consciente de si, e portanto vivem "naquele eon", esses "são dignos de ressuscitar": afastam-se, de fato, de seus cadáveres que debaixo da terra apodrecem, erguem-se (egeírô) realmente do meio dos outros "mortos", e penetram na vida_espiritual semelhante à dos mensageiros divinos. Sabem que são filhos de Deus. Sabem que são homens ressuscitados ("filhos da ressurreição"). Sabem que jamais morrerão: estão vendo que não existe a morte. Sabem que não há necessidade, para eles, nesse novo estado, de uniões_sexuais, e que todo amor é sentimento, mais que emoção. E sabem que o amor é a chave da vida. Preparam-se, então, para futuros encontros no planeta denso, para recomeçarem suas experiências de aprendizado ou de resgate.

____A propósito, encontramos um trecho de um livro ainda inédito do Professor Pietro_Ubaldi (cap. 16, "O Meu Caso Parapsicológico", da obra "Um Destino Seguindo Cristo"), que vem confirmar tudo isso.

____Escreveu ele: "Nos primitivos não desenvolvidos no supraconsciente, ativos apenas no plano físico, a vida é somente a corpórea e a morte dá a sensação da anulação final, e é, por isso, olhada com terror. Mas isso não quer dizer que eles não sobrevivam. Mas sobrevivem caindo na inconsciência ou ficando com a capacidade de pensar apenas no nível do subconsciente animal, o faz realmente sofrer essa sufocante diminuição vital, que é o que torna terrível a morte. Extinto o cérebro, que era a zona dentro da qual estava limitada toda a consciência que o indivíduo possuía, mentalmente é como se este fosse finito, mesmo que sobrevivam em seu subconsciente resíduos de reminiscências terrestres. Para tais indivíduos, a vida é a do corpo no plano físico, por isso temem perdê-la e, perdida, a procuram, reencar indivíduo que alcançou desenvolvimento mental e nível de consciência psicocêntrico mais avançado que o normal, a sobrevivência da personalidade, após_a_morte, advém sem nenhuma perda de consciência, em estado lúcido, sem a sensação da anulação e da morte".

____Então, enquanto lá vivem, todos se sentem irmãos, amando-se profunda, sincera e fraternalmente, sem exclusivismos nem ciúmes. Que importa se a mulher pertenceu corporalmente aos sete? Não é mais de nenhum, pois aquele corpo que foi possuído, não mais existe: filha da ressurreição, imortalizada no amor universal, semelhante aos angélicos mensageiros do plano astral, compreende que a união de corpos é totalmente superada quando se perdem esses corpos.

____O Mestre, entretanto, reforça sua lição, pois é preciso fixar categoricamente o princípio irrecusável da vida_após_a_morte. E o texto trazido para comprová-lo, jamais fora utilizado pelos rabinos com essa interpretação espiritual. Mas é taxativo.

____Quando Moisés, no Sinai, ouve a voz de seu espírito-guia, YHWH, (naquela época o espírito-guia era chamado "Deus", conforme vimos no vol. 5), ele deseja saber de quem se trata. E YHWH, sem zangar-se, identifica-se como sendo o mesmo espírito-guia "de teu pai (Amram), de Abraão, de Isaac e de Jacob". Não diz: "FUI o deus de" ... mas diz: "SOU o deus de" ... A diferença é sutil, mas filosoficamente importante: YHWH continua sendo o espírito-guia ou deus de Amram, de Abraão, de Isaac, e de Jacob. Então, eles continuam vivos! Quem se daria ao trabalho de querer guiar algo que deixou deexistir (morreu)? E o acréscimo de Lucas traz um impacto de grandiosidade magnificente e confortadora, numa das mais sublimes lições, que o Cristo jamais deu aos homens: "para Deus, todos vivem".

____Vejamos o original: pántes gàr autôi zôsin. Podemos interpretá-la de quatro maneiras diferentes:

  • a) "pois para ele (Deus) todos vivem (são vivos);
  • b) "pois todos vivem para ele (Deus)"
  • c) "pois todos vivem por ele (Deus)" - considerando-se o autôi como dativo de agente; embora só seja este usado, em geral, com verbos na voz passiva no perfeito ou no mais que perfeito ou com adjetivos.
  • d) "pois todos vivem nele (em Deus)" - caso em que teria que subentender-se a preposição em.

