-
Crianças e Adolescentes
DESAPARECIDOS
*

PARAÍSO - 2483 - Hoje estarás comigo no paraíso. LUC 23:43 - DAP 9 - DDRPG 116 - JVN 51 e 55 - PNS 81 - vtb 622 e 2787

PARAÍSO - Perdido. v. 2486

PARAPSICOLOGIA - 2484 - Parece-nos que a Parapsicologia continuará, por largo tempo ainda, perdida em mares ignotos, à distância do continente espiritual, pois, enquanto uma minoria decepcionante de cientistas se situa, timidamente, na corrente que admite não ser de origem física a percepção extrasensorial, a vasta maioria aderiu à corrente fisiológica ou materialista. RICHARD SIMONETTI em PMG 22 - CHG 34 - CRI Prefácio II - CVCPG 71 - DKA 3 - DLG 2.4 - EPM 2 - MRTPG 162 - PND 21 - RIM 2 - RVCPG 43 - SCE 2 e 6 - SCS 1 - SMD 17 - STC 10 - TDN Prefácio I - TMG 28 - TVM 25 - vtb 2057 e 2720

PARECER - v. APARÊNCIA

PÁSCOA - 2485 - A instituição da primeira Páscoa. EXD 12:1 a 27 - vtb 424

PASSADO - 2486 - A recordação de um passado desconhecido, que se nos apresenta como a imagem fugitiva de um sonho que em vão se tenta reter, algumas vezes é uma impressão real; freqüentemente, porém, não passa de mera ilusão, podendo ser efeito de superexcitada imaginação. LEP 396 - LEP 1019 - PCT 52 - PRD 12 - vtb 1212

PASSADO - 2487 - Espíritos irresponsáveis comprazem-se em estimular as vaidades chãs, incensando aqueles com quem convivem, informando-os de reencarnações como pessoas importantes, levando-os ao ridículo. Importante não é o que fomos mas o que hoje somos, o que ora valemos e fazemos, o que viremos a ser. VIANNA DE CARVALHO em RTL 10 - LMD 290 - CDT 17 - LAV 3

PASSADO - 2488 Não te entregues à doentia ansiedade dos que desejam parar a máquina do tempo, mas, de quando em quando, concede um momento às boas recordações... Delas se levantam os alicerces morais em que te equilibras. Reencontrarás com elas, quais flamas inspiradoras, os gestos anônimos dos que te ajudaram em silêncio. EMMANUEL em EMC 48 - BPZ 49 - CMS 19 - LES 18 - vtb 544, 2617, 2967 e 3125

PASSADO - 2489 - O conhecimento das vidas anteriores não deve ser buscado senão por motivos relevantes, por operadores competentes e equilibrados, por pessoas que possam suportar os impactos que usualmente causam certas revelações. A regra geral é o esquecimento e deve ser respeitada. A natureza tem boas razões para assim proceder. HERMÍNIO C. MIRANDA em MRTPG 60 e 63 - MRTPG 59 a 64 - EVG 5/11 - API 20 - vtb ESQUECIMENTO e MEMÓRIA

PASSADO - vtb 1089, 1290, 2039, 2617, 3125 e 3136

PASSE - 2490 - A eficiência do passe está associada à capacidade do passista, à receptividade do paciente e ao seu merecimento. Além disso, há que considerá-lo sempre uma terapia de superfície. Se nos limitarmos a recebê-lo, sem analisar mais profundamente as origens de nossos males, eles logo recrudescerão. RICHARD SIMONETTI em URV 14 - MLZ 19 - NFL 30 - NPB 39 - OBD2P 10 - PRD 15 - SGU 48 - VEP 13

PASSE - 2491 - A maior transfusão de forças que se conhece é aquela que se faz através do amor. E a mais exuberante fonte de amor que vige na Terra se encontra no coração fervoroso de uma mãe afetuosa e cumpridora dos seus deveres. JOSÉ PETITINGA em NBO 11 - LEP 385 - vtb 2145 e 2147

PASSE - 2492 - Assim como a transfusão de sangue representa uma renovação das forças físicas, o passe é uma transfusão de energias psíquicas, com a diferença de que os recursos orgânicos são retirados de um reservatório limitado, e os elementos psíquicos o são do reservatório ilimitado das forças espirituais. EMMANUEL em CSL 98 - CSL 99 e 100 - LEP 70 - CEDPG 112 - DLG 1.17 - EED 3 - EVM2P 15 - NINPG 181 - NLA 5 - vtb 701, 926, 1592m e 2959

PASSE - 2493 - em sendo preciso, os Espíritos suprem a insuficiência daquele que ora, agindo diretamente em seu nome ou dando-lhe momentaneamente uma força excepcional, quando o julgam digno dessa graça, ou que ela pode ser proveitosa. ALLAN KARDEC em EVG 27/14 - vtb 700, 1806 e 2278

PASSE - 2494 - Está alguém entre vós doente? Chame os presbíteros da igreja e orem sobre ele e a oração da fé salvará o doente e o Senhor o levantará. TGO 5:14 e 15 - MAR 16:18 - EVG 19/5 e 28/77 - LMD 176/2 - EED 25 - ETC 5 - EVD 53 - FVV 86 - IPS 36 - MSG 25 - OBV 17 - POB 26 - SMD 14 e 67 - TDL 24 - vtb 2297

PASSE - 2495 - Minha filha está moribunda; rogo-te que venhas e lhe imponhas as mãos para que sare, e viva. MAR 5:23 - CES 28 - CVV 153 - MDS 14 - OTM 3

