página acima: Deus
Você e Deus
-
Crianças e Adolescentes
DESAPARECIDOS
*

As igrejas "Cristãs" vêm ensinando que você foi criado por "Deus", que deve "adorar e agradar a Deus" respeitando as suas Leis. Mas isso não é verdade. "'Adorar a Deus" é um rito pagão. Quando as pessoas "adoram a Deus" o colocam em separado e acima delas — "inalcançável e para ser temido — pois quem sabe que mal Ele poderá enviar a Terra se as pessoas não agirem de acordo com a sua vontade"!

Porém essa não foi a mensagem que eu trouxe a Terra. Eu falei do "Pai" que satisfaz todas as necessidades, que responde quando é chamado, que cura quando pedimos para fazê-lo, que está "dentro das pessoas" ao mesmo tempo em que é transcendente a elas, o que significa que o Criador é universal.

A Religião_Judaica ensinava que somente os Sumos Sacerdotes poderiam aproximar-se do "Santo_dos_Santos" e fazerem súplicas pelo povo. A população só poderia aproximar-se de Jeová através dos sacerdotes, trazendo pássaros e animais para que fossem oferecidos em sacrifício, queimados para apaziguar Jeová pelos "pecados" das pessoas. Através desses meios, os Judeus obtinham o "perdão dos pecados".

  • Eu ensinei repetidas vezes às pessoas que elas receberiam o perdão do "Pai" para os seus pecados segundo a sua própria boa vontade para perdoar os outros, pois seria dado a elas de acordo com a sua própria "semeadura".

  • Eu também ensinei as pessoas a se aproximarem do "Pai" diretamente e a rezarem de forma simples, pedindo aquilo que necessitassem para as suas vidas.

  • Assegurei que elas seriam ouvidas e as suas súplicas respondidas, desde que fossem feitas com fé total, sem nenhuma dúvida em suas mentes.

Você deve compreender que tudo o que ensinei aos Judeus estava em conflito direto e em oposição ao que os seus Anciãos Religiosos ensinavam e foi esse o motivo pelo qual os Sacerdotes me odiaram — e me crucificaram, uma vez que eu estava roubando os seus exaltados cargos de "guarda-costas pessoais" do "Todo Poderoso".

[ CARTAS DE CRISTO > Carta 9]

Ver também:
*