____Os dois primeiros significados são traduções literais, rigorosamente dentro da expressão original, sem nenhum desvio interpretativo; e como procuramos manter sempre o máximo de fidelidade ao original, usamos em nossa tradução o primeiro sentido, que é o mais fiel ao texto, inclusive quanto à ordem das palavras.

____Há que penetrar, portanto, o significado do texto tal como chegou até nós. E, sem a menor dúvida, para Deus, que é a Vida substante a todas as coisas e a todos os seres, tudo o que existe partilha de Sua Vida, e logicamente vive. A morte seria o aniquilamento, isto é, a não-existência, o nada. E sendo Deus TUDO, o nada não pode coexistir onde o Tudo impera: teríamos que imaginar "buracos vazios" no Todo.

____Então, o ensino é perfeito: "para Deus, todos vivem", não importa se revestidos de matéria pesada ou dela libertos em planos superiores de vibração. Este o sentido REAL da frase.

____É assim que, iluminada pela Luz, a humanidade pode entrever a grande REALIDADE e descobrir o rumo, estabelecer a rota, demarcar o roteiro, e seguir adiante, até atingir a meta: luzes ofuscantes que nos apresenta a Beleza Divina!

[67 Voluma 7 página 40 ]

____A ressurreição, palavra muito usada na Bíblia, era de sentido ambíguo para os Judeus, pois eles não sabiam direito se a ressurreição seria do espírito ou do corpo, embora prevalecesse mais o sentido da ressurreiçãodo espírito, enquanto que o Cristianismo optou para a ressurreiçãodo corpo, quando dele foi banida a reencarnação. Assim foi que, no Credo Católico, introduziu-se a expressão " creio na ressurreição da carne", ao invés de " creio na ressurreição do espírito", consoante o ensinamento e exegese bíblicos racionais e não dogmáticos, pois da Bíblia, no seu Novo Testamento, consta claramente que a ressurreiçãoé do espírito.

____Exemplifiquemos o que estamos dizendo com uma frase de São Paulo: "Há dois corpos, um natural e outro espiritual, e ressuscita o corpo espiritual" (1 Coríntios 15: 44).

____E quem criou a frase " creio na ressurreição da carne" foi o reencarnacionista Santo Atanásio, a qual faz parte do retocado Credo de sua autoria rezado nas missas, não sendo ela, pois, da Bíblia. Santo Atanásio deveria ter querido dizer, pois, " creio na ressurreiçãona carne", e não da carne. E poderia também ter querido expressar o seguinte: Creio na misericórdia de Deus, que fará ressuscitar para mim uma nova carne, um novo corpo carnal, para que eu possa continuar a minha evolução espiritual na minha peregrinação terrena.

http://www.ajornada.hpg.ig.com.br/colunistas/jrchaves/jrc-0001.htm
I CORINTIOS [15]

____1 Ora, eu vos lembro, irmãos, o evangelho que já vos anunciei; o qual também recebestes, e no qual perseverais,

____2 pelo qual também sois salvos, se é que o conservais tal como vo-lo anunciei; se não é que crestes em vão.

____3 Porque primeiramente vos entreguei o que também recebi: que Cristo morreu por nossos pecados, segundo as Escrituras;

____4 que foi sepultado; que foi ressuscitado ao terceiro dia, segundo as Escrituras;

____5 que apareceu a Cefas, e depois aos doze;

____6 depois apareceu a mais de quinhentos irmãos duma vez, dos quais vive ainda a maior parte, mas alguns já dormiram;

____7 depois apareceu a Tiago, então a todos os apóstolos;

____8 e por derradeiro de todos apareceu também a mim, como a um abortivo.

____9Pois eu sou o menor dos apóstolos, que nem sou digno de ser chamado apóstolo, porque persegui a igreja de Deus.

____10 Mas pela graça de Deus sou o que sou; e a sua graça para comigo não foi vã, antes trabalhei muito mais do que todos eles; todavia não eu, mas a graça de Deus que está comigo.

____11 Então, ou seja eu ou sejam eles, assim pregamos e assim crestes.

____12Ora, se prega que Cristo foi ressuscitado dentre os mortos, como dizem alguns entre vós que não há ressurreição de mortos?

____13 Mas se não há ressurreição de mortos, também Cristo não foi ressuscitado.

____14 E, se Cristo não foi ressuscitado, logo é vã a nossa pregação, e também é vã a vossa fé.

____15 E assim somos também considerados como falsas testemunhas de Deus que ele ressuscitou a Cristo, ao qual, porém, não ressuscitou, se, na verdade, os mortos não são ressuscitados.