PASSE - 2496 - Não obstante sejam conhecidas várias técnicas para a aplicação do passe, nunca se deve deixar de observar a simplicidade do ato com a predominância do amor, a fim de que a preocupação exagerada com a forma não resulte em prejuízo do conteúdo. MANOEL P. DE MIRANDA em SPT 7 - vtb 181 e 328

PASSE - 2497 - Pondo as mãos sobre eles os curava. LUC 4:40 e 13:13 - ATS 6:6, 8:17 e 9:17 - PTM 4:14 - STM 1:6 - GNS 14/33 - CRI 25 - DMV 36 - MDS 106 - MST 18 - OES 55 - RES 59 - VEP 16

PASSE - 2498 - todas as pessoas dignas e fervorosas, com o auxílio da prece, podem conquistar a simpatia de veneráveis magnetizadores do Plano Espiritual, que passam, assim, a mobilizá-las na extensão do bem. Onde surjam a humildade e o amor, o amparo divino é seguro e imediato. O passe pode ser dispensado a distância, desde que haja sintonia entre aquele que o administra e aquele que o recebe. ANDRÉ LUIZ em NDM 17 - AVE 103 - vtb 303 e 328

PASSE - vtb CURA - MAGNETISMO, SOPRO, 381, 858, 866, 876 e 2506

PATERNALISMO Com os médiuns. v. 2019

PATERNIDADE - 2499 - A paternidade é, sem contestação possível, uma verdadeira missão. É ao mesmo tempo grandíssimo dever e que envolve, mais do que o pensa o homem, a sua responsabilidade quanto ao futuro. Deus colocou o filho sob a tutela dos pais, a fim de que estes o dirijam pela senda do bem, e lhes facilitou a tarefa dando àquele uma organização débil e delicada, que o torna propício a todas as impressões. Se este vier a sucumbir por culpa deles, suportarão os desgostos resultantes dessa queda e partilharão dos sofrimentos do filho na vida futura, por não terem feito o que lhes estava ao alcance para que ele avançasse na estrada do bem. LEP 582 - LEP 208, 503, 507, 510, 583, 681 e 892 - EVG 5/4 e 14/9 - ADV 1 e 4 - AIM 4 - AVEPG 71 - CDT 7 - COI 9 - CSL 190 e 191 - CVO 9 e 13 - DED 14 e 84 - EVV 38 - FML 1, 4, 5, 7, 8, 9 e 12 - HDV 17 - IPS 10 - LES 18 e 38 - LMV 16 - LNL 16, 35, 36, 41, 46 e 63 - MDC 17 e 21 - MDL 11 - MOR 17 - NFP 29 - NOS 5 e 6 - NPM 52 - NRN 8 - NSS 29 - PMG 30 - PVD 13 - PVE 166 - RDL 19 - RLZ 61 - SJT 1 - THP 29 - TMG 13 e 54 - TRL 12 - VEP 19 - VEV 31 - VSX 2, 4 e 10 - VZG 48 - vtb 514, 600, 604, 973, 1190, 1303, 2024, 2141, 2159, 2309, 2789, 2835 e 3213

PATERNIDADE - 2500 - Eu falo do que vi junto de meu Pai, e vós fazeis o que também vistes junto de vosso pai. JOO 8:38, 5:19 e 14:10 - ALC 37 - CSL 113 - CVV 12 - EVD 16 - MMD 4 - SDF 26 - THP 12

PATERNIDADE - 2501 - Vós, pais, não provoqueis a ira de vossos filhos, mas criai-os na doutrina e admoestação do Senhor. EFE 6:4 - CLS 3:21 - PVB 19:18 - BAC 42 - ETD 8 - LNL 30, 53 e 56 - NSC 24 - PLP 15 - RLZ 103 - VLZ 135

PATERNIDADE - vtb FILHO - MULHER, 190, 278, 775, 1406, 1421, 1616, 2088 e 2767

PATRIMÔNIO - Espiritual. v. 367

PATRIOTISMO - v. 2840

PAULO - 2502 - A conversão de Saulo. ATS 9:1 a 31 - CMQPG 31, 69, 225, 247 e 264 - CTNPG 59 - ETS 111 - MRCPG 70 - OTM 20 - PJS 99 - vtb 736

PAULO - 2503 - Açoitado e preso em Filipos, é socorrido pelo carcereiro após o terremoto que abriu a prisão. ATS 16:12 a 40 - RIM 9 - vtb 3233

PAULO - 2504 - Assim começou o movimento dessas cartas imortais, cuja essência espiritual provinha da esfera do Cristo, através da contribuição amorosa de Estêvão. Paulo nunca procurava escrever só (v. PCR 1:1 - SCR 1:1 - GAL 1:2 - FLP 1:1 - CLS 1:1 - PTS 1:1 - STS 1:1 - FLM 1); buscava cercar-se dos companheiros mais dignos, consciente de que o mensageiro de Jesus, quando não encontrasse no seu tono sentimental as possibilidades precisas para transmitir os desejos do Senhor, teria nos amigos instrumentos adequados. EMMANUEL em PETPG 426 - CMQPG 239 e 282 - MRCPG 124 - RVCPG 73 - VLZ 143 - vtb 1096 e 2888

PAULO - 2505 - Chegaram (Paulo e Silas) a Tessalônica, onde havia uma sinagoga de judeus. E Paulo, como tinha por costume, foi ter com eles para disputar sobre as Escrituras. ATS 17:1 e 2 - ATS 9:20, 13:5 e 14, 14:1, 16:13 e 19:8 - LUC 4:16 - vtb 1651 e 2512

