Das ações à distância - Magnetismo curador
-
Crianças e Adolescentes DESAPARECIDOS
*

____91. Depois de ter examinado as ações de contato resta-nos falar das ações à distância. O contato, já o vimos, se estabelece pelas mãos, pelos polegares, e colocando-se a mão em cheio, ou simplesmente a ponta dos dedos, sobre uma parte qualquer do corpo; é pelo contato que geralmente se entra em relação. Parece que o contato favorece melhor a concentração da ação e o desenvolvimento das correntes, que ele estabelece mais profunda e rapidamente a união necessária entre o operador e o paciente; é pelo menos a impressão que nos causa, pois a união entre dois corpos nos parece mais sensivelmente perfeita e íntima quando existe a ação material do tocar; e eis a razão pela qual, instintivamente, se começa sempre a magnetizar pelas ações de contato.
____Mas cumpre não nos apegarmos a uma questão de sentimento e de aparência, e se bem reconheçamos perfeitamente o que têm as ações de contato de útil e bom, é preciso saber-se que os efeitos magnéticos mais poderosos residem nas ações à distância.
____É efetivamente um fenômeno curioso, que, apesar de parecer em desacordo com as leis existentes, está bem verificado pela experiência.
____Constatei o fato pela primeira vez em 1872, sobre um couraceiro do 11º regimento de guarnição em Angers; este homem querendo fazer um assalto à força com seus camaradas à casa do encarregado das armas, ferira-se gravemente na coxa manejando uma bigorna; a imobilização forçada do membro, em conseqüência deste ferimento, produzira uma pseudo-ankilose na articulação do joelho, que um tratamento de muitos meses não logrou reduzir e eu consegui restituir-lhe o uso da perna em doze dias.
____Logo que fiz a imposição da mão sobre o joelho doente a perna tornou-se dormente e imobilizou-se como se estivesse pregada ao soalho. Entretanto, não havia insensibilidade, por isso que logo que eu afastava a mão, desenvolviam-se na articulação dores intensas que faziam gritar o doente, como se eu lhe tivesse revolvido o joelho com um ferro em brasa; e, o que é notável, é que quanto mais me afastava dele, tanto mais as dores tornavam-se intoleráveis; porém cessavam instantaneamente desde que eu tornasse a colocar a minha mão sobre a parte doente.
____Admirei-me bastante, assim como as pessoas diante das quais eu operava, de um fenômeno que me parecia insólito, mas tive depois tantas ocasiões de verificar-lhe a constância, que hoje não duvido mais da sua realidade. O magnetismo, diz Mesmer, produz mais efeito à distância do que quando aplicado imediatamente; existe uma corrente que se transmite entre a mão do operador e o seu paciente. (Aforismos, 291 e 303)
____Homens há que praticam o bem só com um simples contato; outros há que não fazem menos bem, e que não necessitam tocar. É isto devido à sua natureza ou ao temperamento dos doentes. Os processos se modificam conforme o temperamento dos magnetizadores e dos pacientes. (Deleuze)
____92. Magnetiza-se com ou sem contato, tocando e sem tocar; quando se toca, a união dos corpos é visível; quando se não toca, estes corpos nem por isso deixam menos de unir-se pela ação das correntes.
____As ações à distância, do mesmo modo que as de contato, se compõem unicamente de imposições e passes.