____16Porque, se os mortos não são ressuscitados, também Cristo não foi ressuscitado.

____17 E, se Cristo não foi ressuscitado, é vã a vossa fé, e ainda estais nos vossos pecados.

____18 Logo, também os que dormiram em Cristo estão perdidos.

____19Se é só para esta vida que esperamos em Cristo, somos de todos os homens os mais dignos de lástima.

____20 Mas na realidade Cristo foi ressuscitado dentre os mortos, sendo ele as primícias dos que dormem.

____21 Porque, assim como por um homem veio a morte, também por um homem veio a ressurreição dos mortos.

____22 Pois como em Adão todos morrem, do mesmo modo em Cristo todos serão vivificados.

____23Cada um, porém, na sua ordem: Cristo as primícias, depois os que são de Cristo, na sua vinda.

____...

____31 Eu vos declaro, irmãos, pela glória que de vos tenho em Cristo Jesus nosso Senhor, que morro todos os dias.

____32 Se, como homem, combati em Éfeso com as feras, que me aproveita isso? Se os mortos não são ressuscitados, comamos e bebamos, porque amanhã morreremos.

____33Não vos enganeis. As más companhias corrompem os bons costumes.

____34 Acordai para a justiça e não pequeis mais; porque alguns ainda não têm conhecimento de Deus; digo-o para vergonha vossa.

____35 Mas alguém dirá: Como ressuscitam os mortos? e com que qualidade de corpo vêm?

____36 Insensato! o que tu semeias não é vivificado, se primeiro não morrer.

____37 E, quando semeias, não semeias o corpo que há de nascer, mas o simples grão, como o de trigo, ou o de outra qualquer semente.

____38 Mas Deus lhe dá um corpo como lhe aprouve, e a cada uma das sementes um corpo próprio.

____...

____51 Eis aqui vos digo um mistério: Nem todos dormiremos mas todos seremos transformados,

____52 num momento, num abrir e fechar de olhos, ao som da última trombeta; porque a trombeta soará, e os mortos serão ressuscitados incorruptíveis, e nós seremos transformados.

____53 Porque é necessário que isto que é corruptível se revista da incorruptibilidade e que isto que é mortal se revista da imortalidade.

____...

____58 Portanto, meus amados irmãos, sede firmes e constantes, sempre abundantes na obra do Senhor, sabendo que o vosso trabalho não é vão no Senhor.

____Segundo a célebre especialista Elaine Pagels, alguns ministros, teólogos e estudiosos começaram a contestar a ressurreição literal de Jesus, ressaltando a atração psicológica que ela exerce sobre as nossas esperanças e medos mais profundos. São Paulo admitia a ressurreição "material" de Jesus, entretanto, estes especialistas citados acima lembram que Paulo viu Jesus como espírito e não com o seu corpo carnal. Seus acompanhantes não viram ninguém, apenas "uma voz" (Testemunho da Verdade 45: - 48:18, in NHL. 117). Apesar de, a princípio, defender a materialidade da ressurreição, Paulo concluiu: "Digo-lhes, irmãos, a carne e o sangue não podem herdar o reino de Deus, nem a corrupção (i.e. o corpo mortal) herdar a incorruptibilidade". Entretanto diz Pagels: "A cristandade ortodoxa, ferrenhamente, continuou crendo na " Ressurreição da Carne".
____Os gnósticos acreditavam com o " Tratado da Ressurreição", que o Cristo ressurrecto sofrera uma Transfiguração, não seria um corpo de carne e sim um corpo "Transfigurado". Um mestre gnóstico no "Tratado da Ressurreição" de Nag-Hammadi define - "Não suponha que a ressurreição seja uma aparição (phantasia - fantasia), é algo real.http://www.jornalinfinito.com.br/materias.asp?cod=54

____LUCAS [24]

____13 Nesse mesmo dia, iam dois deles para uma aldeia chamada Emaús, que distava de Jerusalém sessenta estádios;

____14 e iam comentando entre si tudo aquilo que havia sucedido.

____15 Enquanto assim comentavam e discutiam, o próprio Jesus se aproximou, e ia com eles;

____16mas os olhos deles estavam como que fechados, de sorte que não o reconheceram.

____17 Então ele lhes perguntou: Que palavras são essas que, caminhando, trocais entre vós? Eles então pararam tristes.

____18 E um deles, chamado Cleopas, respondeu-lhe: És tu o único peregrino em Jerusalém que não soube das coisas que nela têm sucedido nestes dias?