PAULO - 2506 - Deus, pelas mãos de Paulo, fazia maravilhas, de sorte que até os lenços e aventais se levavam do seu corpo aos enfermos e as enfermidades fugiam deles. ATS 19:11 e 12 e 14:3 - CVV 74 - EVD 44 - SMD 32

PAULO - 2507 - Encontra Áquila e Priscila em Corinto e passa a viver com eles, fazendo tendas. ATS 18:1 a 3, 18 e 26 - ROM 16:3 - PCR 16:19 - STM 4:19 - MRCPG 81 e 195 - NLR 25 - PETPG 247 e 421 - RTR 17 - VLZ 50 - vtb 1167 e 2746

PAULO - 2508 - Este é para mim um vaso escolhido para levar meu nome aos gentios, aos reis e aos filhos de Israel (o Senhor a Ananias). ATS 9:15 e 13:2 - ROM 1:1 - STM 1:11 - EVG 24/9 - CMQPG 224 - MRCPG 48 - PETPG 326 - PVE 34

PAULO - 2509 - Mudança do nome de Saulo para Paulo. ATS 13:9 -MRCPG 98 - PETPG 341

PAULO - 2510 - Saulo assolava a igreja, entrando pelas casas; e arrastando homens e mulheres, os encerrava na prisão. ATS 8:3, 9:1, 13 e 21 - PCR 15:9 - GAL 1:13 - FLP 3:6 - PTM 1:13 - PETPG 119 e 170 - PNS 178

PAULO - 2511 - Seu discurso no aerópago de Atenas. ATS 17:15 a 34 - CDT 14 - CMQPG 29 - FDL 4 - MRCPG 120 - OTM 47 - PETPG 417 - PNS 114

PAULO - 2512 - Sou judeu, natural de Tarso, circuncidado no oitavo dia, da linhagem de Israel, da tribo de Benjamim, hebreu e filho de hebreus, quanto à lei, fariseu. ATS 21:39 e FLP 3:5 - CMQPG 227 - RVCPG 60 - vtb 1651 e 2505

PAULO - 2513 - Sua prisão em Jerusalém. ATS 21:33

PAULO - vtb 269 a 271, 476, 564, 729, 730, 1294, 1410, 1430, 2540, 3038 e 3380

PAZ - 2514 - A paz de Deus, para a qual também fostes chamados em um corpo, domine em vossos corações. CLS 3:15 - CFZ 10 e 61 -LZE 3

PAZ - 2515 - A paz de Deus que excede a todo entendimento guardará os vossos corações e sentimentos. FLP 4:7 - CTL 12 - DSF 26 - vtb 054

PAZ - 2516 - A paz não é conquista da inércia, mas sim fruto do equilíbrio entre a fé no Poder Divino e a confiança em nós mesmos, no serviço pela vitória do bem. ANDRÉ LUIZ em ARC 3 - CMS 7 - CTL 18 - CVV 104 - DDV 13 - DPE 2 - DSM 16 - URG 5 - vtb 352 e 510

PAZ - 2517 A paz verdadeira nasce do dever cumprido, ou melhor, procede da abençoada luta que sustentamos pela própria melhoria espiritual, tentando assimilar a luz dos ensinamentos do Cristo. EMMANUEL em PAZ Prefácio - NDB 23 - AVEPG 25 - vtb 087, 808, 1737 e 2846

PAZ - 2518 - A tranqüilidade independe de paisagens, circunstâncias e ocasiões. Estabelece-se no espírito como resultado de uma consciência pacificada, que decorre, a seu turno, de uma vivência moral e social concorde com os postulados de enobrecimento espiritual. Quando existe harmonia interior os ruídos de fora não ecoam perturbadoramente. JOANNA DE ÂNGELIS em LMV 12 - ACO 37 - ALM Prefácio - BAC 36 - CMA 9 - DSF 16 - ELF 9 - EPV 45 - FPA Prefácio - IES 5 e 9 - IPS 13 - LEK 38 - LZE 30 - MTA 8 - NOS 3 - OTM 23, 37 e 49 - PCC 11 e 16 - PCT 50 - RES 41 - SCS 8 - THP 7 - VJR Prefácio - vtb 247, 1151, 1262, 1276, 1401, 1556 e 2012

PAZ - 2519 - Aparte-se do mal e faça o bem; busque a paz, e siga-a. PPD 3:11 - SLM 34:14 - CSL 187 - DDV 9 - FVV 79 - IES 20 - IRM 5 e 13 - ITP 6 - LVV 9 - MOR 11 e 18 - MSA 56 - PLC 17 - PNS 39 - RCV 18 e 23 - RDV 7 e 21 - RML 28 - URG 2 e 16 - VLZ 27 e 65

PAZ - 2520 - Bem-aventurados os pacificadores, porque eles serão chamados filhos de Deus. MAT 5:9 - EVG 9/todo - AES 26 - ATA 29 - AVV 6 - CFZ 19 e 54 - CMA 29 - CNA 8 - CRA 25 - CRG 21 - CVO 24, 36 e 39 - EVD 15 - HCT 6 - HOJ 19 - JEV 10 - LES 21 - MTA 12 - NTE 4 - PDA 8 e 23 - PSC 7 - PVE 70 e 79 - RCV 4 - RUM 35 - SGU 68 - SHA 7 - VMO 8

