Catarismo
página acima

-
Crianças e Adolescentes
DESAPARECIDOS
*

____Nos meados do século XII, iniciou-se na Itália um movimento religioso denominado Catarismo (Albigenses), a doutrina dos cátaros era nitidamente diferente da Igreja Católica, numa reação à Igreja Católica e suas práticas, como a venda de indulgências, e a soberba vida dos padres e bispos da época.

____O chamado "Pays Cathare" (País Cátaro) se estendia pela zona chamada Occitania , atual Languedoc, em uma extensão fronteiriça com Toulouse até o oeste, nos Pirineus até o sul, e no Mediterrâneo até o leste. Em definitivo, uma área política que, durante o século XIII, limitava-se com a Coroa de Aragão, França e condados independentes como o de Foix e Toulouse.
____Na idade média, marcada pela violência e pela sede de poder da igreja_Católica_Romana, o Catarismo chocou-se frontalmente com o dogmatismo da Igreja. A religião cátara propunha, como aspectos básicos, a reencarnação do espírito, a concepção da terra como materialização do Mal, por encher a alma de desejos e prende-la às coisas efêmeras do mundo, e do céu como a do Bem, numa concepção dualista do mundo. Mas o principal ponto de discordância, e talvez o mais original, tenha sido a de que os cátaros não admitiam qualquer tipo de intermediação entre o homem e Deus.
____Por esta razão, e também pela força que assumiu o Catarismo, a Igreja Católica fez tudo para combater sua expansão, classificando o movimento como heresia, em 1209, o infalível Papa Inocêncio II estimulou os fiéis a ir para as cruzadas contra os hereges, com cerca de 20.000 cavaleiros os cruzados massacraram o povo, muitos morreram torturados ou na fogueira, sendo esta a primeira cruzada feita contra cristãos e em território franco. O presente que o santo Papa prometeu em compensação para aqueles que participaram da campanha era a partilha e doação das terras aos barões que as conquistassem, ou seja, converter-se-iam em senhores feudais.
____Militarmente, apesar de terem o apóio de pequenos condados, os cátaros não conseguiram resistir ao genocídio das cruzadas, mas elas não conseguiram erradicar o Catarismo de forma definitiva. Foi a Inquisição, a instituição que realmente conseguiu exterminar definitivamente o Catarismo.
____No chamado País Cátaro viviam outras pessoas cuja religião era o catolicismo, Perguntado sobre como distinguir entre os hereges e os outros, o legado papal (inquisidor) respondeu: "Matem-nos a todos. Deus se encarregará dos seus".

http://www.mucheroni.hpg.ig.com.br/religiao/96/cataros.htm

____Em geral, os cátaros acreditavam na doutrina da reencarnação e reconheciam Deus não como um princípio com traços antropomórficos puramente masculino, mas como tendo, igualmente, princípios femininos. Na verdade, Deus estava bem acima das limitações do entendimento humano (o que nos remete, em parte, à doutrina dos Druidas e Pitágoras e Platão). Tanto que os pregadores e professores das congregações cátaras, conhecidos como parfaits, eram de ambos os sexos. Sendo o ser humano criação e filiação da divindade, as polaridades masculinas e femininas não seriam antagônicas, mas complementares, e, portanto, igualmente importantes.

http://br.geocities.com/carlos.guimaraes/temp.html

____Os cátaros acreditavam que o homem na sua origem havia sido um ser espiritual e para adquirir consciência e liberdade, precisaria de um corpo_material, sendo necessário várias reencarnaçõespara se libertar. Eram dualistas acreditavam na existência de dois deuses, um do bem (Deus) e outro do mal (Satã), que teria criado o mundo material e mal. Não concebiam a ideia de inferno, pois no fim o deus do Bem triunfará sobre o deus do Mal e todos serão salvos. Praticavam a abstinência de certos alimentos como a carne e tudo o que proviesse da procriação. Jejuavam antes do Natal, Páscoa e Pentecostes, não prestavam juramento, base das relações feudais na sociedade medieval, nem matavam qualquer espécie animal.

http://www.miniweb.com.br/Historia/Artigos/i_media/Os_Cataros.htm

O livro " Os Cátaros e a Reencarnação" (The Cartars & Reincarnation - tradução de Maria de Lourdes Eichenberger e publicado pela Editora Pensamento) é um estudo bastante interessante escrito pelo Dr. Arthur Guirdham, medico psiquiatra, das lembranças de uma encarnação anterior de uma de suas pacientes.

http://www.espirito.com.br/portal/artigos/geae/sobre-o-livro-os-cataros.html


____A palavra Cátaro, que significa ‘ PURO’, foi usada para designar um dos mais famosos e prósperos movimentos Gnósticos de toda a história, que começou no ano de 1030. Contam que os Cátaros, tendo atingido elevado grau de iluminação, possuíam o dom da palavra, pregando facilmente e transmitindo uma mensagem clara e sincera, capaz de atrair muitos fiéis. Vislumbraram também a realidade da Igreja Romana da época, cujo interesse principal era o Poder Temporal, e não o Espiritual, denunciando isto ao público. Em 1207, o Papa Católico Inocêncio III, com ajuda dos senhores feudais do Norte da França, (que falavan a Languedoui e eram contrários aos sulistas), convocou a destruição do Catarismo florescente. Em 1295 mais de 200 Cátaros foram queimados vivos, como hereges, pela Igreja_Católica Romana.

http://www.eon.com.br/unilae/unil351.htm#C%C1TARO

Ver também:

*