____19 Ao que ele lhes perguntou: Quais? Disseram-lhe: As que dizem respeito a Jesus, o nazareno, que foi profeta, poderoso em obras e palavras diante de Deus e de todo o povo.

____20 e como os principais sacerdotes e as nossas autoridades e entregaram para ser condenado à morte, e o crucificaram.

____21 Ora, nós esperávamos que fosse ele quem havia de remir Israel; e, além de tudo isso, é já hoje o terceiro dia desde que essas coisas aconteceram.

____22 Verdade é, também, que algumas mulheres do nosso meio nos encheram de espanto; pois foram de madrugada ao sepulcro

____23 e, não achando o corpo dele voltaram, declarando que tinham tido uma visão de anjos que diziam estar ele vivo.

____24 Além disso, alguns dos que estavam conosco foram ao sepulcro, e acharam ser assim como as mulheres haviam dito; a ele, porém, não o viram.

____25 Então ele lhes disse: ó néscios, e tardos de coração para crerdes tudo o que os profetas disseram!

____26 Porventura não importa que o Cristo padecesse essas coisas e entrasse na sua glória?

____27 E, começando por Moisés, e por todos os profetas, explicou-lhes o que dele se achava em todas as Escrituras.

____28 Quando se aproximaram da aldeia para onde iam, ele fez como quem ia para mais longe.

____29 Eles, porém, o constrangeram, dizendo: Fica conosco; porque é tarde, e já declinou o dia. E entrou para ficar com eles.

____30 Estando com eles à mesa, tomou o pão e o abençoou; e, partindo-o, lho dava.

____31Abriram-se-lhes então os olhos, e o reconheceram; nisto ele desapareceu de diante deles.

____32 E disseram um para o outro: Porventura não se nos abrasava o coração, quando pelo caminho nos falava, e quando nos abria as Escrituras?

____33 E na mesma hora levantaram-se e voltaram para Jerusalém, e encontraram reunidos os onze e os que estavam com eles,

____34 os quais diziam: Realmente o Senhor ressurgiu, e apareceu a Simão.

____35 Então os dois contaram o que acontecera no caminho, e como se lhes fizera conhecer no partir do pão.

____36 Enquanto ainda falavam nisso, o próprio Jesus se apresentou no meio deles, e disse-lhes: Paz seja convosco.

____37Mas eles, espantados e atemorizados, pensavam que viam algum espírito.

____38 Ele, porém, lhes disse: Por que estais perturbados? e por que surgem dúvidas em vossos corações?

____39 Olhai as minhas mãos e os meus pés, que sou eu mesmo; apalpai-me e vede; porque um espírito não tem carne nem ossos, como percebeis que eu tenho.

____40 E, dizendo isso, mostrou-lhes as mãos e os pés.

____41 Não acreditando eles ainda por causa da alegria, e estando admirados, perguntou-lhes Jesus: Tendes aqui alguma coisa que comer?

____42 Então lhe deram um pedaço de peixe assado,

____43 o qual ele tomou e comeu diante deles.

____44 Depois lhe disse: São estas as palavras que vos falei, estando ainda convosco, que importava que se cumprisse tudo o que de mim estava escrito na Lei de Moisés, nos Profetas e nos Salmos.

____45 Então lhes abriu o entendimento para compreenderem as Escrituras;

____46 e disse-lhes: Assim está escrito que o Cristo padecesse, e ao terceiro dia ressurgisse dentre os mortos;

____47 e que em seu nome se pregasse o arrependimento para remissão dos pecados, a todas as nações, começando por Jerusalém.

____48 Vós sois testemunhas destas coisas.

____49 E eis que sobre vós envio a promessa de meu Pai; ficai porém, na cidade, até que do alto sejais revestidos de poder.