Imposições à distância

____93. As imposições à distância se executam apresentando a mão estendida, a face palmar para baixo, os dedos ligeiramente afastados sem estarem contraídos nem rígidos, numa distância de 10 ou 15 centímetros da parte do corpo em que se quer atuar.
____94.Toda imposição à distância, é geralmente precedida da imposição de contato correspondente, como acima foi descrito (59,_60,_61,_62_e_63); é de regra estabelecer primeiramente o contato sobre o ponto que se quer atuar depois abandonar o contato e fazer a imposição à distância.
____95. As imposições à distância se distinguem em imposições palmares e imposições digitais.
____Para a imposição palmar, dobra-se um pouco o punho, a fim de apresentar ao ponto que se tem de atuar a palma da mão, ficando os dedos bem perpendiculares e as unhas para o ar.
____Na imposição digital, a mão fixa pelo contrário, bem em cheio, antes apresentada do que estendida, sem esforço muscular, a palma para baixo, de modo que os dedos apontem para a parte escolhida.
____96. A imposição palmar, apesar de sua ação tônica, tem uma influência mais branda do que a imposição digital; ela é passiva calmante.
____A imposição digital, pela enérgica concentração que determina sobre a parte visada, tem uma grande potência ativa, comunicativa e excitante.
____97. Quando se quer determinar uma ação muito viva sobre um ponto qualquer do organismo dirige-se sobre esse ponto os cinco dedos reunidos de maneira que as suas pontas quase se toquem e formem feixe.
____Nesta posição, fixa-se a corrente por uma imobilidade absoluta do braço, ou projetase para diante lançando violentamente o braço por meio de abalos regulares e rápidos como se se quisesse bater, ou atraindo para si por movimentos lentos e delicados como se se quisesse acariciar.
____O efeito produzido por estas imposições é algumas vezes tão notável que se é obrigado a suspendê-lo.
____Em vez de atuar com os cinco dedos reunidos, às vezes só se atua com o polegar ou com um, dois ou três dedos; neste caso, dobra-se os dedos não empregados sobre a palma da mão.
____Todos os corpos cujas figuras forem determinadas em ponta ou em ângulo, servem para receber as correntes e tornam-se seus condutores: pode-se encarar os condutores como as aberturas dos troncos ou dos canais que servem para fazer escoar as correntes. (Mesmer, Aph. 166 e 167)
____Os cinco dedos de cada mão são outros tantos canais pelos quais se determinam as correntes. (De Bruno)
____É pelas pontas dos dedos, e principalmente dos polegares, que a corrente se escapa com maior atividade. (Deleuze)
____A ação digital diante da fronte acima do nariz entre os dois olhos, ou sobre o globo do olho, é um processo que, mais do que qualquer outro, imprime mais rapidamente sobre certos pacientes a dormência cerebral, quando se tem algum motivo para produzi-la. (Aubin Gauthier)
____98. As imposições à distância se fazem mais comumente numa distância de cinco a dez centímetros; mas ensina a experiência que existem zonas de sensibilidade que, em cada paciente, podem variar de cinco centímetros a muitos metros; é o tato magnético, assim como os efeitos obtidos, que indicam ao operador se ele deve aproximar-se mais ou menos do paciente.
____99. As imposições à distância são simples ou duplas como as imposições de contato, conforme são feitas com uma só ou ambas as mãos.

  • Para as imposições simples, emprega-se de preferência a mão direita, como sendo muito mais ativa.
  • As imposições duplas variam na razão dos pontos que se quer por em relação.

