Crist. e a Mulher
página acima

-
Crianças e Adolescentes
DESAPARECIDOS
*

O Cristianismo e a Mulher


____... O bispo Irineu(130 dC - 200 dC) observa, alarmado, que as mulheres, de modo especial, são atraídas para os grupos hereges. "Mesmo em nosso próprio distrito no vale do Ródano”, admite, o professor gnóstico Marco atraiu “muitas mulheres tolas” de sua própria congregação, inclusive a mulher de um dos diáconos de Irineu. 52 Declarando estar, ele mesmo, em estado de perplexidade para explicar a atração exercida pelo grupo de Marco, oferece apenas uma explicação: que o próprio Marco era um sedutor de inteligência diabólica, um mágico que combinava afrodisíacos especiais para “enganar, vitimar e corromper” suas presas. Ninguém sabe se suas acusações tinham bases factuais. Mas, quando descreve as técnicas de sedução de Marco, Irineu indica que está falando de forma metafórica. Primeiro, diz ele, porque Marco “dirige-se a elas com palavras tão sedutoras” como em suas orações para a Graça, “Ela que existia antes de todas as coisas”, 53 e para a Sabedoria e o Silêncio, elementos femininos do ser divino. Segundo, Marco seduzia mulheres “ fazendo-as profetizar 54 o que lhes era estritamente proibido na igreja ortodoxa. Quando iniciava uma mulher, Marco concluía a oração de iniciação com as palavras “Olhe, Graça veio até você; abra sua boca, e profetize”. 55 Então, como descreve o bispo, de forma indignada, “a vítima iludida por Marco (...), sem pudor, falava algumas coisas sem sentido”, e daí em diante se considerava um profeta! O pior, segundo Irineu, era Marco convidar as mulheres a agir como padres na celebração, com ele, da eucaristia: “estendia o cálice para uma mulher” 56 fazer a oferenda da eucaristia e pronunciar as palavras da consagração.

____Tertuliano também se sente ofendido diante desses atos dos cristãos gnósticos: Essas hereges como são audaciosas! Não têm modéstia; são corajosas o suficiente para ensinar, para participar de debates, para fazer exorcismos, curar e até mesmo batizar! 57

____Tertuliano dirigiu outro ataque contra “aquela víbora” 58 uma professora que dirigia uma congregação no Norte da África. Ele mesmo concordou com o que chamou de “preceitos da disciplina eclesiástica sobre as mulheres”, que especificavam: As mulheres não podem falar na igreja, tampouco é permitido ensinar, batizar, nem mesmo oferecer [a eucaristia], reivindicar para si a participação em qualquer função masculina - sem mencionar o ofício de padre. 59

____Um dos principais alvos de Tertuliano, o herege Marcião, tinha, de fato, escandalizado seus contemporâneos ortodoxos ao indicar mulheres, nas mesmas bases que os homens, como padres e bispos. A professora gnóstica Marcellina viajou para Roma a fim de representar o grupo carpocraciano, 60 que alegaria ter recebido o ensinamento secreto de Maria, Salomé e Marta. Os montanistas, um círculo profético radical, honrava duas mulheres, Prisca e Maximilla, como fundadoras do movimento.

____Nossa evidência, então, indica uma correlação patente entre a teoria religiosa e a prática social. 61Entre os grupos gnósticos e os valentinianos, as mulheres eram consideradas iguais aos homens; algumas eram reverenciadas como profetas; outras agiam como professoras, evangelistas viajantes, curandeiras, padres, talvez até bispos. Essa observação geral não é, entretanto, universalmente aplicável. Ao menos três círculos hereges que mantinham uma imagem masculina de Deus incluíam mulheres que assumiam posições de liderança:

  • Os marcionistas,
  • Os montanistas
  • e os carpocracianos.

____Contudo, a partir do ano 200 não temos evidências de mulheres assumindo papéis proféticos, sacerdotais e episcopais nas igrejas ortodoxas.

____Isso é um desenvolvimento extraordinário, se considerarmos que nos seus primeiros anos o movimento cristão mostrou ter uma abertura extraordinária para a mulher. O próprio Jesus violou a convenção judaica ao falar abertamente com as mulheres, e as incluía entre os seus companheiros. Até mesmo Lucas, no Novo Testamento, conta a resposta de Jesus quando Marta, sua anfitriã, reclama por estar fazendo sozinha todo o trabalho de casa enquanto Maria estava sentada escutando-o: “Não se importa por minha irmã me deixar servindo só? Diga-lhe, então, para ajudar-me.” Mas, em vez de apoiá-la, Jesus repreende Marta por ficar tão ansiosa com isso, e declara que “uma só coisa é necessária: Maria escolheu uma boa parte, que não lhe será tirada”. 62Dez a vinte anos após a morte de Jesus, certas mulheres tinham posição de liderança em grupos cristãos locais; agiam como profetas, professoras e evangelistas. O professor Wayne Meeks sugere que, na iniciação ao cristianismo, quem presidia o ritual anunciava que “em Cristo (...) não há homens e mulheres”. 63Paulo cita essas palavras e endossa a atividade de mulheres que reconhece como diáconos e companheiras de trabalho; até cumprimenta uma delas, aparentemente um apóstolo ilustre, em posição mais elevada que a dele no movimento. 64

____... Paulo também exprime ambivalência em relação às implicações práticas da igualdade na humanidade.

____... Enquanto Paulo reconhecia as mulheres como iguais “em Cristo” e permitia maior variedade de atividades que as congregações judaicas tradicionais, não conseguia defender sua igualdade em termos políticos e sociais.

