página acima: Homem
Cooperação
-
Crianças e Adolescentes
DESAPARECIDOS
*

Sem cooperação, não poderia existir amor; e o amor é a força de Deus, que equilibra o Universo.

EMMANUEL - (Roteiro) [59]

O mundo material é uma tenda de esforços infinitos, onde fomos chamados a colaborar com o Criador no aperfeiçoamento de suas obras. É impossível a cooperação perfeita, sem lar e sem prole.

EMMANUEL - (Renúncia) [59]

Se pretendes viver retamente, não dês a César o vinagre da crítica acerba.
Ajuda-o com o teu trabalho edificante, no sadio desejo de acertar, convicto de que ele e nós somos filhos de mesmo Deus.

EMMANUEL - (Pão Nosso) [55 página 60]

A cooperação espontânea é o supremo ingrediente da ordem. Da Glória Divina às balizas subatômicas, o Universo pode ser definido como sendo uma cadeia de vidas que se entrosam na Grande Vida. Cooperação significa obediência construtiva aos impositivos da frente e socorro implícito às privações da retaguarda. Quem ajuda é ajudado, encontrando, em silêncio, a mais segura fórmula de ajuste aos processos da evolução.

EMMANUEL - Psicografado por Francisco Cândido Xavier

Trabalho de João Gonçalves Filho - (COOPERAÇÃO - 547)

____Aprende a participar da luta coletiva. Sai, cada dia, de ti mesmo, e busca sentir a dor do vizinho, a necessidade do próximo, as angústias de teu irmão e ajuda_quanto_possas. Em qualquer parte do Universo, somos usufrutuários do esforço e do sacrifício de milhões de existências.

EMMANUEL - Psicografado por Francisco Cândido Xavier

Trabalho de João Gonçalves Filho - (COOPERAÇÃO - 548)

Ninguém guarde a presunção de elevar-se sem o auxílio dos outros, embora não deva buscar a condição parasitária para a ascensão.

EMMANUEL - Psicografado por Francisco Cândido Xavier

Trabalho de João Gonçalves Filho - (COOPERAÇÃO - 549)
  • Protesta contra o mal, agindo no bem.
  • Luta contra o crime, atuando na educação.
  • Coloca no fogaréu a tua cota d’água.

____Talvez não apagues as labaredas crepitantes, no entanto, o teu exemplo influenciará outros companheiros que são observadores indiferentes a que sigam o teu gesto.

JOANNA DE ÂNGELIS - Psicografado por Divaldo Pereira Franco

Trabalho de João Gonçalves Filho - (COOPERAÇÃO - 551)

____Quando Jesus, à frente da multidão faminta, indagou das possibilidades dos discípulos (quantos pães tendes?) para atendê-la, decerto procurava uma base, a fim de materializar o socorro preciso. Em qualquer terreno de nossas realizações para a vida mais alta, apresentemos a Jesus algumas reduzidas migalhas de esforço próprio e estejamos convictos de que o Senhor fará o resto.

EMMANUEL - Psicografado por Francisco Cândido Xavier

Trabalho de João Gonçalves Filho - (COOPERAÇÃO - 552)
Ver também:
*