PAZ - 2521 - Deus chamou-nos para a paz. PCR 7:15 - IES 47

PAZ - 2522 - Deus dá a cada um segundo suas obras, a saber: glória, honra e paz a qualquer que obra o bem. ROM 2:6 e 10 - CVV 42 - PVE 110 - vtb 2198

PAZ - 2523 - Entendendo-se a paciência, a maneira de ciência da paz, não procures a paz à distância, de vez que ela reside em ti mesmo. Cada consciência, na Excelsa Criação de Deus, é núcleo de vida independente na Vida Imperecível. Reflete na importância de tua própria imortalidade e recorda, onde estejas, que a paz de teu ambiente começa invariavelmente de ti. EMMANUEL em RUM 6 - CAI 12 - CPN 10 e 11 - CVO 30 - EDP 8 - EMC 3 e 44 - EPL 20 - EPZ Prefácio - INS 12 - JOI 3 - LES 57 - MPT 8 - PAZ 1 e 2 - PNS 38 - PSC 16, 19 e 31 - PVE 46 e 108 - RDV 27 - URG 1 - vtb 1509, 1510 e 2785

PAZ – 2524 Há muitos ímpios, caluniadores, criminosos e indiferentes que desfrutam a paz do mundo. Sentem-se triunfantes, venturosos e dominadores no século. A ignorância endinheirada, a vaidade bem vestida e a preguiça inteligente sempre dirão que seguem muito bem. A paz do mundo pode ser o sono enfermiço da alma. EMMANUEL em VLZ 105 - LEP 925, 926, 938a e 988 - EVG 5/3 e 13/17 - ATA 32 - BDA 17 - CFZ 27 - CSL 68 - CVD 41 - DPMPG 248 - EPV 47 - FVV 46, 128, 136, 175 e 177 - IPS 4 - IRM 9 - LMV 44 e 58 -LPE 51 e 56 - MPT 3 - MSA 17 e 41 - MSG 23 - NLR 15 - NPB 22 - OTM 4 e 22 - PDA 29 - PNS 60 - PVE 57 - RFG 12 - SDE 18 - SGU 56 - vtb 378, 518, 699, 1351, 1470, 1590, 2335, 2668, 3359 e 3362

PAZ - 2525 - Paz não é indolência do corpo. É saúde e alegria do espírito. A paz legítima resulta do equilíbrio entre os nossos desejos e os propósitos do Senhor, na posição em que nos encontramos. EMMANUEL em FVV 79 - AVEPG 35 - PCC 15 - vtb 087 e 507

PAZ - 2526 - Renda culto fiel à paz. Não se esqueça, todavia, de que você jamais viverá tranqüilo sem dar paz aos que pisam seu caminho. ANDRÉ LUIZ em ACT 30 - AEC 7 e 18 - AMG 9 - BAC 29 - CAI 13 - CDT 21 - CMA 5 - DSM 2 - LNL 62 - MTS 2 - MUN 26 - PCC 18 - PVE 173 - SDR 22 - SMD 80 - TPL 8 - vtb 059, 2731 e 3265

PAZ - 2527 - Rogo-vos que andeis com toda a humildade, procurando guardar a unidade do espírito pelo vínculo da paz. EFE 4:1 a 3 - CMA 23 - FVV 49 - vtb 3290

PAZ - 2528 - Se for possível, quanto estiver em vós, tende paz com todos os homens. ROM 12:18

PAZ - 2529 - Segui a paz com todos, e a santificação, sem a qual ninguém verá o Senhor. HEB 12:14 - CAI 23 - MMD 27 - vtb 291, 553 e 796

PAZ - 2530 - Sigamos as coisas que servem para a paz e para a edificação de uns para com os outros. ROM 14:19 - ACO 58 - ACT 2, 4 e 6 - ANH 6 - ATE 2 - AVD 12 - BAC 1, 5, 8 e 48 - CDA 12 - CES 9 - CLB 25 - CMA 6 e 12 - CPL 25 - CVD 37 e 58 - DCS 43, 57 e 58 - DDV 16 - ELZ 21 - EPZ 5 e 36 - EVD 37 - EVV 25 e 34 - FML 16 - HOJ 6 - MOR 5, 14 e 25 - MST 7 - MUN 3, 18 e 28 - PDA 4 e 16 - RUM 52 - SDF 1 - SGU 63 - SNV 31 - TRI 7 - URG 5 - VLZ 24 - vtb 1373

PAZ - 2531 - Tende paz entre vós. PTS 5:13 - MAR 9:50 - ARC 3 - PNS 65 - PVE 45

PAZ - 2532 - Tenho-vos dito isto, para que em mim tenhais paz; no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, eu venci o mundo. JOO 16:33 e 14:1 - STM 3:12 - ABR 15 - ALM 19 - ANT 14 - ATA 24, 43 e 52 - ATT 25 - AVE 8 - CDA 14 - COI 26 e 35 - CVD 9 e 20 - CVO 26 - CVV 168 - DAG 12 - DDV 7 - DMV 3 - EDA 12 e 14 - EMN 32 - EPV 27 e 44 - ETS 3 - ETV 39 - FEV 7 e 19 - FPA 12 - LES 70 - LPE 42 - MSA 13 - NPM 23 - NSC 23 - OES 50 - OTM 33 e 60 - PRN 41 - PVE 136 - RCV 15 - SOL 5 - STN 14 - TMG 25 - TRI 17 - VLZ 155 - vtb 1257