____50 Então os levou fora, até Betânia; e levantando as mãos, os abençoou.

____51E aconteceu que, enquanto os abençoava, apartou-se deles; e foi elevado ao céu.

____52 E, depois de o adorarem, voltaram com grande júbilo para Jerusalém;

____53 e estavam continuamente no templo, bendizendo a Deus.

  • Lucas e Marcos relatam a aparição de Jesus “de outra forma“ 9não na forma anterior, na Terra — a dois discípulos enquanto caminhavam na estrada para Emaús. Lucas diz que os discípulos, profundamente perturbados com a morte de Jesus, falaram com um estranho por várias horas. Convidaram-no para jantar; e quando ele sentou com eles para abençoar o pão, subitamente reconheceram nele Jesus. Nesse momento, “ ele ficou invisível diante deles”. 10
  • João conta, também, uma história bastante diferente pouco antes da história do “incrédulo Tomé”: Maria Madalena, chorando por Jesus junto ao túmulo, vê um homem a quem toma como jardineiro. Quando ele diz seu nome, ela reconhece a presença de Jesus — porém ele lhe ordena que não o toque. 11

____Se algumas das histórias do Novo_Testamento insistem na visão literal da ressurreição, outras se prestam a diferentes interpretações. É possível sugerir que determinadas pessoas, em momentos de grande estresse emocional, sentem, de repente, que experimentaram a presença de Jesus. A experiência de Paulo pode ser lida dessa maneira. Quando viajava na estrada de Damasco com intenção de prender cristãos, “subitamente uma luz vinda do céu o envolveu de claridade. Caiu por terra” ao ouvir a voz de Jesus repreendendo-o pela perseguição. 12

  • Uma versão da história diz: “Os homens que com ele viajavam detiveram-se, emudecidos de espanto, ouvindo a voz mas não vendo ninguém”; 13
  • Outra diz o contrário (segundo Lucas, Paulo disse: “os que estavam comigo viram a luz, mas não escutaram a voz de quem falava comigo”). 14

____O próprio Paulo, é claro, defendera posteriormente o ensinamento sobre a ressurreição como fundamental para a fé cristã. Embora sua discussão, com freqüência, seja interpretada como um argumento para a ressurreição do corpo, conclui com as palavras “digo-vos, irmãos: a carne e o sangue não podem herdar o Reino de Deus, nem o que está sujeito a perecer [ou seja, o corpo mortal] herdar o imperecível”. 15Paulo descreve a ressurreição como “um mistério”, 16a transformação da existência física na espiritual.

____Se os relatos do Novo Testamento podem apoiar uma variedade de interpretações, por que os cristãos ortodoxos, no século II, insistiram na visão literal da ressurreição e rejeitaram todas as outras como heréticas?

  • Sugiro que não seja possível responder a essa questão da forma adequada na medida em que consideramos a doutrina apenas pelo conteúdo religioso.
  • Mas, ao examinarmos o efeito prático, paradoxal, no movimento cristão, podemos ver como a doutrina_da_ressurreição_do_corpo também serve a uma função política essencial: legitima a autoridade de certos homens que reivindicam o exercício exclusivo da liderança sobre as igrejas como sucessores do apóstolo Pedro. Desde o século II, a doutrina serviu para validar a sucessão apostólica dos bispos; base, até hoje, da autoridade papal. Os cristãos_gnósticos, que interpretaram de outras formas a ressurreição, possuem uma demanda menor de autoridade: quando alegam ter prioridade sobre os ortodoxos, são denunciados como hereges.

____9 - Marcos 16:12; Lucas 24:13-32.

____10 - Lucas 24:31.

____11 - João 20:11-17.

____12 - Atos 9:3-4.

____13 - Ibid., 9:7

____14 - Ibid., 22:9.

____15 - I Coríntios 15:50

____16 - Ibid., 15:51-53

[84 - página 4]

____
____Meu Pai quer que vos ajudando mùtuamente, mortos e vivos, isto é, mortos segundo a carne, porquanto a morte não existe, vos socorrais e que a voz dos que já não existem ainda se faça ouvir, clamando-vos: Orai e crede! porque ...

  • a morte é a ressurreição,
  • e a vida, a prova escolhida, durante a qual vossas virtudes cultivadas devem crescer e se desenvolver como o cedro.

Jesus de Nazaré

[17b - Capítulo XXXI parágrafo IX]

O APOCALIPSE DE PEDRO(Ver: Apócrifos)

TERCEIRA VISÃO: A RESSURREIÇÃO

____E eu vi, aproximando-se de nós, um que parecia com Ele, exatamente com Aquele que estava sorridente sobre a árvore. Estava vestido do Espírito_Santo. Ele é o Salvador. E houve uma grande luz, inefável, que o envolveu, e uma multidão de anjos inefáveis e invisíveis que o louvavam. Quando eu olhei para ele, ele se manifestou glorificado. E me disse:

____Coragem! Na verdade, tu és aquele a quem foi dado conhecer estes mistérios, a saber, que aquele a quem crucificaram é o primogênito, e a_casa_dos_demônios e o recipiente de pedra, onde habitam os demônios, o homem de Elohim, o homem da cruz, aquele que está sob a Lei. Ao contrário, Aquele que está junto dele é o Salvador vivente, ele, que primeiro que estava com ele, que prenderam e soltaram, Aquele que, alegre, olha para os que o trataram com violência, enquanto eles estavam divididos.

