Da maneira de por-se em relação para magnetizar
-
Crianças e Adolescentes DESAPARECIDOS
*

____47. Por-se em relação, é estabelecer, entre si e a pessoa que se quer magnetizar, uma espécie de acordo prévio simpático, tendo por objeto fazer nascer de um organismo para outro a corrente de transmissão. O encetamento da relação, é uma operação preliminar que precede a qualquer magnetização.
____Nesta operação a pessoa_que_magnetiza, concentrando fortemente a sua vontade e a sua atenção, coloca-se no estado mais favorável de expansão radiante, e a pessoa magnetizada, por um repouso físico e moral neutralizante, procura, num estado de calma e descanso passivos, atingir o mais elevado grau de receptividade.
____48. Para colocar-se no estado mais favorável de expansão radiante, não é preciso acreditar que seja necessário um grande esforço de contenção; qualquer constrangimento, ao contrário, é nocivo a emissão radiante que uma grande flexibilidade muscular favorece; é do cérebro que parte a ação propulsora, e esta ação, propagando-se ao longo dos cordões nervosos, deve encontrar francos todos os caminhos para a sua passagem. O querer é o verdadeiro foco de ação, mas é preciso um querer contínuo, sem interrupção nem projeção violenta, agindo de maneira regular e firme, como se fora o pistão no organismo mecânico de uma máquina, para expelir a força motora destinada a aplicações industriais.
____Aquele que magnetiza, deve considerar-se qual máquina física que produza em si mesma o agente dos fenômenos: sua vontade deve ser ativa, deve querer agir sobre o magnetizado induzindo nele o princípio que sua organização encerra; os braços, as mãos, não devem ser considerados senão os condutores desse agente. (Barão Du Potet)
____A relação se estabelece por contato ou a distância.
____49. Relação por contato ___ Fazer sentar o doente em um lugar cômodo, onde esteja bem à vontade. Colocar-se na frente dele, tendo os joelhos e os pés opostos aos seus sem tocálos, sentado um pouco mais elevado numa cadeira leve, por exemplo, que se possa manejar facilmente.
____Estender os braços para diante, tendo as suas mãos abertas, com a palma para cima, de maneira que aquele que se submete à operação, o paciente, coloque nelas em cheio as suas mãos, palma contra palma, estando os dedos em contato em toda a extensão.
____Conservar esta posição de cinco a dez minutos, concentrando bem a atenção, sem fixação do olhar e sem esforço.
____Se o doente estiver deitado, coloque-se o mais próximo possível da beira do leito, tendo as pernas aproximadas e estendidas, os braços ao longo do corpo, fora das cobertas; tomar as mãos do doente como acaba de ser indicado para a posição sentada, ou impor simplesmente uma das mãos em cheio sobre a testa ou o peito.
____
____50. Relação à distância ___ Colocar-se sentado em frente ao paciente, como já se disse acima, estender sem rigidez o braço direito para diante, tendo a mão aberta, a palma para baixo, os dedos levemente afastados e ao comprido em direção a testa, a alguns centímetros da raiz do nariz; conservar esta posição durante alguns minutos; depois, por um movimento mui lento, descer diversas vezes a mão da testa ao epigástrio[10], e terminar a operação colocando a mão na direção do epigástrio.
____Pode-se variar sem inconveniente a maneira de por-se em relação, consistindo esta operação em uma simples posse do paciente para o estabelecimento da corrente.
____Os processos indicados acima são os mais habitualmente empregados, mas cada operador possui os seus:

  • uns como Mesmer, Puyssegur, Deleuze, Aubin Gautier e Bruno, recebem o contato pelos polegares, colocam as mãos sobre as espáduas, descem lentamente muitas vezes ao longo dos braços e terminam por uma imposição prolongada sobre o epigástrio;
  • outros, em lugar de colocarem-se na frente do paciente, ficam ao lado dele e recebem o contato deitando uma das mãos sobre os rins e a outra sobre o epigástrio, conservando deste modo o corpo do paciente entre as suas duas mãos;
  • outros, contentam-se em fazer o contato com uma só mão colocando-a na testa ou sobre o epigástrio;
  • e alguns, há, como o Barão du Potet, que só empregam a ação à distância.

____Cada um desses processos pode achar sua aplicação, conforme as circunstâncias e o grau de sensibilidade do paciente. Há casos em que se pode com vantagem alternar o contato e a ação à distância. 
____51. Cinco minutos bastam mais comumente para estabelecer uma relação contínua: entretanto, cumpre saber que a relação se estabelece mais ou menos rápida, em razão dos temperamentos e do grau de simpatia magnética que une as duas pessoas.
____52. Faz-se preciso insistir durante mais tempo, nos primeiros dias, para colocar melhor a corrente do magnetizado no tom da do magnetizador; uma vez bem estabelecida a relação, a ação se renova nas sessões seguintes, no mesmo momento em que se começa a magnetizar. Assim é que, quanto se magnetiza uma pessoa depois de um certo tempo, pode-se dispensar a formalidade de por-se em relação como ato preliminar, e passar desde logo aos processos de magnetização apropriados ao caso; os efeitos se determinam instantaneamente, sem que seja necessário recorrer a uma concentração prévia.
____53. Quando se está bem exercitado, sente-se depressa quando a relação está estabelecida; ...

  • um grande calor nas mãos,
  • formigamentos na extremidade dos dedos,
  • um pouco de umidade da palma, são os indícios mais comuns.

____Às vezes no paciente, conforme a sua sensibilidade, verifica-se em graus diferentes os sintomas seguintes:

  • palidez ou coloração da pele,
  • aceleração ou diminuição do pulso,
  • tremura das pálpebras,
  • ansiedade,
  • sufocação,
  • depressão que obriga a procurar um ponto de apoio,
  • sensação de quente ou de frio,
  • peso da cabeça,
  • dormência nos membros,
  • impressões ou formigamentos,
  • lágrimas,
  • bocejos freqüentes.

____Estes primeiros efeitos se acentuam algumas vezes com sinais mais significativos:

  • propensão ao sono, agitação ou depressão, movimentos convulsivos, contraturas;
  • mas também pode acontecer, e este é o caso mais comum, que nenhum sintoma indicador apareça; entretanto, o ato da relação nem por isso deixa de estar estabelecido, e, pode-se continuar a operação.

____________________________________________________
[10] Epigástrio - a parte superior do abdome, entre os dois hipocôndrios.

[131 - Capítulo IV ]

Ver também:
*