PAZ - 2533 - Vivei em paz; e o Deus de amor e de paz será convosco. SCR 13:11 - FVV 123 - IRM 3 - LVV 13 - MDL 13 - PDA 25 - PVE 47 e 178 - RDV 29 - SGU 26 - TPL 9

PAZ - vtb aflição - CALMA - PACIÊNCIA - TOLERÂNCIA, 049, 139, 527, 626, 933, 1254, 1373, 1691, 2173, 2784, 2785, 2848, 2875, 2916 e 2921

PECADO - v. CULPA

PECADO ORIGINAL - v. 367, 640, 713, 1408, 1761 e 2148

PEDIR - 2534 - Muito se pedirá ao que muito se lhe confiou. LUC 12:48 - PTM 6:20 - LEP 535b - EVG 18/12 - LMD Cap 31/13 - ADR 5 - AGT 37 - ATR 32 - CAV 14 - CRA 9 - CSL 150 - DDL 4 - DMD 99 - EMN 11 - ETR 30 - ETV 4 - EVV 3 - FDL 30 - FVV 28 - HRM 11 - IPS 39 - LBT 16 - LES 57 - MRTPG 59 - NDM 16 - NINPG 353 - NPM 78 - PLB 1 - PLE 12 - PMG 8 - POB 27 - PTC 5 - PVE 95 - QTM 6 - RLZ 45 - RML 2 - TOB 7 - TRL 4 - VLZ 43 - vtb 636, 1823, 2478 e 2479

PEDIR - 2535 - Não peçais mais do que o que vos está ordenado (João Batista). LUC 3:13 - VLZ 19

PEDIR - 2536 - Não sabeis o que pedis (Jesus à mulher de Zebedeu). MAT 20:22 - MAR 10:38 - CVV 65 - VLZ 35 - vtb 1637 e 2305

PEDIR Petitórios sistemáticos. v. 1001m e 2728m

PEDIR - vtb ORAÇÃO e 671

PEDRA - 2537 - Colocada por cabeça do ângulo (ou esquina). MAT 21:42 - MAR 12:10 - LUC 20:17 - ATS 4:11 - EFE 2:20 - PPD 2:6 e 7 - GEN 28:22 e 31:45 - SLM 118:22 - ISS 28:16 - GNS 17/28 - EGTPG 7 a 10 e 213 - CSL 267 e 282 - PJS 62

PEDRA - 2538 - Eis que eu ponho em Sião uma pedra de tropeço, e uma rocha de escândalo; e todo aquele que crer nela não será confundido. ROM 9:33 - ROM 10:11 - LUC 2:34 - ATS 28:22 - PPD 2:8 - ISS 8:14 e 49:23 - NSC 13 - VLZ 13 e 164

PEDRA - vtb 035, 580, 1599, 2309, 2546 e 2631

PEDRO - 2539 - Antes que o galo cante, três vezes me negarás (Mateus e Marcos registram a seguir o protesto de Pedro e dos outros discípulos). MAT 26:34 - MAR 14:30 - LUC 22:34 - JOO 13:38 - PCT 23

PEDRO - 2540 - Censurado por Paulo, por sua complacência com os costumes judaicos. GAL 2:11 a 21 - MRCPG 50 e 107 - PETPG 378 - RVCPG 58 e 67

PEDRO - 2541 - De agora em diante sereis pescador de homens. LUC 5:10 - MAT 4:19 - MAR 1:17 - JRM 16:16 - GNS 15/9 - ALV 1 - BNV 3 - CVD 20 - PVE 154

PEDRO - 2542 - Libertado da prisão de Herodes Agripa por um anjo. ATS 12:6 a 11 - CTNPG 62 - CVV 100 - MRCPG 94

PEDRO - 2543 - Nega a Jesus. MAT 26:69 a 75 - MAR 14:66 a 72 - LUC 22:54 a 62 - JOO 18:15 a 18 e 25 a 27 - BNV 26 - CSL 320 - ETS 18 - FVV 88 - VDS 8

PEDRO - 2544 - Seguiu Jesus de longe até ao pátio do sumo sacerdote, onde assentou-se entre os criados, para ver o fim. MAT 26:58 -MAR 14:54 - LUC 22:54 e 55 - JOO 18:15 - CVV 89

PEDRO - 2545 - Simão, Simão, eis que Satanás vos pediu para vos cirandar como trigo; mas eu roguei por ti para que a tua fé não desfaleça; e tu, quando te converteres, confirma teus irmãos. LUC 22:31 e 32 - CVD 51 - CVV 15 - ETS 11 - PETPG 294 - VLZ 45

PEDRO - 2546 - Sobre esta pedra edificarei minha igreja. MAT 16:18 - EFE 2:20 - CAT 20 - CMQPG 168 a 171 e 191 - CVV 124 - EGTPG 146 - NSC 1 - PJS 36 - RVCPG 60 e 67

PEDRO - vtb 731 a 733, 930, 1386, 1431, 1462, 1807, 1852 e 2865

PENALOGIA - 2547 - Uma sociedade depravada certamente precisa de leis severas. Infelizmente, essas leis mais se destinam a punir o mal depois de feito, do que a lhe secar a fonte. Só a educação poderá reformar os homens, que, então, não precisarão mais de leis tão rigorosas. LEP 796 - EDV 6 - ETS 19 e 47 - LAV 29 - MDC 11, 13 e 25 - NPM 116 - TOB 1 - vtb 551, 738, 816, 940, 943, 966, 1687, 1688, 2118, 2684 e 2950