____Por este motivo, ele ri de sua falta de visão, sabendo que são cegos de nascença. Existe, certamente, aquele que toma sobre si o sofrimento, pois o corpo é o substituto. No entanto, o corpo que eles libertaram é o meu corpo incorpóreo. Enquanto, eu sou o Espírito intelectual pleno de luz radiante. Aquele que viste vindo sobre mim é nosso Pleroma intelectual, aquele que une a luz perfeita ao meuEspírito Santo.

____Estas coisas, pois, que tu viste, tu deves transmiti-las à outra estirpe, àqueles que não provêm deste mundo. Porque um dom deste gênero não é dado a homens que não sejam imortais; mas tão somente naqueles que foram escolhidos em virtude de sua natureza imortal, naqueles que demonstraram ser capazes de acolhê-lo: este espírito dar-lhes-á a própria plenitude.

____Por isso, eu digo que “ A todo aquele que tem será dado e terá em abundância”. Mas a quem não tem – ao homem deste lugar, aquele que está completamente morto, que está longe dos seres da criação, que foram gerados, a esse que, quando aparece alguém cuja natureza é imortal, pensa que a possui -, a ele será tirado o que te e será dado àquele que tem. Tu, pois, sejas corajoso e não tenhas medo de nada. Porque eu estarei contigo para que nenhum de teus inimigos tenha poder sobre ti. A paz esteja contigo. Seja forte!”

____Quando Jesus disse estas coisas, Pedro voltou a si.

____http://www.srcoronado.com/smf/index.php?topic=7773.0http://www.sophia.bem-vindo.net/tiki-index.php?page=Apocalipse+de+Pedro

____MARCOS [14]

____27 Disse-lhes então Jesus: Todos vós vos escandalizareis; porque escrito está: Ferirei o pastor, e as ovelhas se dispersarão.

____28 Todavia, depois que eu ressurgir, irei [em Espírito] adiante de vós para a Galiléia.

____MARCOS[16]

____5 e entrando no sepulcro, viram um moço sentado à direita, vestido de alvo manto; e ficaram atemorizadas.

____6 Ele, porém, lhes disse: Não vos atemorizeis; buscais a Jesus, o nazareno, que foi crucificado; ele ressurgiu; não está aqui; eis o lugar onde o puseram.

____7 Mas ide, dizei a seus discípulos, e a Pedro, que ele vai adiante de vós para a Galiléia; ali o vereis, como ele vos disse.

CICLO EVOLUTIVO

[0]

____JOÃO [5]

____28Não vos admireis disso, porque vem a hora em que todos os que estão nos sepulcros ouvirão a sua voz e sairão:

____29 os que tiverem feito o bem, para a ressurreição da vida, e os que tiverem praticado o mal, para a ressurreição do juízo.

____LUCAS [14]

____12 Quando deres um jantar, ou uma ceia, não convides teus amigos, nem teus irmãos, nem teus parentes, nem os vizinhos ricos, para que não suceda que também eles te tornem a convidar, e te seja isso retribuído.

____13 Mas quando deres um banquete, convida os pobres, os aleijados, os mancos e os cegos;

____14 e serás bem-aventurado; porque eles não têm com que te retribuir; pois retribuído te será na ressurreição dos justos.

[18] Os discípulos disseram a Jesus: "Dize-nos como será o nosso fim."
Jesus disse: "Haveis, então, discernido o princípio, para que estejais procurando o fim? Pois onde estiver o princípio ali estará o fim. Feliz daquele que tomar seu lugar no princípio: ele conhecerá o fim e não provará a morte."

