Comunhão dos mundos
página acima

-
Crianças e Adolescentes
DESAPARECIDOS
*

____As comunicações entre o mundo espírita e o mundo corpóreo estão na ordem natural das coisas e não constituem fato sobrenatural, tanto que de tais comunicações se acham vestígios entre todos os povos e em todas as épocas. Hoje se generalizaram e tornaram patentes a todos. Os espíritos anunciam que chegaram os tempos marcados pela Providência para uma manifestação universal e que, sendo eles os ministros de Deus e os agentes de Sua vontade, têm por missão instruir e esclarecer os homens, abrindo uma nova era para a regeneração da Humanidade.

[9a - página 48 Prolegômenos]

  • Os desencarnados não podem imiscuir-se na vida material com a plenitude das faculdades readquiridas
  • e o médium, por sua vez, freqüentemente, em vista das suas condições e circunstâncias, está impossibilitado de corresponder à potencialidade_vibratória daqueles que o procuram para veicular o seu pensamento.

____A alma, emancipada dos liames terrestres, integra_a_comunidade_do_outro_mundo, que não é o da carne, e, dai, a necessidade imprescindível de submeter-se às condições de ordem material para se manifestar; esse fato constitui uma dificuldade extraordinária à consciência depurada, que já desferiu o vôo altíssimo aos denominados planos felizes do Universo, dificuldade que essa adaptação à materialidade implica.

____A comunhão dos dois mundos, o físico e o invisível, está, pois, baseada nos mais sutis elementos de ordem espiritual.

[71 - página 150] - EMMANUEL - 1938

  • O intercâmbio com o invisível é um movimento sagrado, em função restauradora do Cristianismo puro
  • que ninguém, todavia, se descuide das necessidades próprias, no lugar que ocupa pela vontade do Senhor.

[32 - página 11] - Emanuel - Pedro Leopoldo-MG, 03 de outubro de 1943.

Ver também:
*