PENAS ETERNAS - v.INFERNO

PENSAMENTO - 2548 - As situações externas serão retratadas em teu plano interior, segundo o material de reflexão que acolhes na consciência. Respirarás na zona superior ou inferior, torturada ou tranqüila, em que colocas a própria mente. Em torno de teus passos, a paisagem que te abriga será sempre em tua apreciação aquilo que pensas dela. EMMANUEL em PNS 72 - ABR 14 - ACO 3 - ARC 8 - CRF 58 - DSG 2 e 5 - EMC 41 - FGP 1 - FVV 34 - HOJ 17 - IPS 41 - LBT 2 - MMC 14 - NLR 6 e 12 - OBD1P 8 - OFR 7 - PLT 8 - PVD 1 e 29 - PVE 101 e 146 - RES 31 - RTR 28 - SOL 65 - TMG 53 - TVM 4 - URG 13 - VMO 29 - VZG 62 - vtb 104, 254, 418, 762, 825, 844, 999, 1002, 1321, 1334, 1540, 1936, 2030, 2043, 2074, 2089, 2127m, 2375, 2631, 2728, 2944, 3042, 3142 e 3414

PENSAMENTO - 2549 Boa concentração exige vida reta. Para que os nossos pensamentos se congreguem uns aos outros, fornecendo o potencial de nobre união para o bem, é indispensável o trabalho preparatório de atividades mentais na meditação de ordem superior. ANDRÉ LUIZ em MSG 47 - APV 13 - CMM 5 - DDCPG 93 a 100 - DDRPG 171 a 176 - DMV 19 - EDL 15 - ELF 16 - ETD 3 - GPT Prefácio II - HIT 8 - IPS 27 e 54 - MDS 5 e 56 - OBD3P todo - PLT 6 - SMD 58 - URG 7 - VDS 7 e 11 - vtb 135m, 1896, 2885 e 2894

PENSAMENTO - É força que edifica e transforma. v. 024, 092, 841, 860 e 3414; E mediunidade - v. 1936; Essência do mundo espiritual. v. 039

PENSAMENTO - 2550 Jesus, conhecendo os seus pensamentos... MAT 9:4 e 12:25 - MAR 2:8 - LUC 5:22, 6:8, 9:47, 11:17 e 24:38 - JOO 2:25 e 6:61 - GNS 15/9 - FVV 109

PENSAMENTO - 2551 - Linguagem universal, o pensamento é a base de todas as mensagens silenciosas da ideia, nos maravilhosos planos da intuição, entre os seres de toda espécie. Dentro desse princípio, o espírito que haja vivido na França poderá comunicar-se no Brasil, prescindindo da forma verbalista especial, que, nesse caso, será sempre a do receptor, o que exige afinidade pura. ANDRÉ LUIZ em NLR 37 - AQMPG 81, 181 e 232 - MSG 18, 35 e 36 - NDM 23 - PBSPG 161 e 335 - vtb 1956, 2000, 2379 e 3108

PENSAMENTO - 2552 - Na maior parte dos homens os pensamentos flutuam sem cessar. Sua mobilidade constante e sua variedade infinita pequeno acesso oferecem às influências superiores. É preciso saber concentrar-se, por o pensamento acorde com o pensamento divino. LEON DENIS em PBSPG 312 - PBSPG 359 - LEP 460 - LMD 225 - AQMPG 305 - ELF 21 - SCS 8 - TDL 8 - vtb 053, 249 e 2698

PENSAMENTO - 2553 - Nosso pensamento cria a vida que procuramos, através do reflexo de nós mesmos, até que nos identifiquemos, um dia, no curso dos milênios, com a Sabedoria Infinita e com o Infinito Amor, que constituem o Pensamento e a Vida de Nosso Pai. EMMANUEL em PVD Prefácio - BPZ 55 - IPS 38 - vtb 120, 529, 844, 1401, 2596 e 3414

PENSAMENTO - 2554 - Nossos sentimentos e pensamentos constituem, no fundo, cargas de energia eletromagnética, com as quais ferimos ou acalentamos, ajudamos ou prejudicamos, vitalizamos ou destruímos, e que voltam, invariavelmente, a nós mesmos, impregnadas dos recursos felizes ou infelizes com que lhe marcamos a rota. EMMANUEL em PVD 10 - PVD 2, 5, 9 e 15 - LEP 662 - EVG 12/3 e 19/5 - GNS 14/20 - ALC 12 - ATA 9 - ATT 13 - CAV 19 - CEDPG 107 - CLB 24 - CME 2 - CRG 31 - CSL 53 e 396 - DPMPG 212 e 298 - ELZ 39 - ETC 22 - EVV 2 - FDL 27 - FVV 149 e 161 - IDL 5 - IPS 33 - ITP 13 - LDA 5/14 - LPE 13 - MLZ 13 - MMC 29 - NFL 24 - NINPG 83 - NLR 30 - NMM 6 - PAMPG 45 - PBSPG 300 e 349 a 363 - PCC 7 - PDA 23 - PJS 88 - PNS 17 - POB 27 - PVE 156 - QTE 17 - SMD 2 - TDN 23 - URG 4 - VDR 20 - VEP 17 - VJR 13 - VMO 15 - VZG 34 - vtb 022, 575, 643, 907m, 924, 1541, 1592m, 2268, 2414, 2854 e 3340