Evangelho de ToméTRANSFIGURAÇÃO DE JESUS

____MARCOS [9]

  • 2 Seis dias depois tomou Jesus consigo a Pedro, a Tiago, e a João, e os levou à parte sós, a um alto monte; e foi transfigurado diante deles;
  • 3 as suas vestes tornaram-se resplandecentes, extremamente brancas, tais como nenhum lavandeiro sobre a terra as poderia branquear.
  • 4 E apareceu-lhes Elias com Moisés, e falavam com Jesus.
  • 5 Pedro, tomando a palavra, disse a Jesus: Mestre, bom é estarmos aqui; façamos, pois, três cabanas, uma para ti, outra para Moisés, e outra para Elias.
  • 6 Pois não sabia o que havia de dizer, porque ficaram atemorizados.
  • 7 Nisto veio uma nuvem que os cobriu, e dela saiu uma voz que dizia: Este é o meu Filho amado; a ele ouvi.
  • 8 De repente, tendo olhado em redor, não viram mais a ninguém consigo, senão só a Jesus.
  • 9 Enquanto desciam do monte, ordenou-lhes que a ninguém contassem o que tinham visto, até que o Filho do homem ressurgisse dentre os mortos.
  • 10 E eles guardaram o caso em segredo, indagando entre si o que seria o ressurgirdentre os mortos.

(Ver: Transfiguração de Jesus, segundo a Bíblia )

____MATEUS [27]

  • 50 De novo bradou Jesus com grande voz, e entregou o espírito.
  • 51 E eis que o véu do santuário se rasgou em dois, de alto a baixo; a terra tremeu, as pedras se fenderam,
  • 52 os sepulcros se abriram, e muitos corpos de santos que tinham dormido foram ressuscitados;
  • 53 e, saindo dos sepulcros, depois da ressurreição dele, entraram na cidade santa, e apareceram a muitos.
  • 54 ora, o centurião e os que com ele guardavam Jesus, vendo o terremoto e as coisas que aconteciam, tiveram grande temor, e disseram: Verdadeiramente este era filho de Deus.

____É singular que tais prodígios, operando-se no momento mesmo em que a atenção da cidade se fixava no suplício de Jesus, que era o acontecimento do dia, não tenham sido notados, pois que nenhum historiador os menciona. Parece impossível que um tremor de terra e o ficar toda a Terra envolta em trevas durante três horas, num país onde o céu é sempre de perfeita limpidez, hajam podido passar despercebidos.
____A duração de tal obscuridade teria sido quase a de um eclipse do Sol, mas os eclipses dessa espécie só se produzem na lua nova, e a morte de Jesus ocorreu em fase de lua cheia, a 14 de Nissan, dia da Páscoa dos judeus.

____O obscurecimento do Sol também pode ser produzido pelas manchas que se lhe notam na superfície. Em tal caso, o brilho da luz se enfraquece sensivelmente, porém, nunca ao ponto de determinar obscuridade e trevas.

____Admitido que um fenômeno desse gênero se houvesse dado, ele decorreria de uma causa perfeitamente natural. (1)

____Quanto aos mortos que ressuscitaram, possivelmente algumas pessoas tiveram visões ou viram aparições, o que não é excepcional. Entretanto, como então não se conhecia a causa desse fenômeno, supuseram que as figuras vistas saíam dos sepulcros.

____Compungidos com a morte de seu Mestre, os discípulos de Jesus sem dúvida ligaram a essa morte alguns fatos particulares, aos quais noutra ocasião nenhuma atenção houveram prestado. Bastou, talvez, que um fragmento de rochedo se haja destacado naquele momento, para que pessoas inclinadas ao maravilhoso tenham visto nesse fato um prodígio e, ampliando-o, tenham dito que as pedras se fenderam.

____Jesus é grande pelas suas obras e não pelos quadros fantásticos de que um entusiasmo pouco ponderado entendeu de cercá-lo.

(1) Há constantemente, na superfície do Sol, manchas físicas, que lhe acompanham omovimento de rotação e hão servido para determinar-se a duração desse movimento. Às vezes,porém, essas manchas aumentam em número, em extensão e em intensidade. É então que seproduz uma diminuição da luz e do calor solares. O aumento do número das manchas parececoincidir com certos fenômenos astronômicos e com a posição relativa de alguns planetas, o quelhes determina o reaparecimento periódico. É muito variável a duração daquele obscurecimento;por vezes não vai além de duas ou três horas, mas, em 535, houve um que durou catorze meses.

[38 capítulo XV - 55]

Dr. Rodrigo Silva no Programa do Jô

https://www.youtube.com/watch?v=QqAJQtTaLpE

Ver também:
*