Passes à distância

____100. Os passes à distância se fazem geralmente como os passes de contato (79,_80,_81,_82,_83,_84_e_85) apenas com a diferença de que em vez de tocar, apresenta-se a mão a 10 ou 15 centímetros do corpo, do mesmo modo que para a imposição à distância.
____São simples ou duplos, conforme se toma por ponto de partida uma imposição simples ou dupla.
____São longitudinais ou rotatórios, conforme se age de cima ou de baixo ou contornando.
____101. Os passes longitudinais, partindo de uma das maneiras indicadas pela imposição simples ou dupla, se fazem descendo a mão mui lentamente, ou as mãos, do ponto de partida até ao ponto terminal, de modo a favorecer a marcha descendente das correntes; todo o efeito retrógrado é contrário à ação magnética.
____Nunca se deve magnetizar em sentido inverso das correntes, isto é, subindo dos pés à cabeça. (Mesmer, Dr. D'Eslon, Deleuze)
____A mão do magnetizador derrama o fluido sobre o corpo do mesmo modo que o chuveiro de um regador distribui a água sobre os rebordos de um canteiro; esta imagem se aplica aos passes. Porém principalmente aos passes à distância. (Aubin Gauthier)
____102. Os passes longitudinais, quando são feitos sobre a extensão dos membros, braços ou pernas, de cima para baixo da coluna vertebral, ou da cabeça aos pés, são chamados passes de grandes correntes.
____Quando se chega ao ponto em que deve parar o passe, é necessário ter grande cuidado de não voltar as mãos da mesma maneira que elas desceram; fecha-se-as como já foi indicado, desvia-se afastando-as um pouco do corpo, e torna-se de novo com certa presteza à posição primitiva, a fim de recomeçar o passe.
____Cada um destes movimentos alternativos deve ser executado com muita calma, lentidão, regularidade, e principalmente sem precipitação e sem rigidez. É indispensável que o operador conserve, por todo o tempo dos passes, uma grande flexibilidade nos braços, nos punhos e mãos, tornando-se nociva toda a contração à emissão radiante.
____Um passe feito da cabeça aos pés leva cerca de 30 segundos; demora-se mais ou menos, conforme as nossas próprias sensações ou as do paciente. (Aubin Gauthier)
____Os passes de grandes correntes da cabeça aos pés são fatigantes, e nunca se os pode continuar por muito tempo; em vez de conduzir a ação de uma extremidade à outra do corpo de um só jato, pode-se então fazer passes parando nos joelhos, e, depois de um certo número de passes, fazer um número igual dos joelhos à extremidade dos pés. (De Bruno, Deleuze)
____103. Os passes de grandes correntes têm uma ação inteiramente oposta à das imposições à distância; quanto têm estas de ativas e excitantes por seu efeito de concentração, tanto têm aquelas, por seu efeito dispersivo notável, de calma e de frescor, trazendo ao doente uma sensação indefinível de bem-estar.
____Os passes de grandes correntes, executados mui lentamente, em distâncias que podem variar de dez centímetros a um metro e algumas vezes mais, são soberanos para acalmarem a agitação, extinguirem o fogo da febre e trazerem um sono reparador.
____Cada gênero de magnetização deve ser aproveitado de acordo com o caso; é preciso empregar os processos, conforme a sua virtude.
____Quando um cano conduz a água para o centro de um tanque por diversos jatos, a força de propulsão se divide entre todos os jatos enfraquecendo-se pelo próprio efeito desta divisão; mas muito maior quando se concentra em um só jato. Do mesmo modo, quando toda a mão se dirige para um corpo, a corrente sai pelos cinco dedos, e a palma da mão cede-lhes a sua ação; depois, quando quatro dedos estão dobrados, toda a força magnética reside no quinto. (Aubin Gauthier)
____104. Os passes rotatórios à distância, em vez de executarem-se longitudinalmente, se fazem quer apresentando a palma por cima do ponto a atuar, e voltando-se mui lentamente a mão como se se quisesse polir o bastão de uma bengala, quer apresentando-se os dedos e virando-se delicadamente como se se desse corda a um relógio. Descreve-se às vezes uma sucessão de círculos concêntricos maiores ou menores sobre o órgão que se quer atuar, principalmente sobre o ventre em torno do umbigo ou seguindo as circunvoluções do intestino.
____Estes passes rotatórios se executam como os passes longitudinais, em distâncias mais ou menos variáveis conforme o caso.
____Possuem uma ação especial sobre os engurgitamentos e as obstruções, e atuam poderosamente sobre a resolução dos quistos e abscessos.
____Nas irritações intestinais, as cólicas as supressões e todas as afecções do baixoventre, empregam-se os passes rotatórios sobre os intestinos em redor do umbigo, e se os conduz depois por meio de passes longitudinais para os membros inferiores até aos pés. (Aubin Gauthier)
____105. As ações combinadas se empregam à distância, do mesmo modo que com o contato (86): faz-se a imposição com uma das mãos e um passe com a outra. Em geral, a esquerda conserva-se passiva no ponto de terminação do passe, e é a direita que, conservando sempre o papel ativo, executa o passe.

[131 - Capítulo VII ]

Ver também:
*