PENSAMENTO - 2555 - O pensamento delituoso é como um fruto apodrecido que colocamos na casa de nossa mente. De instante a instante a corrupção se dilata e atraímos em nosso desfavor todos aqueles elementos que se afinam com a nossa invigilância. HILDA em VZG 39 - ATD 6 - CNA 17 - OBD1P 6 - VDS 11 - vtb 918, 1391, 1447 e 2386

PENSAMENTO - 2556 - O pensamento desconhece as glândulas que o segregam, porquanto constitui a vibração do corpo espiritual dentro de sua profunda consciência. O cérebro assemelha-se a complicado laboratório onde o espírito, prodigioso alquimista, efetua inimagináveis associações atômicas e moleculares, necessárias às exteriorizações inteligentes. EMMANUEL em EMN 24 - AQMPG 55, 87 a 94 e 126 a 134 - ATD 2 - CEDPG 20 a 23 e 31 - CSL 205 - EVM1P 9 e 16 - IPS 20 e 22 - MMC 38 - MRTPG 57 - NFA 9 - NMM 3 e 4 - PBSPG 58 e 59 - PPHPG 27, 28 e 50 - RTR 3 - TCL 29 - TPS 2 - vtb 434, 1449 e 1544

PENSAMENTO - 2557 - O pensamento é movimento livre no Universo. Cada mente é um verdadeiro mundo de emissão e recepção e cada qual atrai os que se lhe assemelham. Os tristes agradam aos tristes, os ignorantes se reúnem, os bons estabelecem laços recíprocos de trabalho e realização. ANDRÉ LUIZ em MLZ 5 - MLZ 6 - NLA 12 - RES 61 - RTR 26 e 35 - vtb 225, 293, 1526, 1530, 1592m, 1936, 2010, 2227, 2338m, 2559, 2606m, 3031, 3042 e 3092

PENSAMENTO - 2558 - O pensamento é também substância rarefeita, coisa mensurável, matéria dentro de expressões inabordáveis até agora pelas investigações terrestres. EMMANUEL em RTR 7 e 25 - RTR 28 - EVM1P 13 - NDM 5 - vtb 1453

PENSAMENTO - 2559 - Onde há pensamento, há correntes mentais e onde há correntes mentais existe associação. E toda associação é interdependência e influenciação recíproca. Daí concluímos quanto a necessidade de vida nobre, a fim de atrairmos pensamentos que nos enobreçam. Trabalho digno, bondade, compreensão fraterna, serviço aos semelhantes, respeito à Natureza e oração constituem os meios mais puros de assimilar os princípios superiores da vida, porque damos e recebemos, em espírito, no plano das ideias, segundo leis universais que não conseguiremos iludir. ANDRÉ LUIZ em NDM 15 - NDM Prefácio e 1 - RDL 2 - vtb 293, 926, 1449, 1530, 1541, 1543, 1983, 2557, 2563, 3042 e 3092

PENSAMENTO - 2560 - Os Espíritos atuam sobre os fluidos espirituais, não manipulando-os como os homens manipulam os gases, mas empregando o pensamento e a vontade. Para os Espíritos, o pensamento e a vontade são o que é a mão para o homem. Algumas vezes essa atuação resulta de uma intenção; doutras, é produto de um pensamento inconsciente. Basta que o Espírito pense uma coisa, para que esta se produza. Criando imagens fluídicas, o pensamento se reflete no envoltório perispirítico, como num espelho; toma nele corpo e aí de certo modo se "fotografa". Desse modo é que os mais secretos movimentos da alma repercutem no envoltório fluídico e que uma alma pode ler noutra alma como num livro e ver o que não é perceptível aos olhos do corpo. ALLAN KARDEC em GNS 14/13 a 15 - GNS 14/16 a 21 - LEP 283, 285a, 457 e 977 - EVG 27/10 - LMD 128, 129 e 225 - CFNPG 184 - ACT 32 - ARC 14 - ATT 17 - DPMPG 51 - EMN 29 - EPM 3 e 10 - MMC 34 - NLR 31 e 37 - NPM 109 - OBD1P 2 e 3P 9 - OBV 3 e 7 - PLB 14 - PQVPG 67 e 79 - RLZ 67 - STL 15 - vtb 192, 226, 227, 1061, 1321, 1322, 1951, 2415, 2610, 2611, 2978 e 3107

PENSAMENTO - 2561 - Os pensamentos que se originam no ser espiritual, à medida que se transferem para as áreas da sensação, da emoção e da ação, imprimem os seus conteúdos nas “células de energia” que os executam na forma física, estabelecendo os resultados conforme a qualidade da onda mental. Assim, as enfermidades da alma se farão recuperar somente quando houver transformação estrutural do pensamento, que se encarregará de construir novos alicerces super sutis, que se consubstanciarão nos futuros códigos de DNA, restabelecendo a “consciência individual” das células e, por fim, integrando a consciência do ser no conjunto da harmonia da Consciência Cósmica. JOANNA DE ÂNGELIS em DSG 5 - NDB 31 - vtb 024, 427, 571, 578, 854, 859, 927, 1100, 1364, 1366, 2044, 2607, 2777, 2828 e 3414

PENSAMENTO - 2562 - Pensai nas coisas que são de cima. CLS 3:1 e 2 - PVB 15:24 - CFZ 43 - EPV 24 - MDS 26 e 54 - MMD 17 e 50 - PNS 177 - VLZ 10 - vtb 2833 e 3259

