Fotometria
página acima

-
Crianças e Adolescentes
DESAPARECIDOS
*
espectro

____Fotometria é a medida da luz proveniente de um objeto. Até o fim da Idade Média, o meio mais importante de observação astronômica era o olho humano, ajudado por vários aparatos mecânicos para medir a posição dos corpos celestes. Depois veio a invenção do telescópio, no começo do século XVII, e as observações astronômicas de Galileo.

____A fotografia astronômica iniciou no fim do século XIX e durante as últimas décadas muitos tipos de detectores eletrônicos são usados para estudar a radiação eletromagnética do espaço.

____Todo o espectro eletromagnético, desde a radiação gama até as ondas de rádio são atualmente usadas para observações astronômicas.

____A radiação visível vai aproximadamente de 3900 Å (violeta) até cerca 7800 Å (vermelho).

Cor

Freqüência (1012 Hz)

Comprimento de onda (Å)
violeta 659 - 769 3900 - 4550

azul

610 - 659 4550 - 4920
520 - 610 4920 - 5770
amarelo 503 - 520 5770 - 5970
laranja 482 - 503 5970 - 6220
vermelho 384 - 482 6220 - 7800

Ver mais informações em:http://astro.if.ufrgs.br/rad/rad/rad.htmhttp://astro.if.ufrgs.br/rad/espec/espec.htm

____

  • Microondas: faixa de 1mm a 30 cm ou 3x1011 a 3x109 Hz. Pode-se gerar feixes de radiação eletromagnética altamente concentrados, chamados radares. Por serem pouco atenuados pela atmosfera, ou por nuvens, permitem o uso de sensores de microondas em qualquer condição de tempo.
  • Infravermelho: grande importância para o Sensoriamento Remoto. Engloba radiação com comprimentos de onda de 0,75 mm a 1,0 mm. A radiação I.V. É facilmente absorvida pela maioria das substâncias (efeito de aquecimento).
  • Visível:Radiação capaz de produzir a sensação de visão para o olho humano normal. Pequena variação de comprimento de onda (380 a 750 nm). Importante para o Sensoriamento Remoto, pois imagens obtidas nesta faixa, geralmente, apresentam excelente correlação com a experiência visual do intérprete.
  • Ultravioleta: extensa faixa do espectro (10 nm a 400 nm). Películas fotográficas são mais sensíveis à radiação ultravioleta do que a luz visível. Uso para detecção de minerais por luminescência e poluição marinha. Forte atenuação atmosférica nesta faixa, se apresenta como um grande obstáculo na sua utilização.
  • Raios X :Faixa de 1Aº a 10 nm (1Aº = 1010 m). São gerados, predominantemente, pela parada ou freamento de elétrons de alta energia. Por se constituir de fótons de alta energia, os raios-X são altamente penetrantes, sendo uma poderosa ferramenta em pesquisa sobre a estrutura da matéria.
  • Raios-GAMA: são os raios mais penetrantes das emissões de substâncias radioativas. Não existe, em princípio, limite superior para a freqüência das radiações gama, embora ainda seja encontrada uma faixa superior de freqüência para a radiação conhecida como raios cósmicos.
http://www.labgis.uerj.br/gis_atualizada/sensoriamento/radiacao.html

LINKs:

Ver também:
*