Nova Era, Ciência e Fé
página acima

-
Crianças e Adolescentes
DESAPARECIDOS
*

____A meta da ciência e da fé é a mesma: a busca da verdade. Ambas tentam descrever uma realidade, cada qual sob olhares distintos.

  • A ciência considera que hipóteses verificadas e comprovadas empiricamente e fundamentadas por modelos lógico-matemáticos são a descrição mais fiel da realidade.
  • A considera que experiências particularizadas afirmam uma realidade que, antes de hipótese, é uma verdade absoluta.

____A grande diferença, pois, não está no objeto de análise, mas na linguagem e metodologia utilizadas para a compreensão. Uma distinção de referenciais.
____A Nova Era abarca um novo contexto social, religioso e tecnológico, no qual as linguagens utilizadas pela religião_e_pela_ciência passam a se aproximar e até mesmo a se confundir:

  • a subjetividade como manifestação de uma experiência que não pode ser descrita em palavras ou outros símbolos, mas apenas compreendida por quem a vivenciou;
  • O pensamento como fonte de transformação da realidade;
  • espaço e tempo relativos;
  • níveis alternativos de consciência;
  • .

____A ciência abre espaço para as possibilidades infinitas da existência, admitindo os paradoxos da matéria (a natureza dual da luz, por exemplo, que é onda e partícula ao mesmo tempo, a depender do referencial) e tecendo suas considerações sobre o não-ser, sobre a anti-matéria. Se antes a razão era objetiva e determinista, agora ela é relativa e aberta à potencialidade das situações.
____Pode-se observar que, hodiernamente, tanto nas manifestações de New Age quanto na ciência, é o observador quem exerce um papel fundamental nas definições de certo e errado, de real e irreal. É ele quem determina a natureza da existência, é ele quem circunscreve o mundo em que vive. É o olhar particularizado do fragmento que lhe proporciona a ideia do todo e é a experiência da ausência de sentidos ou simplesmente da ausência de referenciais objetivos e racionais que lhe faz vislumbrar o não-existir. A expressão da vivência se torna uma realidade deturpada, pois depende da utilização de uma linguagem que simboliza o que foi experimentado, mas não compreende a experimentação em si. A palavra não é o objeto descrito.

____Ciência e fé, na perspectiva Nova Era, já não mais representam realidades diametralmente opostas. Com o avanço da tecnologia na física e neurociência e a evolução das discussões e interpretações religiosas e espiritualistas através das práticas esotéricas e místicas, percebe-se que a linha que separa as duas grandes colunas de sustentação da humanidade – ciência e fé - é, de fato, muito tênue. A linguagem, pura construção social, pode ao mesmo tempo afastar ou aproximar o diálogo entre estes dois fundamentais devaneios humanos, guiada pelo olhar de quem observa e pela dimensão daquilo que é observado.

http://www.cienciadareligiao.com.br/novaera.html

Ver também:
*