____... Apesar de tudo isso, e das atividades públicas anteriores das mulheres cristãs, a maioria das igrejas cristãs do século II seguiu grande parte da classe média ao se opor à igualdade, cujo principal suporte eram os ricos e os círculos que chamaríamos de boêmios. Em torno do ano 200, a maioria das comunidades cristãs endossou a pseudo­carta de Paulo a Timóteo como sendo canônica, uma carta que enfatiza (e exagera) o elemento antifeminino do ponto de vista de Paulo: “Que a mulher aprenda em silêncio com toda a sujeição. Não permito que a mulher ensine, nem use de autoridade sobre os homens; mas que esteja em silêncio.” 72Os cristãos ortodoxos também aceitaram as cartas de Paulo aos colossenses e aos efésios, que ordenam as mulheres a serem em tudo sujeitas a seus maridos". 73

____Clemente, bispo de Roma, escreve em sua carta à indisciplinada igreja em Corinto que as mulheres devem “permanecer submetidas” 74 a seus maridos.

  • Enquanto nos primórdios do cristianismo homens e mulheres sentavam juntos para adorar,
  • na metade do século II no exato momento da luta entre gnósticos e cristãos as comunidades ortodoxas começaram a adotar o costume das sinagogas, segregando homens e mulheres. 75
  • No fim desse mesmo século, a participação das mulheres na adoração estava condenada, de forma explícita: os grupos nos quais continuavam a ter liderança foram classificados de hereges.

____... O consenso, que excluiu a posição de Clemente, continuou a dominar grande parte das igrejas cristãs: cerca de 2 mil anos depois, em 1977, o papa Paulo VI, bispo de Roma,declarou que uma mulher não pode ser padre “porque nosso Senhor era um homem”! As fontes de Nag-Hammadi, descobertas em uma época de crise social contemporânea sobre os papéis sexuais, nos desafiam a reinterpretar a história e a reavaliar a situação atual.

____52. Irineu,AH 1.13.5.

____53. Ibid., 1.13.3.

____54.Ibid ., 1.13.4.

____55.Ibid ., 1.13.3.

____56. Hipólito, REF 6.35; Irineu, AH 1.13.1-2.

____57. Tertuliano, DE PRAESCR. 41.

____58. Tertuliano, De Baptismo 1.

____59. Tertuliano, De Virginibus Velandis 9. Ênfase acrescentada.

____60. Irineu,AH 1.25.6.

____61. Esta observação generalizada não é, entretanto, aplicável universalmente. Os dois círculos nos quais as mulheres atuaram em bases iguais às dos homens os marcionistas e os montanistas mantinham uma doutrina tradicional de Deus. Desconheço qualquer evidência que sugira que eles incluíssem o imaginário feminino em suas formulações teológicas. Para discussão e referências, ver J. Leipoldt, Die Frau in, der antiken Welt und im Urchristentum (Leipzig, 1955), 187 s.; E. S. Fiorenza, “Word, Spirit, and Power: Women in Early Christian Communities”, em Womem of Spirit, org.R. Reuther e E. McLaughlin (Nova York, 1979), 39 s.

____62. Lucas 10:38-42. Consultar Romanos 16:1 -2; Colossenses 4:15; Atos 2:25: 21:9; Romanos 16:6; 16:12; Filipenses 4:2-3.

____63. Ver W. Meeks, "The Image of the Androgyne", 180 s. Muitos estudiosos concordam com Meeks que, nas Gálatas 3:28, Paulo cita um dito que pertence à tradição pré-paulina.

____64. Romanos 16:7. Isto foi primeiro indicado a mim por Cyril C. Richardson e confirmado pela pesquisa recente de B.Brooten, "Junia... Outstanding Among the Apostles”. em Womem, org.L. e A. Swidler (Nova York, 1977), 141-144.

____72. I Timotéo 2:11-12.

____73. Efésios 5:24; Colossenses 3:18.

____74.I Clement 1.3.

____75. Leipoldt, Die Frau, 192; Hippolytus of Rome, 43.1, org. Paul de Lagarder (Aegyptiaca, 1883), 253.

[84 - páginas 65 / 78]

Ver também:

*