PENSAMENTO - 2563 - Pensamentos positivos em matéria de consciência tranqüila, limpeza de intenções, reajuste de maneiras e supressão de hábitos inferiores são suportes indispensáveis para a edificação de vida melhor. Pense e fará o que pensa. Faça e você será aquilo que faz. ANDRÉ LUIZ em BAC 3 - AIM 9 - ATD 1e 6 - CFZ 42 - FDL 27 - FVV 40 - IPS 41 - LES 57 - MMS 5 e 9 - MRTPG 231 - SGU 21 - VDS 1 e 4 - vtb 017, 232, 343m, 436, 527, 727, 767, 1266, 1272, 1397, 1455, 1496, 1580, 2383, 2559 e 2569

PENSAMENTO - 2564 - Pensar é criar. A realidade dessa criação pode não exteriorizar-se, de súbito, no campo dos efeitos transitórios, mas o objeto formado pelo poder mental vive no mundo íntimo, exigindo cuidados especiais para o esforço de continuidade ou extinção. EMMANUEL em PNS 15 - ACO 11 - ARC 4 - ASV 33 - CRF 14 - DDV 14 - DTE 8 - EPZ 9 - ETC 1 - FVV 86 e 147 - LBT 17 - LEK 56 - NDM 13 - OBD2P 5 - OBV 2 - PBSPG 356 - RES 3 - SOL 65 - TOB 14 e 17 - VZG 4, 20 e 39 - vtb 036, 061, 857, 1447m, 1453 e 3090

PENSAMENTO - 2565 - Possuímos uma vida mental quase sempre parasitária, de vez que ocultamos a onda de pensamento que nos é própria, para refletir e agir com os preconceitos consagrados ou com a pragmática dos costumes preestabelecidos, que são cristalizações mentais no tempo, ou com as modas do dia e as opiniões dos afeiçoados que constituem fácil acomodação com o menor esforço. ANDRÉ LUIZ em NDM 5 - AIM 4 - AVE 38 - CMA 7 - CMQPG 16 - EMC 8 - MFR 17 - SCS Prefácio - SMD 78 - SOL 17 e 26 - vtb 030, 515, 518, 549, 745, 964, 1392, 1556, 1731, 1756, 2081 e 3040

PENSAMENTO - 2566 - Primeiro que tudo, é preciso aprender a fiscalizar nossos pensamentos, a discipliná-los, a imprimir-lhes uma direção determinada, um fim nobre e digno. Isso implica na fiscalização de nossos atos, porque, se uns são bons, os outros sê-lo-ão igualmente, e todo esse procedimento achar-se-á regulado por uma concatenação harmônica. LÉON DENIS em PBSPG 357 - EVG 8/6 e 7 - ABR 4 - ATE Prefácio - CLA 10 - CME 73 - CRG 15 e 24 -CVD 47 - CVV 120 - DAP 20 - EPV 22 - ETR 15 - EVV 11 e 35 - FPZ 18 - FVV 52, 76 e 154 - GRNPG 229 - HDV 48 - IES 43, 56 e 90 - IND 17 - IRM 7 - ITP 15 - LEK 11 - LOB 23 - MDC 7 - MSA 10 - MTS 13 - MUN 39 - NOS 8 - NPM 50 e 121 - OFR 13, 26 e 40 - PBSPG 99 - PCT 18 e 53 - PLT 9 - PNS 51 - PRN 1 - PVD 19 - PVE 44 e 62 - QTO 28 - RTR 25 - SCS 4 - SNV 24 - STN 21 - TMG 50 - TVM 22 - VDS 3 - VLZ 140 - vtb 097, 245, 642, 859, 917, 1447, 2217, 2223, 2234, 2296, 2374, 2412, 2838, 3124 e 3219

PENSAMENTO - 2567 - Qualquer pessoa que saiba manejar a própria atenção poderá observar a diferença entre a criação mental que lhe pertence e aquela que se lhe incorpora à cabeça, de vez que o pensamento que nos é exclusivo flui incessantemente de nosso campo cerebral, em certo grau de freqüência, a concretizar-se em nossa maneira especial de expressão, no círculo dos hábitos e dos pontos de vista, dos modos e do estilo que nos são peculiares. Basta nos afeiçoemos aos exercícios da meditação, ao estudo edificante e ao hábito de discernir para distinguirmos nossos pensamentos e os que assimilamos. ANDRÉ LUIZ em NDM 5 - LEP 460 a 464 - LMD 223/3 - CRT 15 - DPE 6 - PBSPG 336 - SMD 61 - vtb 249, 1523 e 1914

PENSAMENTO - 2568 - Quando o pensamento está em alguma parte, a alma também aí está, pois que é a alma quem pensa. O pensamento é um atributo. LEP 89a - LEP 432 e 455 - LMD 76 - CRG 10 - vtb 685, 756, 1058, 1573, 2271 e 3288

PENSAMENTO - 2569 - Renovemos o pensamento e tudo se modificará conosco. A mente reanimada reergue as vidas microscópias que a servem no templo do corpo, edificando valiosas reconstruções. ANDRÉ LUIZ em NDM 17 - vtb 727, 757, 767, 1455, 2563 e 3407

PENSAMENTO - Sua origem. v. 100, 555, 558, 560 e 2556

PENSAMENTO - 2570 - Tudo que é verdadeiro, honesto, justo, puro, amável, de boa fama, se há alguma virtude e se há algum louvor, nisso pensai. FLP 4:8 - IPS 19 - PNS 15 - PRD 5 - PVE 20

PENSAMENTO - vtb ENERGIA - FLUIDO - ideia, 038, 546, 594, 1293 e 1734
____

*