Bênçãos e Maldições
-
Crianças e Adolescentes
DESAPARECIDOS
*

____Deus não escuta a maldição injusta e culpado perante ele se torna o que a profere. Como temos os dois gênios opostos, o bem_e_o_mal, pode a maldição exercer momentaneamente influência, mesmo sobre a matéria. Tal influência, porém, só se verifica por vontade de Deus como aumento de prova para aquele que é dela objeto. Demais, o que é comum é serem amaldiçoados os maus e abençoados os bons. Jamais a bênção e a maldição podem desviar da senda da justiça a Providência, que nunca fere o maldito, senão quando mau, e cuja proteção não acoberta senão aquele que a merece.

[9a - página 280 questão 557]

Considera o patrimônio das bênçãos de que dispões, reconhecendo que a Divina Providência está sempre te sustentando em meio dos problemas, para doar-lhes a solução.

EMMANUEL

Psicografado por Francisco Cândido Xavier

Trabalho de João Gonçalves Filho (BÊNÇÃO - 307)

Geralmente, muitos de nós somente nos apercebemos da preciosidade de uma bênção depois que essa mesma bênção nos escapa das mãos.

EMMANUEL

Psicografado por Francisco Cândido Xavier

Trabalho de João Gonçalves Filho (BÊNÇÃO - 308)

Considerasse a criatura humana todas as bênçãos de que desfruta no corpo, as concessões que lhe são colocadas à disposição, e somente teria razões para agradecer, jamais para reclamar. Seja de qual maneira se apresente a oportunidade humana, tem o Espírito o dever de viver sempre contente e em constante alegria, agradecendo a Deus por haver renascido na carne.

JOANNA DE ÂNGELIS

Psicografado por Divaldo Pereira Franco

____Trabalho de João Gonçalves Filho (CORPO FÍSICO - 570
)

Ver também:
*